Cuiabá, Domingo 21/10/2018

Aparte - A | + A

25.11.2017 | 00h00

Cateterismo

Facebook Print google plus

Depois de sentir uma dor no peito no começo desta semana, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP) procurou atendimento no Sírio Libanês, em São Paulo onde ficou internado e foi submetido a um procedimento de cateterismo.
Em sua página no Facebook ele relatou após uma série de exames e depois de passar pelo cateterismo ficou constatado que não era nada relacionado ao coração. O ministro foi atendido pelo cardiologista Roberto Kalil Filho.
Na publicação, feita nesta sexta-feira (24), ele diz que estava saindo do hospital com o coração pronto para 2018.

Planos

Empolgado com os projetos do PDT para o ano de 2018, em que haverá eleições para governo, Senado, Assembleia Legislativa e Câmara Federal, o deputado estadual Zeca Viana está de olho em ‘reforços’ para a sigla. Nos bastidores comenta-se que Adriano Silva, suplente do deputado Max Russi, estaria com um pé fora do PSB e de malas prontas para ingressar no PDT. Viana também convidou os colegas de parlamento Alan Kardec (PT) e Janaina Riva (PMDB) para também trocarem de partido. As conversações já foram iniciadas e os deputados prometeram analisar as possibilidades.

PT

Neste final de semana o Partido dos Trabalhadores realizará encontros regionais nas regiões norte Araguaia e médio Araguaia. Os encontros acontecerão respectivamente nas cidades de Confresa e Barra do Garças. Os deputados Ságuas Moraes, deputado federal e Valdir Barranco, deputado estadual, ambos do PT, participarão do encontro. No encontro serão debatidas as conjunturas nacional e estadual, além da organização interna do partido, buscando o fortalecimento da sigla para as próximas eleições.

Bruxaria

A bruxa andou solta no município de Itaúba. O ex-prefeito Raimundo Zanon (PSD) acusou a adversária Rosane Rebussi (PTB) de fazer “bruxaria” contra ele na campanha eleitoral de 2012. O Ministério Público Eleitoral acionou Zanon na Justiça com uma ação penal por injúria. Ao se defender, disse que foi informado sobre uma macumba contra ele no cemitério feita por Rosane. Afirmou que foi ao local indicado e encontrou um vidro com sangue, cordões com vários nós, uma cabeça de porco e os nomes e fotos dele e de seus familiares dentro.

Temer também

Coincidência ou não, o presidente Michel Temer seguiu no mesmo dia para São Paulo também para realizar o mesmo procedimento de Maggi. Mas, no caso de Temer, os médicos identificaram o entupimento de veias do coração durante uma bateria de exames em outubro deste ano e delegaram ao presidente o poder de escolha de uma data para a intervenção. No começo do mês, Temer já havia sido internado para ser submetido a uma cirurgia de desobstrução do trato urinário. O presidente deve retomar sua agenda de compromissos normalmente na próxima semana.

Calma lá

Partiu do presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia, o ‘convite’ para que o deputado federal por Mato Grosso, Fabio Garcia, assumisse o comando do Democratas no Estado. A hipótese vem sendo estudada pelo diretório estadual do partido, que considera uma boa opção, mas já mandou recado de que se trata de uma sugestão e não de uma imposição. Para o ex-senador Jayme Campos, por exemplo, a possível ida de Garcia para o DEM é vista com bons olhos, mas alçá-lo à condição de presidente logo de cara não lhe agrada. Ele e as lideranças mais tradicionais da sigla esperam que haja consenso e não ordem de cima para baixo.

Campanha

Grande parte da empolgação de Viana parte do respaldo dado pela direção nacional do partido. Ontem a sigla realizou convenção estadual que contou com a presença do presidenciável Ciro Gomes. Embora não assuma oficialmente a intenção de disputar o cargo, Ciro já fala como um provável candidato. Durante a convenção, criticou duramente o governo de Michel Temer, também a gestão do governo do Estado, da qual o PDT faz oposição, e adotou tom mais ameno para falar do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

Pesadelo

A adesão de Mato Grosso ao plano de recuperação fiscal proposto pelo governo federal já rende frutos. Com a aprovação da PEC do Teto de Gastos, o Executivo já recebeu a informação de que o Banco Mundial tem interesse em refinanciar a malfadada dívida dolarizada do Estado. Atrelada ao dólar, em operação feita durante o governo Silval Barbosa, a dívida se tornou um dos maiores motivos de dor de cabeça para a atual gestão, uma vez que a correção e a incidência de juros sobre o estoque principal seguiu as variações cambiais da moeda norte-americana. A saída é repactuar os contratos e ‘segurar’ a progressão do débito.
 

Voltar Imprimir

Comentários

GD

GD

Enquete

Qual sua avaliação do governo Temer nesse final de mandato?

Parcial

Edição digital

Domingo, 21/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,80 1,28%

Algodão R$ 95,80 -1,04%

Boi a Vista R$ 138,40 0,29%

Soja Disponível R$ 68,00 -0,29%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.