Cuiabá, Terça-feira 18/09/2018

Aparte - A | + A

08.03.2018 | 00h00

Confirmados

Facebook Print google plus

Depois da gigantesca aliança formada em 2014, que reuniu 13 legendas, o projeto à reeleição do governador Pedro Taques já tem confirmado o apoio de dois partidos, além do próprio PSDB. São eles o PPS, que recentemente passou a ser comandado pelo secretário de Estado de Educação, Marco Marrafon, e o Solidariedade, do prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio. A expectativa é que nos próximos 10 dias, outras duas siglas se juntem ao grupo.

Troca

A primeira delas, ao que tudo indica, será o PV. O partido deve ganhar uma secretaria de Estado na próxima reforma administrativa que o governador será praticamente obrigado a fazer, por conta da necessidade de exonerar os secretários que vão disputar as eleições deste ano. A oferta de uma vaga no staff, por óbvio, vem acompanhada do compromisso do partido de apoiar o projeto à reeleição do tucano.

Contra o tempo

E por falar em eleição, o conselheiro afastado do TCE Antonio Joaquim tem menos de um mês para se filiar a um partido - que, segundo o já anunciado por ele, seria o PTB - para poder disputar o governo do Estado. O prazo para a adesão termina no dia 6 de abril. Para isso, no entanto, o conselheiro depende da decisão do STF sobre seu processo de aposentadoria. E a Suprema Corte, ao contrário da Justiça Eleitoral, não tem prazo, nem previsão de quando vai colocar o caso na pauta de julgamento.

Sem informação

Ferrenho opositor ao governo Pedro Taques, o presidente da AMM, Neurilan Fraga (PSD), confirmou o que o secretário-chefe da Casa Civil, Max Russi, já havia antecipado: o Estado fez transferências aos municípios para honrar parte da dívida da saúde acumulada de 2016 e 2017. O problema, segundo Neurilan, é que recurso chegou, mas sem informações sobre qual programa ou mês de repasse atrasado os valores se referem.

Baixaria total

Imagine um espetáculo deprimente em um ambiente que reúne autoridades supostamente educadas, civilizadas e cultas. É o que se vê em um vídeo que vazou de uma reunião do Conselho de Procuradores do Ministério Público Estadual. O bate boca corre solto, especialmente, entre o ex-procurador-geral Paulo Prado e o promotor Roberto Turim. Prado esbraveja o tempo todo e manda o colega calar a boca. Baixaria pura. Por pouco não foram às vias de fatos. Pior, a cena é assistida por todos os demais e sem qualquer interferência. Uma vergonha.

Confusão

A declaração de Neurilan Fraga, de certa forma, embasa uma tese defendida por alguns sobre a crise financeira que o Estado enfrenta, apesar de os números da arrecadação não parecerem tão ruins quanto a gestão tucana afirma que são. Não se trataria, necessariamente, de má-fé dos que cuidam do dinheiro, mas de pura falta de organização e planejamento. Em outras palavras, faltaria competência para lidar com um orçamento tão grande e complexo.

Ignorado

É impressionante como o ex-juiz federal Julier Sebastião está sendo ignorado em todas as discussões políticas. Seu nome não é citado nem como candidato a deputado estadual, que dirá considerado nas chapas majoritárias que disputarão as eleições de outubro. Julier perdeu toda força que o fez reconhecido na magistratura federal. Hoje, não passa de um cidadão comum e um político frustrado, rejeitado, que ninguém quer por perto. Triste fim de alguém que foi temido e até visto como um cidadão arrogante.

Liderança

Depois de já ter afirmado aos quatro ventos, sem sucesso, o deputado estadual Dilmar Dal Bosco parece ter mudado a estratégia para fazer o governador Pedro Taques entender que ele não quer mais ser líder do governo na Assembleia Legislativa. Numa foto em que aparece ao lado do ex-senador Jayme Campos publicada em suas redes sociais, o parlamentar resolveu deixar muito bem claro qual o objetivo do partido - do qual, diga-se de passagem, ele é presidente - para as eleições deste ano: candidatura própria ao Executivo!
 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

Que proposta voltada às mulheres deveria ser contemplada pelos candidatos?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 18/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21.350 0.710

Algodão R$ 99.520 -0.310

Boi a Vista R$ 129.000 0.480

Soja Disponível R$ 75.000 0.670

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.