Cuiabá, Quarta-feira 19/09/2018

Aparte - A | + A

05.07.2018 | 00h00

Desaforo

Facebook Print google plus

Entre os ‘desaforos‘ que proferiu nesta quarta-feira (4), em conversa com jornalistas, contra uma série de autoridades - que ao contrário dele, não respondem a processos por corrupção, nem confessaram ter roubado e ajudado outros tantos a roubarem milhões dos mato-grossenses -, o ex-governador Silval Barbosa afirmou que seu sucessor, Pedro Taques (PSDB), é um mero ‘entregador de placas‘, já que as obras de sua gestão estariam sendo construídas com recursos conseguidos na anterior. O tucano respondeu à altura.
 

 

A pessoa rouba R$ 1 bilhão, dá um prejuízo
para Mato Grosso para os próximos dez anos e
ainda pode continuar dando entrevista como popstar?

 

Governador Pedro Taques, em resposta às críticas de Silval Barbosa.

 

Romance no ar

Os rumores de que o governador Pedro Taques (PSDB) tinha uma nova namorada já corriam Cuiabá desde a inauguração do Complexo da Salgadeira, no último sábado (30). Eis que nesta quarta-feira (4), no meio de outra inauguração, dessa vez a da reforma do Ganha Tempo da Praça Ipiranga, no Centro da Capital, o tucano resolveu confirmar o que muita gente já sabia. Em clima de romance com a publicitária Marina Marchio, posou para as lentes do fotógrafo Ednilson Aguiar.

Bastidores

Uma informação vem sendo tratada de forma confidencial. Pouca gente comenta a respeito e, quando fala, o faz com cuidado para descartas motivos para alarde. Mas a verdade é que o estado de saúde do ex-prefeito e pré-candidato ao governo do Estado, Mauro Mendes (DEM), depois da cirurgia por conta do rompimento do tendão de Aquiles não é tão bom assim. A dor é considerada normal. O que preocupa é a pressão do democrata, que estaria atingindo alguns picos. Mendes continua de repouso e não está descartada uma viagem para visitar médicos paulistas.

Amolecendo?

Galli e Fagundes nunca impuseram impedimentos para uma aliança, já Selma Arruda... ou deixou de lado o discurso sobre subir no mesmo palanque que pessoas com pendências na Justiça ou esqueceu que o republicano, além de citado em delação, virou réu recentemente de ação oriunda da Operação Sanguessuga.


Outro assunto

Quem também esteve com Wellington Fagundes na tarde desta quarta-feira (4) foi o ex-vice-governador e pré-candidato ao Senado Carlos Fávaro (PSD), que já teve lugar cativo na chapa majoritária do republicano, mas deixou de lado para se juntar ao grupo de Mauro Mendes (DEM), onde, agora, briga com Adilton Sachetti (PRB) pela vaga que resta de candidato a senador. Mas segundo informações oficiais, nada disso foi discutido. O assunto tratado foi a captação de recursos para a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico).

Depois da eleição

A previsão era 1º julho. Radares móveis começariam a fiscalizar e punir os motoristas que não respeitassem o limite de velocidade nas principais avenidas de Várzea Grande. Mas o início do uso dos equipamentos foi adiado. Agora só em outubro, de preferência, depois da eleição, segundo o que comentam alguns guardas municipais da cidade industrial. Multas, ainda que sejam daquelas ‘educativas‘, que só alertam o condutor para o que anda fazendo de errado no trânsito, não costumam agradar o eleitor.
 

Visita inusitada

A quarta-feira (4) foi de reuniões políticas, cujo principal assunto foi a candidatura ao governo do Estado, do senador Wellington Fagundes (PR). E entre os que visitaram o republicano esteve uma presença inesperada: a pré-candidata ao Senado Selma Arruda. A juíza aposentada ‘linha dura‘ - que quase não apareceu na foto - foi na companhia do presidente de seu partido, o PLS, deputado federal Victório Galli, que já havia antecipado uma hipótese de aproximação entre as legendas.
 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

Que proposta voltada às mulheres deveria ser contemplada pelos candidatos?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 19/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22.780 -0.650

Algodão R$ 119.180 0.130

Boi a Vista R$ 125.750 -0.200

Soja Disponível R$ 75.000 1.350

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.