Cuiabá, Terça-feira 13/11/2018

Aparte - A | + A

05.02.2018 | 00h00

Nove horas

Facebook Print google plus



Enquanto os cuiabanos e varzea-grandenses estão prestes a assistir mais uma Copa do Mundo sem VLT, os chineses construíram uma estação de trem inteira em apenas NOVE HORAS! A informação é da Revista Superinteressante, segundo a qual a obra teve início às 18h30 do dia 19 de janeiro e foi concluída na madrugada do dia 20.

Agora vai

Fontes ligadas ao ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), afirmam que ele deve começar, de fato, a se empenhar nas articulações visando as eleições deste ano a partir do Carnaval. A previsão é que o senador licenciado comece reunindo amigos, empresários e aliados políticos para definir o rumo que vai adotar. Entre as possibilidades, um apoio ao eventual projeto à reeleição do governador Pedro Taques (PSDB) ainda não estaria completamente descartado. A tendência mais forte, no entanto, seria de que Maggi e todo seu grupo estarão mesmo do lado oposto ao tucano na disputa de outubro.

Tabela

No final das contas, a sessão de sexta-feira na Assembleia Legislativa serviu apenas para cumprir o Regimento Interno, que estabelece o dia 2 de fevereiro como o fim do recesso parlamentar. Os trabalhos mesmo só devem ter início na terça-feira (6), quando outro ato solene, esse com o governador Pedro Taques, (espera-se) está previsto.

Operação

Ainda conforme a publicação da Revista, a estação chinesa construída em tempo recorde vai interligar quatro linhas de trens que trafegam a 200 km/h. “A operação reuniu 1.500 operários, 23 escavadeiras e sete trens, que levaram os materiais necessários até o local. Os trabalhadores foram divididos em sete equipes e construíram trilhos, sinalização e controles de tráfego dos trens”, diz trecho da reportagem. Enquanto isso, em Cuiabá...

Avulsos


Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás, o desembargador Kisleu Dias Maciel Filho deu fim à possibilidade de o conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado, Antonio Joaquim, disputar o governo do Estado sem estar filiado a um partido político. O magistrado reformou a decisão de primeira instância que havia autorizado candidaturas avulsas nas eleições deste ano.

Confirmado

Em seu último ano de mandato, o governador Pedro Taques (PSDB) pode comparecer pela primeira vez a uma sessão de abertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa. O tucano sempre enviou representantes geralmente o secretário-chefe da Casa Civil para o ato solene. Desta vez, a presença está confirmada, segundo a assessoria da presidência do Parlamento.

Dose dupla

A Assembleia Legislativa, aliás, vai ter duas sessões de abertura dos trabalhos neste ano. A primeira delas já foi realizada na sexta-feira (2) com a presença do chefe da Casa Civil Max Russi (PSB) representando o Executivo para menos de um terço dos 24 deputados. Nos bastidores, a desculpa era de que seria dispendioso demais para alguns parlamentares voltarem do interior para a Capital numa sexta e ter que retornar para suas bases para passar o final de semana.
 

Voltar Imprimir

Comentários

Chico Ferreira

Chico Ferreira

GD

GD

Enquete

Qual sua opinião sobre o ensino domiciliar em que os filhos são educados pelos pais em casa?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 13/11/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,50 -0,56%

Algodão R$ 93,55 -1,51%

Boi a Vista R$ 131,49 0,00%

Soja Disponível R$ 75,40 -0,13%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.