Cuiabá, Quinta-feira 20/09/2018

Aparte - A | + A

22.02.2018 | 00h00

Transferências

Facebook Print google plus

Prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos (DEM) participou da instalação de um posto avançado da Justiça Eleitoral na Câmara Municipal para a realização da biometria e lembrou aos presentes no evento a importância do número de eleitores que é computado pelo IBGE nos cálculos populacionais para definição de transferência de renda para saúde, educação e outras ações mais.

Mudanças

As mudanças no secretariado do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) devem ir além do que alguns pensam. Estaria quase concreta mais uma troca na Secretaria de Educação, a maior do município e com maior contingente. Rafael Cotrin, que era titular da Administração e assumiu a Pasta deve sair para a entrada da atual adjunta, Edilene de Souza Machado, professora de carreira desde 1985.

Carreira

O comentário é que Edilene se enquadra melhor em uma proposta do prefeito de que cargos ligados à direção de setores específicos deveriam ser preenchidos por pessoas que correspondam ao cargo de confiança, mas que também sejam ligadas à carreira. Outra possibilidade especulada é a ascensão do atual adjunto de Assistência Social, Wilton Coelho, que já foi vice-prefeito em Várzea Grande e também professor de carreira em Cuiabá.

Coercitivas

A operação Bereré poderia ter sido muito maior e com resultados práticos mais relevantes para o Ministério Público não fosse uma decisão liminar proferida em dezembro pelo ministro do Supremo, Gilmar Mendes, proibindo conduções coercitivas para interrogatórios. Fontes afirmam que o objetivo era ter colhido os depoimentos dos 49 acusados de envolvimento no esquema do Detran.

Culpados

Gilmar Mendes proferiu a decisão mediante um questionamento da OAB ao Supremo Tribunal Federal. Na liminar argumentou que as conduções coercitivas obrigam a presença do cidadão em um ato ao qual ele não é obrigado a comparecer. Ainda de acordo com o ministro, quase sempre o investigado é tratado como culpado nessas ocasiões.

Pegou mal

Mais do que a própria denúncia da operação Bereré, pegou muito mal a entrevista coletiva do presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (PSB), para explicar porque seu nome foi citado como um dos supostos líderes do esquema de desvio de recurso do Detran. Um dia depois da deflagração da ação do Ministério Público e Polícia Civil, o socialista disse que saiu da sociedade por onde o dinheiro virava propina por ter percebido que existiam irregularidades.

Bem-feito

Apesar de não ter conseguido os depoimentos, o Ministério Público tem indícios que não acabam mais sobre o esquema investigado na Bereré. Quem acompanha o trabalho do órgão afirma que nunca se viu uma investigação tão bem embasada e com tamanha vastidão de documentos. Não era para menos, há anos se houve falar da delação de Todoro Lopes, o Dóia. Durante todo esse tempo, o trabalho não parou.

Confissão

Para muitos, Eduardo Botelho não apenas confessou, no mínimo, saber que havia um esquema de corrupção, como jogou toda a culpa no colo de Mauro Savi (PSB), também listado pelo Ministério Público como um dos líderes da organização criminosa. Nos corredores da Assembleia já tem quem fale em um pedido de afastamento do presidente do comando da Casa.
 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

O que você acha da imunidade eleitoral, que proíbe a prisão de candidatos e eleitores?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 20/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 26.000 -0.760

Algodão R$ 114.850 1.080

Boi a Vista R$ 131.000 0.000

Soja Disponível R$ 69.800 -0.710

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.