Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 23/08/2019

Colunas e artigos - A | + A

22.11.2018 | 15h47

A farinha nossa de cada dia

Facebook Print google plus

Patrícia Cruz

Divulgação

Divulgação

Ela já foi a rainha da gastronomia! Sim, a farinha de trigo, que reinou durante muitas décadas como protagonista na base dos melhores cardápios mundo afora. Mas já há algum tempo as portas do castelo se abriram de forma absoluta para a diversidade de versões consideradas até mais saudáveis para a saúde, especialmente nesses tempos onde cuidar da alimentação passou a ser uma ação afirmativa e politicamente correta.

 

Tudo bem que quem um dia foi rainha nunca perde a majetade, mas, a verdade é que, das farinhas integrais às de sementes, passando pelas de frutas, elas estão ganhando espaço no mercado e ampliando o paladar brasileiro.
Essas variadas farinhas, são, segundo especialistas, versões mais saudáveis que entram em cena como aliadas para quem está procurando um novo estilo de vida através de uma alimentação equilibrada, com mais fibras e menos gordura, açúcar, sal e processados. Além do que, algumas caem como uma luva para quem não pode nem passar perto do glúten.

 

Divulgação

Farinha

 

Essas farinhas apresentam boa funcionalidade e interagem muito bem com os ingredientes das receitas, podendo ser coadjuvantes em granola caseira, bolos, pães, biscoitos, vitaminas, sucos e tortas, com ótimos resultados. Entre os que agradecem vai o sorriso largo da turma vegana e vegetariana, os adeptos das dietas funcionais e os que estão surfando na onda low carb, que prevê a redução da quantidade de carboidratos ingeridos.

Veja abaixo alguns tipos de farinhas, como prepará-las e quais as suas propriedades. Depois é só partir para o experimento! Escolha uma receita e bom apetite!

 

Texturas, cores e sabores diferentes

Farinha de Amendoim
Também isenta de carboidrato e glúten, é fonte de gordura monoinsaturada e fibras, auxiliando no controle das doenças cardiovasculares e dislipidemias, além de proporcionar o aumento da saciedade e o controle da glicemia ­ por conta da quantidade de fibras.

Como preparar
Retire a casca do amendoim (sem sal) e distribua em uma assadeira. Leve ao forno em temperatura alta, sem óleo, por cerca de dez minutos. Deixe esfriar. Após isso, bata no liquidificador até formar uma farinha.

 

Farinha de Casca de Maracujá
Boa opção de farinha low carb, mas, vale destacar: ela apresenta carboidrato, porém reduzido. Além disso, ela é rica em fibras, principalmente a pectina. Atua no controle do colesterol e glicemia também.

Como preparar
Lave bem os maracujás. Corte ao meio e retire muito bem a polpa. Coloque-os em uma assadeira e leve ao forno médio por 30 minutos. Mexendo às vezes. Depois, espere esfriar. Bata em um liquidificador até obter uma farinha. Se desejar, pode peneirar. Você também encontra a farinha de maracujá facilmente à venda nas casas de produtos naturais ou online.

 

Farinha de Banana Verde

Esta farinha pode ser utilizada em pães dando consistência e sabor. É fonte de vitamina C e cálcio, além de amido resistente (absorvido lentamente), mas é fonte de uma quantidade substancial de carboidrato em sua composição. Rica em carboidrato, porém, concentra em sua maior parte, amido resistente, isto é, apresenta baixo índice glicêmico

Como preparar
Higienize as bananas verdes e corte-as em rodelas.
Coloque em uma forma e leve ao forno em temperatura baixa. Asse até que fiquem bem secas. Retire do forno e espere esfriar. Coloque no liquidificador e bata até formar uma farinha. Você encontra a farinha de banana verde facilmente à venda, inclusive pela internet.

 

Farinha de Semente de Abóbora

Rica em fibras, esta farinha possui ainda ácidos graxos poli-insaturados e monoinsaturados. Apresenta alguns minerais, como ferro, magnésio e potássio. Boa opção de farinha low carb, apresenta baixo teor de carboidrato e é rica em proteína. Atua no controle da fome e dislipidemia

Como preparar
Lave as sementes retirando qualquer vestígio da polpa e deixe de molho por pelo menos 4 horas. Escorra e espere secar por 1 hora. Leve ao forno médio, mexendo de vez em quando.
Quando estiverem torradas, retire do forno, espere esfriar e bata no liquidificador até formar uma farinha.

 

Farinha de linhaça
Isenta de carboidratos é uma boa fonte de fibra solúvel e insolúvel, que auxilia no bom funcionamento do intestino, além de auxiliar na saúde do coração, no controle da glicemia e saciedade (reduzindo peso). É ainda fonte de gorduras saudáveis como o ômega-3.

Como preparar
Basta bater as sementes de linhaça dourada ou preta no liquidificador até se formar uma farinha. Armazene em pote escuro na geladeira.
A farinha de linhaça não é cara e é facilmente encontrada à venda em casas de produtos naturais e também na internet.

 

Farinha de coco
Bastante popular quando o assunto é alimentação low carb, a farinha de coco apresenta fibras, proteínas, carboidratos em pequena proporção, gordura monoinsaturada e saturada e é isenta de glúten. Vai muito bem em pães, saladas de frutas, iogurtes

Como preparar
Escorra muito bem o bagaço do coco e leve ao forno em temperatura média por volta de 3 a 4 horas, até que fique bem dourada. Deixe esfriar e, depois, bata no liquidificador até que se torne uma farinha fininha. A farinha de coco também é facilmente encontrada à venda em casas de produtos naturais e lojas online.

 

Farinha de Castanha de Caju
Isenta de glúten, rica em gordura mono e poli-insaturadas, previne a dislipidemia, diminuindo o LDL-colesterol. Além disso, também apresenta magnésio e zinco. É indicada para preparar bolos, farofas, adicionar em iogurtes e saladas de frutas

Como preparar
Coloque as castanhas em uma assadeira e leve em forno médio.
Retire depois de assadas. Deixe esfriar e bata aos poucos no liquidificador até que se forme uma farinha. Além de poder ser preparada em casa, a farinha de castanha de caju pode ser encontrada à venda nas casas de produtos naturais ou na internet.

 

Farinha de Nozes

Também é isenta de glúten e apresenta uma concentração baixa de carboidrato. Apresenta ainda antioxidantes, como a vitamina E, e gorduras mono e poli-insaturadas. É indicada no preparo de bolos, tortas e pães

Como preparar
Retire as nozes das cascas, coloque em uma assadeira e leve ao forno até ficarem douradas.
Espere esfriar e vá batendo aos poucos no liquidificador até se formar uma farinha.
A farinha de nozes pode ser encontrada à venda em casas de produtos naturais e na internet. ( Com Revista Claúdia)

 

Patrícia Cruz é nutricionista comportamental, mestre em Ciências da Saúde pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP) e membro do Departamento de Nutrição da Associação Brasileira para Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica (Abeso).

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Qual seria o maior avanço da ciência?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 23/08/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,50 0,99%

Algodão R$ 92,48 -0,46%

Boi a Vista R$ 137,33 -0,22%

Soja Disponível R$ 69,50 -0,71%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.