Cuiabá, Terça-feira 23/10/2018

Colunas e Artigos - A | + A

22.02.2018 | 01h30

Brasil, país das carreiras jurídicas

Facebook Print google plus

Desde o ano passado, vemos um interesse cada vez maior da população em acompanhar os desdobramentos de operações como a Lava Jato, que se tornou um marco no combate à corrupção no Brasil. Mas, isso vai muito além apenas da questão social. Ações da Polícia Federal despertaram também o olhar daqueles que estão traçando seu objetivo profissional e querem, de alguma forma, promover mudanças no cotidiano do país. Se observarmos os números do Ministério da Educação, vemos que o número de matrículas no curso de Direito cresceu 35% nos últimos cinco anos, enquanto o país já somava 1 milhão de advogados. E nós, do Cers, vimos um crescimento de 36% no número de alunos em busca de cursos preparatórios para concursos públicos e OAB. Então, porque não dizer que o Brasil é o país das carreiras jurídicas?

E isso não é uma moda passageira. Profissão centenária, vemos o Direito como uma tendência para os próximos anos, tendo em vista o verdadeiro legado que as ações da PF e do judiciário estão deixando para as próximas gerações de profissionais. Mais do que nunca temos a certeza de que a lei vale para todos e precisamos de pessoas que coloquem isso em prática. Porém, isso não fica restrito apenas à esfera pública. As empresas também se esforçarão cada vez mais para ter uma área jurídica qualificada para combater atos ilícitos.

A verdade é que temos um setor em franca expansão e que está abrindo espaço para os vários profissionais que temos formados e que estão em formação nas faculdades. Hoje, temos um profissional do ramo para cada 209 mil habitantes, o que nos coloca entre os países com mais densidade de advogados em relação à população, por isso, ações como as citadas acima são fundamentais para abrir ainda mais espaço para que eles possam atuar em seu segmento. Assim como aqueles que ainda estão em busca da tão desejada carteira da OAB.

Por exemplo, hoje 37% dos nossos alunos buscaram cursos preparatórios para o Exame da Ordem. Embora tenhamos um exame cada vez mais difícil e com índices acirrados de aprovação, fato que nos faz cobrar cada vez mais compromisso e transparência por parte das instituições responsáveis por sua aplicação, o número cada vez maior de graduados nos faz ter essa visão um tanto inflada da área jurídica. Há espaço para todos.

O Direito é uma profissão que se divide em um amplo leque de áreas de atuação e, é justamente isso que as pessoas estão começando a enxergar. Indo além dos escritórios de advocacia, temos diversas carreiras públicas em expansão. Hoje, temos uma forte procura por funções policiais, como a de delegado. Mas, daqui há algum tempo, poderemos ver um crescimento em áreas ligadas ao ramo trabalhista e previdenciário, visto as mudanças na legislação. Podemos dizer que essa é uma profissão que se molda com o tempo e com as necessidades do Brasil, um país que mais do que nunca vê e precisa desse crescimento no setor jurídico.

Renato Saraiva é professor e escritor

Voltar Imprimir

Comentários

GD

GD

Enquete

O país vai voltar a se unir após as eleições?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 23/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,35 -0,73%

Algodão R$ 119,45 0,53%

Boi a Vista R$ 127,33 0,26%

Soja Disponível R$ 69,00 -1,29%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.