Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 15/07/2019

Colunas e artigos - A | + A

15.05.2019 | 09h22

Saúde centrada na pessoa

Facebook Print google plus

Rubens Oliveira Jr.

Divulgação

Divulgação

O Brasil passa por uma série de mudanças nos padrões de consumo, alimentação e comportamento. Naturalmente, com reflexos para a saúde. Se no passado as doenças infecciosas eram responsáveis por mais de 50% das mortes, hoje, com as melhorias de condições sócio-econômico-culturais, a mortalidade é preponderantemente consequência das doenças crônicas não transmissíveis, como hipertensão, diabetes, asma, insuficiência cardíaca, bronquite, enfisema pulmonar e obesidade.

 

De acordo com dados da Organização Pan-americana de Saúde essas doenças já são a principal causa de mortalidade e de incapacidade prematura da população. Este dado é alarmante, principalmente se considerarmos que estes males podem ser controlados e até evitados com mudanças comportamentais e de estilo de vida.

 

Nesse sentido, avança em todo o mundo a ideia de que o modelo de assistência em saúde praticado em nosso país não dá mais conta de atender às necessidades impostas pelo modo de vida moderno. O atendimento médico focado somente na doença, restrito ao quadro agudo, precisa dar espaço ao foco na prevenção e na promoção de qualidade de vida e que, ao mesmo tempo, disponha do que há de melhor no tratamento de doenças, caso elas surjam ou sejam agravadas.

 

A saúde do século XXI deve ser pautada em atendimento centrado no paciente, com modelo assistencial que permita o acompanhamento contínuo, com orientações de educação em saúde e cuidados preventivos. O contato mais próximo do médico com o paciente é primordial. O profissional médico assume um papel de médico da família, e quando recomendado, atua junto com uma equipe multidisciplinar, promovendo o cuidado personalizado, que engloba os princípios da Atenção Primária a Saúde (APS).

 

Para fazer frente a este desafio, a Unimed Cuiabá passou nos últimos três anos por uma profunda mudança organizacional, incorporando um novo conceito para o atendimento, que tem em seu pilar a atenção personalizada e a ênfase na medicina preventiva. A nova estratégia de cuidados valoriza o olho no olho, agregando a isto o estudo caso a caso, detalhado, para promover a saúde global do paciente e sua família, com as tecnologias mais inovadoras do setor.

 

Ao mesmo tempo que o acompanhamento médico muda de perfil, o gerenciamento da saúde assume a responsabilidade de enxergar o paciente em todas as suas necessidades – físicas, mentais e emocionais, incluindo o contexto familiar. O objetivo é evitar doenças e não apenas tratá-las.

 

A Unimed Cuiabá possui a tecnologia, a técnica e as pessoas. Estamos agora mudando o olhar e aperfeiçoando os detalhes na busca por um novo jeito de atender. Afinal, melhor que ser tratado adequadamente quando se está doente é viver bem, prevenindo as doenças.

 

Rubens Carlos de Oliveira Junior é médico patologista e presidente da Unimed Cuiabá.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

GD

GD

Enquete

O Congresso Nacional deve aprovar a lei que regulamenta a educação domiciliar?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 15/07/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,55 0,00%

Algodão R$ 90,57 -0,52%

Boi a Vista R$ 131,00 0,00%

Soja Disponível R$ 66,10 -0,75%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.