Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 23/07/2019

Fogo Cruzado - A | + A

25.06.2019 | 15h02

Bezerra defende que Moro deixe Ministério até apuração de investigações

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

O deputado federal Carlos Bezerra (MDB) defende que o ministro da Justiça, Sérgio Moro, deixe o cargo até a apuração das investigações. 

 

Conforme Bezerra, as investigações ficam a cargo da Polícia Federal, instituição também comandada por Moro enquanto o ministro da Justiça.  "Então, ele teria que se afastar até terminar a apuração", disse o parlamentara federal.

 

Há duas semanas, foram divulgadas mensagens entre Moro e o procurador da República, Delton Dallagnol, em que teriam trocado colaborações do período que estavam à frente da força-tarefa da Lava Jato.

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

CHIRRÃO - 25/06/2019

Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

1 comentários

1 de 1

Enquete

Segundo o presidente Jair Bolsonaro, é melhor ter menos direitos e ter emprego do que ter muitos direitos e não ter emprego

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 23/07/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,85 0,25%

Algodão R$ 98,44 -0,95%

Boi a Vista R$ 131,00 0,00%

Soja Disponível R$ 64,95 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.