Cuiabá, Segunda-feira 24/09/2018

Fogo Cruzado - A | + A

11.09.2018 | 12h21

Servidores da Assembleia denunciam Elias Santos

Facebook Print google plus
Marcus Vaillant

Elias Santos

Uma comissão composta por servidores da Assembleia Legislativa acusa o atual secretário de Gestão de Pessoas, Elias Santos, irmão do deputado estadual Wilson Santos (PSDB), de agir de forma arbitrária e tentar mudar a lei que envolve salários, cargos e carreira, sem discutir com os servidores e sem comunicar aos parlamentares.

Insatisfeitos, os servidores buscaram auxílio junto à deputada Janaina Riva (MDB). Por sua vez, ela pontuou que já faz algum tempo que recebendo denúncias de que Elias Santos não atende as recomendações da Procuradoria.

Santos era diretor presidente da Companhia de Mineração (Metamat) e foi exonerado em outubro de 2016 ao ser flagrado pressionando servidores comissionados a participarem de reuniões políticas de seu irmão que era candidato a prefeito de Cuiabá nas eleições daquele ano.

Depois disso, Elias foi nomeado secretário de Gestão de Pessoas da Assembleia Legislativa em fevereiro de 2017. Na época, deputados da oposição contestaram a indicação, mas por fim ele permaneceu no cargo.

Voltar Imprimir

Comentários

Alessandra - 15/09/2018

Elias Santos, bem acompanhado pelo advogado-parlamentar de Chapada dos Guimarães Dr. Luciano Augusto Neves,. O vereador tucano Dudu trabalha na defesa de seu cliente acusado em desviar dinheiro publico do DETRAN. E agora também defende o seu cliente de arbitrariedade? Parece que existe um código de ética na OAB que diz que parlamentar-advogado não pode defender ação contra fazenda publica. Em Mato Grosso pode tudo, quem deveria fiscalizar - defende o acusado?

João das Neves - 13/09/2018

Elias está sendo comedido. Como que um servidor que nem passou pelo estágio probatório, que tem apenas 2 anos como funcionário já conseguiu chegar no ápice da carreira? Alguns fizeram centenas de cursos on-line e o pior, durante o expediente. Deixou-se de trabalhar para ficar fazendo cursinhos on-line. Isso os bonitinhos não enxergam, né? Mas está tudo controlado pela intranet. Força, Elias, o que é justo, é justo e o que é esperteza não deve prosperar. Muitos fizeram cursos direitinhos, 2, 3 faculdades. Tem que ser certinho, até porque os cursos tem que ser frequentados fisicamente, conforme PCCS 2002.

2 comentários

1 de 1

Enquete

Você já anotou os números dos seis candidatos em quem irá votar nesta eleição?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 24/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22.250 -0.450

Algodão R$ 121.920 0.520

Boi a Vista R$ 126.360 -0.390

Soja Disponível R$ 69.500 -0.710

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.