Silval e Blairo estão bem nas cartas | Gazeta Digital

Domingo, 27 de junho de 2010, 03h00

OS ASTROS REVELAM...

Silval e Blairo estão bem nas cartas

Isa Sousa  / Especial para A Gazeta


Dizem que as cartas não mentem jamais. Da mesma forma que os astros, os búzios, a numerologia e tantas outras variadas opções para se prever o futuro. Em época de eleição, os chamados "consultórios" de videntes costumam lotar daqueles que, mesmo apostando alto nas campanhas, não dispensam um "empurrãozinho" das forças ocultas e, muitas vezes, generosas. Para saber como andam as chances dos candidatos ao pleito de outubro, A Gazeta ouviu especialistas em prever o futuro. A maioria dos consultados acabou reproduzindo o que as pesquisas eleitorais vêm indicando, mas com a cautela de que os resultados podem mudar na hora do voto.

Pelo jogo de búzios, o babalorixá e presidente da Federação Nacional de Umbanda e Culturas Afro, Ayrton Santos, adianta que se a eleição fosse hoje o governador Silval Barbosa (PMDB) ganharia no primeiro turno. O perfil zodiacal de Silval, segundo Vander Jarabiza, astrólogo atuante em Sinop desde 1998, mostra um homem muito exigente em tudo que faz e determinado a ganhar. Porém, como lembra o babalorixá Santos, o resultado positivo se deve mais ao trabalho de Silval como vice-governador ao lado de Blairo Maggi (PR) durante um mandato do que propriamente a sua figura de homem público.

Marco Aurélio Ramos Mendes, numerólogo sul mato-grossense radicado em Cuiabá há 13 anos, informa que os números regentes de Silval são o 5 e o 11. Se eleito, o peemedebista terá pela frente o desafio de mostrar que pode ser bem mais do que um reflexo de Maggi. Juntos, 5 e 11 combinam e formam o perfil de homem modificador, que tem capacidade de transformação, porém não significando necessariamente concretização. Outro número que faz parte da análise de Marco Aurélio sobre Silval é o 8, que desperta ambição e cobra honestidade. "Se ele não souber lidar com tanto poder e não conseguir manter a honestidade, pode perder tudo que conquistou, já que o 8 dá em dobro e também tira em dobro", pontua . A solução para um virtual futuro governo Silval não fracassar, de acordo com os astros, é que ele tenha à frente uma boa infraestrutura.

Já para o candidato Wilson Santos (PSDB) as previsões são divergentes. A taróloga Isabel Cristina Roveda visualiza nas cartas o tucano sobrecarregado de atividades e que precisará abrir mão de algumas funções para ser eleito. Nos búzios de Ayrton Santos, o ex-prefeito não ganharia a eleição, porque deixou uma prefeitura instável nas mãos de Chico Galindo (PTB). Para completar, a numerologia aponta que o perfil do candidato se adapta melhor a um cargo no Legislativo do que no Executivo, "onde já mostrou não ter senso prático", rebate Marco Aurélio, ao destacar que ainda assim há boas chances de uma disputa acirrada com Silval.

A virada nos resultados para o tucano começaria no dia 26 de agosto, data de seu aniversário, quando entra na casa de número 1, representante da força e da competição. Se não for eleito, Wilson Santos pelo menos chegará perto. Apesar disso, o perfil zodiacal do ex-prefeito prevê alguém com excessivo otimismo, o que pode levar a exageros, e com uma tendência a repetir as mesmas dificuldades de cargos políticos passados. "A pessoa certa no lugar certo é fonte de sucesso. A pessoa certa no lugar errado terá dificuldades. Wilson Santos como candidato ao governo está no segundo caso", avalia Aurélio.

Para o socialista Mauro Mendes (PSB), as previsões pelas cartas do tarô mostram que não é hora de decisões precipitadas e na opinião do astrólogo Jarabiza o empresário precisa seguir sua intuição e confiar nela. Na numerologia e nos búzios, o candidato não deveria concorrer ao Governo, apesar de ser um executivo e organizador nato. A Mendes caberia melhor um cargo em que atuasse como secretário, em uma pasta compatível a sua carreira. "Mauro não é descartável. Se concorresse a deputado federal venceria, e talvez na próxima eleição ao governo. Agora não tem chance", assegura Ayrton Santos.

O número de Mendes também é o mesmo 1 de Wilson Santos, que expõe a competitividade característica do número, mas sob aspecto diferente. O socialista, que enfrenta problemas com suas coligações e ainda especulações sobre possível desistência na eleição deste ano, parece não mostrar todo potencial para entrar na competição. Para o babalorixá, o erro de Mauro é arriscar-se num cargo que não admite fraqueza.

Mas não é apenas para o governo que as previsões astrológicas nas eleições prometem movimentar Mato Grosso. A corrida por duas vagas ao Senado faz até os especialistas em forças ocultas divergiram, quando consultados sobre as candidaturas de Pedro Taques (PDT), Antero Paes de Barros (PSDB) e Carlos Abicalil (PT). A vitória de Blairo Maggi (PR) é tida como certa, indicam os astros.

Desde janeiro no número 7, Antero Paes de Barros vive um ano complexo. Segundo a numerologia, as eleições deste ano não serão favoráveis ao candidato, que estaria mais voltado para ele mesmo. Chamado de ano sabático, o ano 7 não favorece a exposição, o que, no caso de um cargo público é ir na contramão. No perfil zodiacal, o astrólogo Vander Jarabiza aconselha Antero a tomar cuidado com o estresse e não tomar nenhuma decisão no momento com o objetivo de ganhar força.

Com visão contrária, o babalorixá Ayrton Santos acredita na eleição de Antero e reafirma Maggi como candidato eleito. Os búzios de Ayrton mostram que a vitória do ex-governador se deve essencialmente ao governo estável que deixou nas mãos de Silval. A mesma opinião a respeito de Maggi se repete nas previsões da taróloga Isabel Cristina Roveda, que enxerga nas cartas uma pessoa correta, estruturada e com força para alcançar seus objetivos. O numerólogo Marco Aurélio afirma que Maggi carrega o número 1, o mesmo de Wilson Santos e Mauro Mendes, mas que no caso do ex-governador favorece sua candidatura.

Já para o petista Carlos Abicalil os búzios revelam que o melhor que o candidato poderia ter feito era continuar como deputado federal. Ao contrário, se a também petista Serys Marly entrasse na disputa, teria chances de se reeleger. Além de Abicalil não estar em um bom ano na visão do babalorixá, o perfil zodiacal dele é de uma pessoa versátil, mas que se incomoda com a rotina, característica não compatível com o cargo ambicionado.

Para Pedro Taques, o babalorixá dá o recado de que seria melhor ele desistir. Na numerologia, o ex-procurador tem 9 e 3. O primeiro ótimo para pessoas que estão caminhando para uma vida pública e o número 3 favorece a comunicação, porém, afirma o numerólogo, pede a simpatia que Taques não teria.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quinta, 21 de junho de 2018

13:30 - Decisão do Supremo vai destravar delações fechadas com a polícia

13:00 - Alvo de ação da PF em SP, foi diretor da Kroll e presidente da Dersa

12:30 - PF pega R$ 100 mil em dinheiro vivo com alvo de fraudes no Rodoanel de SP

12:09 - Cautelar pedida por Lula pode suspender efeito da Ficha Limpa, afirma advogado

12:08 - PT de Minas cogita Dilma como plano B a Pimentel

11:59 - Eleição pode ser anulada caso resultado seja influenciado por fake news, diz Fux

11:27 - Polícia deflagra Operação Greenwich, 52ª fase da Operação Lava Jato

11:19 - Cármen Lúcia critica demonização da política e excesso de siglas partidárias

10:02 - Procurador diz que autorizar PF a firmar colaboração ajuda criminosos

09:59 - PF inicia operação que investiga desvio de recursos no Rodoanel


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 21/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 21/06/2018
993364e9a9f5ce444d02868cc0a18565 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Deputados que faltarem às sessões terão o salário cortado




Logo_classifacil









Loja Virtual