Ministério Público apresenta nova denúncia contra Sergio Cabral e Adriana Ancelmo | Gazeta Digital

Segunda, 19 de junho de 2017, 16h21

Ministério Público apresenta nova denúncia contra Sergio Cabral e Adriana Ancelmo


R7

O MPF-RJ (Ministério Público Federal do Rio de Janeiro) apresentou nova denúncia contra o ex-governador do Rio Sergio Cabral (PMDB), a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo e mais dois assessores. A acusação é de crime de lavagem de dinheiro. Cabral já é réu em 9 processos, e na semana passada foi condenado a 14 anos e 2 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro em um deles.

A nova acusação, de lavagem de dinheiro, foi apresentada pelos procuradores na sexta-feira (16). Os procuradores se basearam em documentos apresentados pela joalheria H.Stern, que firmou acordo de leniência.

O MPF-RJ sustenta que o casal adquiriu 189 joias e pedras preciosas em joalherias, ao custo de R$ 11 milhões. Segundo o MPF-RJ, as peças seriam prova de crime. Uma delas chegou a custar R$ 1,8 milhão. Do total de joias, contudo, apenas 40 foram encontradas. A procuradoria agora quer saber onde foram parar as outras 149.

 

No mesmo processo em que condenou Cabral, o juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, absolveu a ex-primeira-dama dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro sob a alegação de não haver "prova suficiente de autoria ou participação" da mulher do ex-governador do Rio de Janeiro em desvios do Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro),da Petrobras. 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 25 de junho de 2017

09:30 - Operação dita embate de ministro Barroso com Gilmar Mendes

Sexta, 23 de junho de 2017

16:30 - Polícia Federal apreende 15 joias na casa da irmã de Adriana Ancelmo

16:09 - Palestras sobre corrupção e Lava Jato rendem R$ 219 mil a Deltan Dallagnol

14:14 - Luciano Coutinho depõe como testemunha de defesa de Lula

12:02 - PF busca joias de Cabral na casa da cunhada

11:45 - Fachin nega crise e diz que não se pode demonizar a política

Quinta, 22 de junho de 2017

15:01 - Supremo reinicia julgamento sobre validade das delações da JBS - Siga

14:21 - Barroso vota pela validade da delação da JBS e manutenção de Fachin na relatoria

13:42 - Primo de Aécio e assessor de Perrella deixam prisão em Belo Horizonte

11:01 - Fachin tira de Moro e envia para São Paulo inquérito contra Paulo Skaf


// leia também

Domingo, 25 de junho de 2017

16:53 - Câmara volta a apreciar na terça MP devolvida pelo Supremo

12:13 - Base aliada de Michel Temer teria 60% de fundo eleitoral

11:14 - Em projeto de Jucá, fatia para o PMDB é de R$ 550 milhões

11:02 - Lava Jato lidera ranking das prisões por corrupção no Brasil

10:51 - Desde 2013, prisões por corrupção crescem 288%

Sábado, 24 de junho de 2017

11:40 - Polícia Legislativa apura carta enviada com fezes para Maia

09:21 - PF deve entregar relatório final do inquérito que investiga Temer na segunda

09:15 - PF conclui que não houve edição em áudio de conversa entre Temer e Joesley

Sexta, 23 de junho de 2017

14:29 - PF apreende pelo menos 15 joias em apartamento de cunhada de Cabral

12:06 - Gravíssimo, diz FHC sobre denúncia de Temer


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 25/06/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 25/06/2017
F4efb389ae02fa6550d2b881ed704c83 anteriores




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Segundo a ONU a população mundial chegará a 8,6 bilhões até 2030, um aumento de 1 bilhão de pessoas em 13 anos.




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual