Câmara aprova texto-base da MP do novo Fies | Gazeta Digital

Quarta, 01 de novembro de 2017, 08h02

Câmara aprova texto-base da MP do novo Fies


Estadao

A Câmara aprovou nesta terça-feira (31) o texto-base da Medida Provisória 785, que cria novas regras para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Foram 255 votos a favor da MP e 105 contra.

Os deputados irão analisar ainda os destaques à matéria. Para conseguir aprovar a medida, líderes da base e da oposição fizeram um acordo e deve ser retirado do texto a possibilidade de o aluno resgatar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para pagar dívidas do Fies.

Os parlamentares também acertaram incluir uma espécie de ‘Refis‘ na MP, para dar melhores condições para os estudantes quitarem seus débitos com as universidades, em um modelo parecido com o aprovado recentemente para beneficiar as empresas.

A principal mudança no modelo de financiamento é que haverá um desconto automático na folha de pagamento do recém-formado. Segundo o governo, a medida servirá para diminuir a inadimplência do programa. Se ele não tiver conseguido um emprego, terá que continuar pagando uma parcela mínima, parecida com a que pagava durante o curso. Se já estiver trabalhando, a parcela poderá corresponder a até 20% da sua folha.

Pelas regras atuais, os estudantes contam com uma carência de 18 meses para começar a quitar a dívida do Fies.

Já em termos financeiros, a principal mudança foi a ampliação do aporte do Tesouro ao Fundo Garantidor do Fies (FG-Fies). Esse fundo será capaz de cobrir uma taxa de inadimplência de até 25% dos contratos, ante 10% do modelo antigo. Originalmente, o governo havia prometido depositar R$ 2 bilhões, mas o texto aprovado nesta terça coloca um limite de até R$ 3 bilhões para esse aporte.

Essas regras valem para o Fies 1, onde o governo vai compartilhar o risco do financiamento com as universidades privadas. Esse tipo de financiamento estará disponível para estudantes com uma renda per capita mensal familiar de três salários mínimos.

Nas outras duas novas modalidades do Fies, os estudantes terão de negociar o empréstimo com bancos privados inclusive a forma de pagamento.

O Fies 2 terá como fonte de recursos fundos constitucionais regionais, para alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos e será destinada a estudantes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Já o chamado Fies 3 terá como fontes de recursos o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e fundos regionais, para estudantes de todo o País com renda familiar per capita mensal de até cinco salários mínimos.

A líder do PCdoB na Câmara, deputada Alice Portugal (BA), criticou a MP. Para ela, as mudanças vão beneficiar os bancos e prejudicar os estudantes. ‘Não é possível encher os banqueiros de dinheiro em detrimento de amparar as famílias e os estudantes que precisam de financiamento para garantir a sua formação‘, disse.

O ministro da Educação, Mendonça Filho, acompanha a votação no plenário da Câmara. A MP ainda precisa ser votada pelo Senado até o dia 17 de novembro, quando a medida provisória perde a validade.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 12 de janeiro de 2018

18:30 - Escolas não consideram irregular desconto criticado por CGU dado fora do Fies

Quinta, 07 de dezembro de 2017

20:30 - Entenda as regras no novo Fies

Terça, 28 de novembro de 2017

15:52 - Mais de 85% já renovaram contratos do Fies; prazo termina quinta-feira

Quarta, 08 de novembro de 2017

20:48 - Senado aprova MP que muda regras do Fies; texto segue para sanção

Segunda, 16 de outubro de 2017

14:54 - MEC prorroga para novembro prazo de aditamento do Fies

Terça, 10 de outubro de 2017

15:29 - Comissão especial da MP da reforma do Fies aprova relatório em votação simbólica

14:56 - Comissão Especial retoma discussão sobre MP do Fies e deve votar relatório hoje

Quarta, 20 de setembro de 2017

18:03 - Governo diz que mudanças no Fies garantirão sustentabilidade do programa

12:27 - Decreto cria comitê gestor do Fies e institui planejamento trienal do programa

Segunda, 18 de setembro de 2017

22:00 - Estudantes já podem se inscrever para vagas remanescentes do Fies


// leia também

Sexta, 19 de janeiro de 2018

09:15 - Michel Temer recorre ao STJ para garantir posse de Cristiane Brasil

08:18 - Sérgio Cabral chega a Curitiba e é recepcionado com fogos de artifício

Quinta, 18 de janeiro de 2018

17:30 - Temer nega ter pedido a Loures que recebesse 'recurso de campanha'

16:00 - Procurador diz não ver razões para pedir prisão de Lula

15:15 - Julgamento de Lula será transmitido pelo Youtube

15:07 - Defesa de Temer entrega respostas a perguntas da PF sobre Decreto dos Portos

13:40 - Moro ordena transferência de Sérgio Cabral do Rio para o Paraná

11:25 - Capez deve trocar PSDB pelo PSB

11:24 - Presença oficial de Bosonaro em comissões caiu de 141 para 34 reuniões

11:21 - No recesso, auxiliares de Bolsonaro mantêm ativo marketing digital


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 19/01/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 19/01/2018
B4342464d885d68375f74fddbcec4a71 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O governador Pedro Taques não vai liberar dinheiro para o Carnaval nos municípios. O que você acha disso?




Logo_classifacil









Loja Virtual