Moro põe ex-gerente da Transpetro em prisão por tempo indeterminado | Gazeta Digital

Sexta, 24 de novembro de 2017, 18h40

Moro põe ex-gerente da Transpetro em prisão por tempo indeterminado


Estadao

O juiz federal Sérgio Moro converteu, nesta sexta-feira, 24, em preventiva, por tempo indeterminado, a prisão temporária - com prazo de 5 dias prorrogáveis - do ex-gerente da Traspetro José Antonio de Jesus. O magistrado levou em consideração o ‘pífio‘ resultado do bloqueio de bens do agente público aposentado e de que buscas e apreensões revelam possíveis crimes além daqueles que o levaram a ser encarcerado na Lava Jato.

O ex-gerente da subsidiária da Petrobras foi preso no âmbito da Operação Sothis, 47Ð fase da Lava Jato, na última terça-feira, 21. A promotoria suspeita de que José Antonio e seus familiares e intermediários operacionalizaram o recebimento de R$ 7 milhões de propinas pagas pela empresa NM Engenharia, entre setembro de 2009 e março de 2014.

O bloqueio de bens sobre contas de Jesus resultou em apenas R$ 36 mil, diante de uma decisão judicial que mandava confiscar até R$ 10 milhões dos investigados. Para Moro, o resultado pode estar relacionado à ‘dissipação‘ de produtos do crime.

‘Os resultados pífios do bloqueio, contrastados com o montante da propina e com a movimentação milionária pretérita das contas utilizadas, indicam prévio e concertado esvaziamento das contas bancárias para impedir a recuperação do produto do crime, frustrando os direitos de sequestro e de confisco‘, anotou.

Moro ainda afirma que buscas e apreensões em endereços ligados ao ex-Transpetro revelam mais indícios de que ele ‘esteja envolvido em outros esquemas criminosos, sendo necessários esclarecimentos a respeito da totalidade da movimentação financeira das empresas JRA Transportes, Queiroz Correia e outras‘.

‘Como adiantado, em curto espaço de tempo desde a realização da busca e apreensão, já foi descoberta outra empresa fornecedora da Transpetro, a Meta Manutenção e Instalações Industriais, que também realizou, aparentemente, depósitos de mais de dois milhões de reais sem causa lícita na conta da JRA Transportes, estes destinados a José Antônio de Jesus, na época gerente da Transpetro‘, afirma.

‘Inviável, por outro lado, substituir a prisão preventiva por medidas cautelares alternativas, uma vez que os crimes foram praticados subrepticiamente, inclusive a lavagem, e não há como prevenir novos atos de lavagem e de dissipação de ativos com medidas cautelares alternativas, especialmente quando desconhecido o local onde se encontram os ativos dissipados‘, conclui.

Defesa

Em nota, a defesa de José Antonio de Jesus informou que impetrou habeas corpus junto ao Tribunal Regional Federal da 4Ð Região pedindo a revogação da prisão do ex-gerente da Transpetro, além soltura em caráter liminar.

‘Não obstante a prisão temporária constitua-se em medida de exceção, desvirtuou-se por completo o seu caráter e a sua finalidade a ponto de hodiernamente constituir regra e não mais exceção, notadamente com decisões sem a devida e indispensável fundamentação de seus requisitos básicos, o que se observou neste caso‘, afirmam os advogados.

A defesa ainda rebate a tese do Ministério Público Federal de que há o risco de reiteração delitiva por parte de José Antonio de Jesus. ‘Ora, se todos os hipotéticos delitos estão relacionados à função pública que o Paciente ocupava à época dos fatos e, há quase dois anos, aposentou-se, qual indicativo concreto de probabilidade (não possibilidade) suposta reiteração delitiva?

‘Nesse contexto, não há qualquer elemento concreto que indique virtual probabilidade de reiteração delitiva, de modo que o juízo realizado pela decisão combatida mais se aproxima de uma presunção de cometimento de novos ilícitos pela simples figura do agente, violando frontalmente o texto constitucional e o consagrado e desejável direito penal dos fatos‘, sustentam. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 16 de abril de 2018

17:22 - Entidades sindicais organizam paralisação na Eletrobras contra privatização

Terça, 10 de abril de 2018

14:51 - Comissão que analisa privatização da Eletrobras não tem quórum

Quarta, 28 de março de 2018

09:17 - Sem Repetro, leilão de petróleo pode ser esvaziado

Sábado, 24 de março de 2018

15:30 - Três grupos devem entregar proposta por gasoduto de US$ 6 bi da Petrobras

Segunda, 05 de março de 2018

14:25 - Produção de petróleo cai 2,7% em janeiro em relação a igual período de 2017

Quinta, 01 de março de 2018

09:31 - Conselho da Petrobras aprova termos para possível acordo com a Sete Brasil

Terça, 27 de fevereiro de 2018

10:53 - Juiz recebe processo da Lava Jato e suspende negócio da Petrobras em MT

Terça, 20 de fevereiro de 2018

10:16 - Preço médio da gasolina no dia 21 será de R$ 1,5432 na refinaria, diz Petrobras

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

11:50 - Petrobras anuncia alta de 1,50% no preço da gasolina e queda de 0,80% no diesel

Quarta, 07 de fevereiro de 2018

20:00 - Petrobras vai modificar forma de divulgar reajuste da gasolina e diesel


// leia também

Quinta, 26 de abril de 2018

19:23 - Cria estranhamento a decisão do STF que tirou de Moro menções a Lula, diz Marina

18:30 - Tribunal da Lava Jato nega a União uma fatia do dinheiro confiscado de Dirceu

13:55 - Moro decide manter em Curitiba processo contra Lula sobre sítio

13:45 - Ciro Gomes diz que um marginal como Eduardo Cunha não o derrubaria

13:32 - Não permitir visita de médicos a Lula é 'atitude mesquinha e cruel', diz PT

11:49 - Joaquim Barbosa diz ser contra posições ultraliberais

11:47 - Trabalho é a melhor resposta a ataques injustos, diz Ciro Nogueira

11:46 - TSE determina que PT e DEM devolvam, ao todo, R$ 2,5 milhões aos cofres públicos

08:50 - PF investiga desvio de recursos públicos da Lei Rouanet

08:45 - Maia ameaça cortar salário de nomes que travam a pauta por Lula


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 26/04/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 26/04/2018
2f8a4ad01ac2cdfd8dde377dc7eb1047 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Em uma época em que predominam notícias ruins, qual o maior motivo para ser otimista?




Logo_classifacil









Loja Virtual