Não podemos substituir políticos por funcionários públicos, diz Gilmar Mendes | Gazeta Digital

Terça, 05 de dezembro de 2017, 11h29

Não podemos substituir políticos por funcionários públicos, diz Gilmar Mendes


Estadao

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, disse na manhã desta terça-feira, 5, que o Brasil não pode pensar em substituir a classe política por juízes ou promotores nem pode fazer com que todos os políticos sejam vistos como ‘corruptos‘.

‘Precisamos, inclusive, dos profissionais da política. De um tempo para cá, e já faz muito tempo, precisamos dessas pessoas que se dedicam integralmente à atividade política e que têm todo um aprendizado especial. Não podemos pensar em substituir os políticos por funcionários públicos, ainda que graduados como juízes ou promotores‘, disse Mendes a jornalistas, depois de participar do ‘Seminário Poder Judiciário e Eleições: desafios para o fortalecimento da democracia‘, em Brasília.

A fala de Gilmar Mendes ocorre num momento em que se ventila nos bastidores a candidatura ao Palácio do Planalto de nomes que não pertencem à classe política, como o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa e o apresentador de TV Luciano Huck - Huck, no entanto, já avisou que não pretende ser candidato nas próximas eleições.

‘Temos de ter a política limpa, ativa, mas não podemos fazer isso de lenda política ou tentar fazer com que todos os políticos sejam considerados elementos negativos da sociedade ou corruptos‘, completou o presidente do TSE. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quarta, 18 de julho de 2018

14:03 - Celso de Mello autoriza Cristiane Brasil a participar de Executiva do PTB

13:54 - Dinheiro vivo declarado na eleição será fiscalizado

12:50 - Em Cabo Verde, Temer anuncia cooperação coma imprensa e TVs públicas da CPLP

12:30 - Ciro diz que acordo Embraer-Boeing é clandestino e ameaça segurança nacional

09:11 - Delação premiada cita repasse para empresa de filhos de José Yunes

09:00 - Mesa Diretora da Câmara decide em agosto se Maluf deve perder mandato

Terça, 17 de julho de 2018

17:34 - Cassação de Maluf deve voltar a ser discutida na Câmara em agosto

15:30 - Líder do PR diz que bancada está dividida entre Lula e Bolsonaro

14:09 - Prefeitura do Rio diz que imprensa divulga 'colocações distorcidas' de Crivella

14:06 - Como presidente em exercício, Cármen cumpre agenda intensa de compromissos


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 18/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 18/07/2018
93ae6ae9690a2b7358a5399642de1263 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual sua opinião sobre o recesso dos parlamentares no mês de julho?




Logo_classifacil









Loja Virtual