Para Aécio, há 'desmobilização' do PSDB em relação à reforma da Previdência | Gazeta Digital

Quarta, 06 de dezembro de 2017, 13h58

após reunião esvaziada

Para Aécio, há 'desmobilização' do PSDB em relação à reforma da Previdência


Estadao

Após reunião esvaziada da Executiva do PSDB nesta quarta-feira, 6, para tratar da reforma da Previdência, o presidente licenciado da legenda, senador Aécio Neves (MG), avaliou que há uma ‘desmobilização‘ na sigla em relação ao tema. Caso o texto seja aprovado sem os votos majoritários da sigla, Aécio afirmou que seria ruim para o discurso reformista do partido, mas que seria ainda pior se a matéria deixar de ser aprovada por falta de apoio dos tucanos. Ele contou que disse isso aos deputados na semana passada e que reforçou esse entendimento nesta quarta.

O encontro do PSDB com a presença do secretário da Previdência, Marcelo Caetano, e do relator da reforma previdenciária na Câmara, Arthur Maia (PPS-BA), contou com a presença de apenas 11 dos 46 deputados e quatro dos 11 senadores do partido.

O ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, também participou da reunião. O líder da Câmara, Ricardo Trípoli (SP), se ausentou com a justificativa de que participaria de uma reunião de líderes na Casa no mesmo horário.

Jefferson Rudy/Agência Senado

O Senador Aécio Neves

‘Não tenho dúvida que o governador Geraldo Alckmin tem influência da bancada, mas o que vemos hoje é um cenário de desmobilização‘, respondeu Aécio ao ser questionado se a eleição de Alckmin como presidente da sigla, no próximo sábado, 9, poderia mudar o cenário e aumentar o apoio à proposta no partido.

O senador mineiro disse que não sabia o motivo das ausências da maioria dos parlamentares tucanos, mas ressaltou que todos deveriam participar do debate sobre a Previdência, mesmo os que são contrários ao governo ou à reforma. ‘Não estar presente não é um bom sinal‘, afirmou, ao comentar sobre se as ausências representariam falta de apoio.

Comprometimento

Aécio disse ainda que lembrou, durante a reunião desta quarta, que, quando o presidente Michel Temer assumiu o governo, o PSDB se comprometeu com um conjunto de propostas reformistas, entre elas a da previdência.

Para Aécio, não há alternativa para a reforma, a questão é discutir quando ela será feita. ‘Eu prefiro que seja agora, nesse formato mais enxuto, do que seja feita uma proposta ainda mais dura num futuro próximo.‘

Ele defendeu que o partido opte por fechar questão sobre a reforma para ficar na ‘vanguarda das questões estruturais do País‘. ‘A reforma da Previdência é essencial para garantir direito adquirido dos que menos têm. Não há como negar que as pressões maiores contra previdência vem daqueles que querem se aposentar com 50 anos ou até menos.‘

O presidente interino da legenda, Alberto Goldman, justificou que as ausências dos deputados ocorreu porque muitos avaliaram que a reunião realizada na terça-feira com a presença de Alckmin já foi suficiente. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 08 de maio de 2018

16:56 - Aécio diz que encaminhamento de processo para 1ª instância era 'medida esperada'

15:53 - Ministro envia inquérito contra Aécio para primeira instância

Sexta, 04 de maio de 2018

13:51 - Ministro do STF amplia decisão que quebrou sigilo fiscal de Aécio

Quinta, 19 de abril de 2018

13:40 - Gilmar Mendes prorroga por 60 dias investigação sobre Aécio

Terça, 17 de abril de 2018

17:13 - Alckmin; decisão do STF sobre Aécio 'entristece', mas a 'lei é para todos'

15:43 - Por 5 a 0, Aécio vira réu em ação no Supremo

13:52 - STF inicia sessão que pode tornar Aécio Neves réu

Segunda, 16 de abril de 2018

18:30 - Raquel Dodge volta a pedir que STF aceite denúncia contra Aécio

Domingo, 11 de março de 2018

08:59 - Isolado, Aécio Neves sofre resistência em Minas Gerais

Segunda, 05 de fevereiro de 2018

19:30 - Aécio pede mais prazo em inquérito que tramita no Supremo


// leia também

Segunda, 18 de junho de 2018

17:30 - Justiça condena Marcos Valério a 16 anos e 9 meses de prisão no mensalão mineiro

17:15 - Promotoria arquiva inquérito de caixa dois na campanha de Mercadante

16:25 - Alckmin afina alianças do PSDB com PSD em jantar na casa de Kassab

16:18 - Conselho de Ética da Câmara deve instaurar processo contra Nelson Meurer

16:04 - Não seria demais falar que quase tudo está errado no Brasil, diz Bolsonaro

13:30 - Cármem Lúcia assume a Presidência da República

13:18 - Alckmin diz que apoio de Temer seria honroso, mas lembra que MDB tem candidato

12:30 - Polícia Civil investiga ações do ex-senador Luiz Estevão na Papuda

11:14 - Cármen Lúcia marca para 20/6 retomada de julgamento sobre delação premiada

11:04 - Temer está no Paraguai para participar de reunião de cúpula do Mercosul


 veja mais
Cuiabá, Terça, 19/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 19/06/2018
469cf77038290f16bf38d5b8552ee12d anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Reino Unido firma pacto com empresas para reduzir uso de plástico e poluição




Logo_classifacil









Loja Virtual