Futuro da investigação da Lava Jato está em jogo, diz delegado da PF | Gazeta Digital

Quinta, 07 de dezembro de 2017, 08h48

Política Nacional

Futuro da investigação da Lava Jato está em jogo, diz delegado da PF


Estadao

O delegado da Polícia Federal (PF) Márcio Anselmo, que iniciou as investigações da Operação Lava Jato em Curitiba, em 2013, afirmou que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5508 coloca em jogo a delação e o ‘futuro da própria investigação criminal‘.

Considerado o principal delegado da Lava Jato, Anselmo pediu para sair da força-tarefa em Curitiba, em 2016, depois de a Procuradoria exigir que a PF ficasse de fora da delação da Odebrecht - atualmente ele é corregedor no Espírito Santo.

‘A colaboração premiada consiste em técnica especial de investigação, principal meio de obtenção de prova contra o crime organizado e importante mecanismo de combate à corrupção‘, afirmou Anselmo.


Delegado da PF Márcio Anselmo FOTO DENIS FERREIRA NETTO / ESTADAO  

O delegado Edivandir Paiva, presidente eleito da Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), afirmou que ‘será um prejuízo absurdo‘ se a Corte proibir a PF de negociar acordos de delação premiada.

Já o procurador regional da República Carlos Fernando dos Santos Lima, da Lava Jato em Curitiba, disse que há um risco de que a PF vire uma ‘segunda porta‘ onde os ‘afogados‘ vão buscar um acordo, depois de terem tentativas frustradas no MPF.

‘Tenho muitas dúvidas, porque vai causar uma insegurança jurídica tão grande que acho que vai afastar os colaboradores. Só vai procurar os acordos quem estiver extremamente desesperado‘, disse o procurador.

Carlos Fernando citou o caso do lobista Marcos Valério, que fechou acordo com a PF. ‘O que Marcos Valério traz é insuficiente para fazer acordo. O que vai acontecer é que as pessoas vão começar a ganhar acordos e perceber que podem começar a contar histórias mal arrumadas.‘  

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

08:35 - Polícia Federal deflagra primeira fase da Lava Jato de 2018

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

11:49 - Solto na madrugada, Wesley Batista aguarda colocação de tornozeleira eletrônica

08:20 - Wesley Batista deixa carceragem da Polícia Federal em São Paulo

Terça, 20 de fevereiro de 2018

20:12 - STJ manda soltar os irmãos e delatores Wesley e Joesley Batista

11:53 - Comandante da Marinha diz que Lava Jato não atrasou construção de submarinos

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

14:00 - Primo de Aécio é acusado de violar uso de tornozeleira

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

10:56 - Lula pede suspensão de perícia sobre sistema de propina da Odebrecht

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

12:25 - Ministro do STF prorroga prazo de inquérito contra Blairo Maggi

Segunda, 12 de fevereiro de 2018

18:34 - Preso desde abril de 2015, Vaccari recorre ao Supremo

08:22 - Marcelo Odebrecht entrega nota de pagamento a filme sobre Lula


// leia também

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

15:00 - Meirelles admite 'contemplar' candidatura à Presidência

13:50 - Câmara vai trabalhar em projeto de lei para discutir despesas obrigatórias

13:22 - Maia volta defender redução de ministérios em lugar de criação de impostos

11:34 - Candidatura Temer enfrenta resistência no próprio MDB

11:32 - Eleições motivam críticas de Maia e Eunício ao Planalto

11:31 - Ciro e Haddad avaliam união da esquerda

11:25 - Plenário do STF julga no dia 22 de março auxílio-moradia a juízes

08:44 - PF faz operação contra fraude no seguro-desemprego em dois estados

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

21:00 - Padilha diz que indicação para o Trabalho 'possivelmente' continua com PTB

20:10 - PT faz em Minas Gerais primeiro lançamento estadual de candidatura de Lula


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 22/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 22/02/2018
B65db49545fd92295b3136001f18d056 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Boa parte de Cuiabá está infestada pelo mosquito aedes aegypti




Logo_classifacil









Loja Virtual