Jogar a toalha seria ato de covardia, diz relator da reforma da Previdência | Gazeta Digital

Quarta, 07 de fevereiro de 2018, 11h36

Jogar a toalha seria ato de covardia, diz relator da reforma da Previdência


Estadao

O relator da reforma da Previdência na Câmara, Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), e o líder do governo na Casa, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), negaram que o governo esteja fazendo um ‘teatro‘, ao insistir publicamente na tentativa de votar a proposta no Congresso até março, sabendo que não vai conseguir os 308 votos necessários para tal. Para o relator, uma desistência do governo seria um ato de ‘covardia‘.

‘Reforma da Previdência não é uma aprovação fácil. Nenhuma reforma da Previdência é fácil. Mas jogar a toalha seria um ato de covardia, e isso não é uma marca desse governo‘, declarou Maia em entrevista. Segundo ele, o governo se apega no que avalia como uma ‘transformação‘ da percepção da população em relação à necessidade da reforma, revelada por pesquisas recentes, o que ‘tem eco no Congresso Nacional‘.

Para ele, chamar de teatro é uma ‘injustiça‘. ‘O sentimento de transformação que vem acontecendo na opinião pública, sem dúvida, é motivador bastante significativo para que possamos ter o número de votos que precisamos‘, declarou o relator.

Ele citou dados do ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB-MS), que mostrariam que o governo já possui hoje cerca de 275 votos e disse que há ainda ‘vários outros‘ deputados negociando ‘mudanças pontuais‘ no texto, o que, na avaliação dele, poderá se reverter em novos votos.

O líder do governo também negou que o Executivo esteja fazendo teatro. Ele afirmou que o governo fará a parte dele e que, caso não consiga os 308 votos, será uma decisão da sociedade brasileira. ‘Vamos cumprir a nossa parte, mas, se a base parlamentar entender que não tem condição de votar, essa é uma decisão da sociedade brasileira, que vai pressionar a base‘, declarou. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 07 de maio de 2018

14:34 - Entidades supermercadistas cobram reforma da Previdência ainda em 2018

Terça, 17 de abril de 2018

17:00 - Aposentados e pensionistas protestam contra a reforma da Previdência

Terça, 10 de abril de 2018

10:58 - Não dá mais para adiar a reforma da Previdência, diz Barroso

Sexta, 16 de março de 2018

17:23 - Após protestos, aliados de Doria querem rever nova alíquota de Previdência

Segunda, 26 de fevereiro de 2018

15:42 - Tesouro diz que adiamento da reforma da Previdência não afeta metas

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

13:50 - Câmara vai trabalhar em projeto de lei para discutir despesas obrigatórias

Segunda, 19 de fevereiro de 2018

16:45 - É 'difícil' Congresso aprovar reforma durante intervenção, diz líder do DEM

11:31 - Protestos contra Previdência fecham estradas e paralisam terminais de ônibus

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

09:15 - Centrais sindicais protestam em Cuiabá por 'aposentadoria digna'

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

20:27 - Mesmo com reforma fora da pauta, metalúrgicos do ABC mantêm greve na segunda


// leia também

Domingo, 20 de maio de 2018

08:28 - Dodge reforça pedido de rescisão de delação de Wesley Batista

Sábado, 19 de maio de 2018

18:00 - Lula preso quer de volta benefícios de ex-presidente

17:00 - Tucano tem boa relação com MG, afirma Anastasia

16:00 - Cenário local atrapalha negociação de três partidos

13:00 - Álvaro Dias e Amoedo largam na frente arrecadação por vaquinha virtual

08:58 - Ex-ministro José Dirceu terá 2 horas de banho de sol e quatro refeições

08:38 - Após baixa de 105 processos, STF volta a discutir foro privilegiado

Sexta, 18 de maio de 2018

17:19 - Operador de Dirceu também se entrega em Curitiba

14:59 - Fachin suspende revisão de pensões de filhas de servidores

13:56 - Ex-ministro José Dirceu se entrega à Polícia Federal em Brasília


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 20/05/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 20/05/2018
Af7895dd5d44ae30a0df41bad44cfd58 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O que esperar das eleições presidenciais na Venezuela neste domingo?




Logo_classifacil









Loja Virtual