Defesa quer que irmão de Dirceu cumpra pena próximo da família | Gazeta Digital

Sexta, 09 de fevereiro de 2018, 15h56

Defesa quer que irmão de Dirceu cumpra pena próximo da família


Estadao

A defesa de Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, que foi preso nesta sexta-feira, 9, após ordem do juiz federal Sérgio Moro, na Operação Lava Jato, se manifestou sobre a detenção. Oliveira e Silva é irmão do ex-ministro José Dirceu - já condenado na operação.

A advogada Paula Indalecio, que defende Oliveira e Silva, informou que vai requerer ao juiz Sérgio Moro que o irmão do ex-ministro fique em Ribeirão Preto (SP), perto da família. A defesa vai entrar com um habeas corpus para discutir a prisão perante o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Moro determinou que o irmão do ministro fosse enviado para a capital do Paraná, berço da Lava Jato. ‘Autorizo desde logo a transferência para o sistema prisional em Curitiba, Complexo Médico Penal, ala reservada aos presos da Operação Lava Jato‘, escreveu.

Em maio de 2016, Moro condenou Luiz Eduardo de Oliveira e Silva a oito anos e nove meses de reclusão por lavagem e pertinência à organização criminosa. O corretor de imóveis recebeu 8 anos de prisão por lavagem e pertinência à organização criminosa.

Em 2Ð instância, o Tribunal Regional Federal da 4Ð Região (TRF-4) aumentou a pena do irmão do ex-ministro. Ele pegou dez anos, seis meses e vinte e três dias de reclusão, em regime inicialmente fechado. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Terça, 14 de agosto de 2018

19:00 - Vamos isentar de IR quem ganha até cinco salários mínimos, diz Haddad

17:21 - Em programa de governo, Bolsonaro propõe ministério único na economia

16:30 - Presidente Michel Temer sanciona lei geral de proteção de dados

16:02 - 2ª Turma do STF retira de Moro trechos de delações da Odebrecht que citam Lula

15:58 - Bolsonaro diz que votará contra reajuste de salários dos ministros do STF

15:56 - Amoêdo diz que vai bancar entre 15% e 20% de sua campanha presidencial

14:20 - Lava Jato exige fiança de R$ 1,5 mi de Vaccarezza em cinco dias

14:12 - Bolsonaro é o sétimo a registrar candidatura à Presidência

13:10 - Eleição não pode atrapalhar apuração do caso Marielle, diz Anistia Internacional

13:00 - 'Fiz uso de caixa 2, mas não agi como corrupto', diz Cabral à Justiça


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Quarta, 15/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 15/08/2018
Dcb362fa6df370b7d120182d5bfb19db anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual a sua postura nestes tempos de seca?




Logo_classifacil









Loja Virtual