Tribunal julga hoje habeas corpus de Lula para tentar evitar prisão | Gazeta Digital

Terça, 06 de março de 2018, 08h50

Recurso de emergência

Tribunal julga hoje habeas corpus de Lula para tentar evitar prisão


Estadao

A Quinta Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) julga a partir das 13h desta terça-feira (5) um pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para tentar evitar que ele seja preso, no caso do tríplex no Guarujá. O petista foi condenado em segunda instância na Lava Jato e corre o risco de ter que iniciar o cumprimento da pena, de 12 anos e um mês, após que um recurso TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) serem analisados.

A defesa do ex-presidente já sofreu duas derrotas nos tribunais superiores em 2018. Em 30 de janeiro, o vice-presidente do STJ, ministro Humberto Martins, negou habeas corpus preventivo. A decisão foi tomada durante o recesso do legislativo e encaminhada para a Quinta Turma, que cuida dos processos da Lava Jato no tribunal.

Wilson Dias/Abr

Depois disso, os advogados também recorreram ao STF (Supremo Tribunal Federal), onde o relator da Lava Jato, ministro Edson Fachin, também negou o pedido, em 9 de fevereiro, e enviou o caso para análise do plenário.

Uma eventual decisão desfavorável a Lula nesta quinta-feira deverá acelerar o julgamento do habeas corpus no STF. Porém, os embargos infringentes, único recurso disponível no TRF-4, também poderão ser julgados a qualquer momento e a prisão ser determinada. Esse tipo de recurso não tem efeito suspensivo, apenas serve para esclarecer pontos da decisão.

O principal questionamento dos advogados do petista é o início da execução da pena após se esgotarem os recursos na segunda instância, no caso o TRF-4. O tribunal adotou o entendimento de mandar para a prisão pessoas cujas condenações sejam mantidas em segundo grau.

Vale destacar que o habeas corpus não é um recurso e sim uma nova ação que a defesa impetra para tentar garantir a liberdade do réu. O recurso da condenação de Lula só poderá ser apresentado ao STJ após os embargos de declaração no TRF-4.

O habeas corpus de Lula será analisado pela Quinta Turma, composta pelos ministros Reynaldo Soares da Fonseca (presidente), Felix Fischer (relator), Jorge Mussi, Ribeiro Dantas e Joel Ilan Paciornik.

O relator é o magistrado mais antigo da Corte — ocupa o cargo desde 1996 — e, segundo levantamento do jornal o Estado de S. Paulo noticiou que Fischer não havia atendido nenhum dos dez pedidos da defesa de Lula no ano passado. Segundo a reportagem, na maioria das vezes, a defesa do ex-presidente recorreu ao STJ alegando ilegalidades nas decisões do TRF-4.

Procurado pela reportagem, o advogado de Lula, Cristiano Zanin, disse que não vai se manifestar antes do resultado do julgamento.

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 18 de junho de 2018

16:18 - Conselho de Ética da Câmara deve instaurar processo contra Nelson Meurer

09:11 - Ministro do TCU vê 'carteirada' de Moro ao limitar provas da Lava Jato

Sábado, 16 de junho de 2018

11:34 - Justiça Federal aceita 24ª denúncia contra ex-governador Sérgio Cabral

Quarta, 13 de junho de 2018

13:18 - Em carta a prefeitos, Lula diz que PEC do teto inviabilizará gestão das cidades

12:40 - Ações cíveis da Lava Jato tramitam em ritmo lento

10:41 - PT e MDB também vão responder por improbidade

09:12 - Ministro do STJ nega mais um recurso de Lula para deixar prisão

Sexta, 08 de junho de 2018

15:41 - Celso de Mello libera para julgamento ação penal de Gleisi Hoffmann

13:23 - Fachin rejeita mais um habeas corpus de ex-ministro Antonio Palocci

Quinta, 07 de junho de 2018

09:00 - FHC pediu a Odebrecht doações para campanha


// leia também

Segunda, 18 de junho de 2018

17:30 - Justiça condena Marcos Valério a 16 anos e 9 meses de prisão no mensalão mineiro

17:15 - Promotoria arquiva inquérito de caixa dois na campanha de Mercadante

16:25 - Alckmin afina alianças do PSDB com PSD em jantar na casa de Kassab

16:04 - Não seria demais falar que quase tudo está errado no Brasil, diz Bolsonaro

13:30 - Cármem Lúcia assume a Presidência da República

13:18 - Alckmin diz que apoio de Temer seria honroso, mas lembra que MDB tem candidato

12:30 - Polícia Civil investiga ações do ex-senador Luiz Estevão na Papuda

11:14 - Cármen Lúcia marca para 20/6 retomada de julgamento sobre delação premiada

11:04 - Temer está no Paraguai para participar de reunião de cúpula do Mercosul

10:41 - Alvaro Dias recusa apoiar candidatura de irmão no Paraná


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 18/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 18/06/2018
4e47432e5d7c10f8cc440c97a233c10f anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Reino Unido firma pacto com empresas para reduzir uso de plástico e poluição




Logo_classifacil









Loja Virtual