Partidos pagam salários de até R$ 27 mil | Gazeta Digital

Quinta, 14 de junho de 2018, 12h30

Partidos pagam salários de até R$ 27 mil


Estadao

Presidentes e dirigentes partidários recebem das legendas salários que chegam a R$ 27,5 mil por mês. Os dados constam nas prestações de conta dos partidos, referentes ao ano passado, enviadas à Justiça Eleitoral. Esse valor é superior, por exemplo, aos vencimentos de governadores, como o de São Paulo - R$ 22,3 mil por mês.

Levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo nas contas de 35 partidos aponta que 12 legendas pagaram vencimentos a seus dirigentes no ano passado que variaram entre R$ 27,5 mil - caso do nanico PRP - e R$ 4,1 mil, como o PCB (mais informações nesta página).

A remuneração dos dirigentes partidários é permitida, seja com dinheiro público - recebido por meio do Fundo Partidário - ou privado - arrecadado em doações externas e contribuições de filiados. Em abril, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reafirmou, por maioria de votos, que os dirigentes podem ser pagos com verbas do Fundo Partidário, sem que haja necessidade de comprovação das atividades desempenhadas nas siglas.

Por lei, a direção nacional dos partidos pode gastar com funcionários até 50% da parcela que recebe do Fundo Partidário. No caso de diretórios municipais e estaduais, o limite é maior: 60%. Ministros do TSE e a Procuradoria-Geral Eleitoral, porém, têm cobrado que os partidos estabeleçam critérios transparentes de remuneração, registrados em estatutos e normas internas.

Em geral, os partidos não remuneram dirigentes que ocupam concomitantemente outros cargos eletivos. Não há nas prestações de contas registros de pagamentos para os presidentes do PSDB, o pré-candidato ao Planalto e ex-governador Geraldo Alckmin; do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PR); do PCdoB, a deputada Luciana Santos (PE); do DEM, o prefeito de Salvador, ACM Neto; e do MDB, o senador Romero Jucá (RR).

O PSD também não registra repasses a seu presidente licenciado, Gilberto Kassab, atual ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Integrantes da cúpula do partido que não possuem outros cargos são destinatários de parcelas, como a coordenadora do PSD Mulher, a ex-vice-prefeita de São Paulo Alda Marco Antônio (R$ 25 mil).

Depois do PRP, o PV é o partido que pagou o maior valor - R$ 26 mil ao ex-deputado José Luiz Penna, presidente nacional da legenda. Penna não foi localizado nesta quarta-feira, 13.

O presidente do PSB, Carlos Siqueira, que recebe até hoje R$ 25 mil, considera o valor ‘razoável‘ e pondera que poucas pessoas da Executiva Nacional recebem salário, arbitrado pela própria direção. ‘A remuneração é para quem tem dedicação exclusiva. Por um período longo em que eu era dirigente e advogava, não recebia. Não tenho emprego público e, hoje, não me sobra tempo, fica impossível eu me dedicar à minha profissão, que rendia muitíssimo mais‘, disse Siqueira.

O presidente do PDT, Carlos Lupi, confirmou receber os recursos. ‘O valor serve para cobrir diversas despesas, almoço, jantar, táxi e etc.‘ Lupi recebe R$ 12 mil do PDT, menos que o vice-presidente da legenda e pré-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes, cuja remuneração é de R$ 21,1 mil. Ambos aparecem no balanço do partido como prestadores de serviço técnico-profissional e não na folha de pessoal.

Alvo da Operação Registro Espúrio, que investiga irregularidades no Ministério do Trabalho, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, recebeu parcelas de R$ 23 mil ao longo do ano passado. Procurado, Jefferson não respondeu aos questionamentos feitos pela reportagem. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 17 de agosto de 2018

19:07 - Amoêdo defende 65 anos se aposentar e novas regras para o salário mínimo

17:21 - Bolsonaro chama de 'analfabetos' críticos das suas diretrizes de governo

15:04 - TSE publica registros e prazo para impugnar candidaturas é aberto

14:58 - TRE recebe contestação de candidatura de Dilma Rousseff em MG

14:37 - Mudança de poder com eleições pode repercutir na Lava Jato, diz Bretas

12:33 - Drag de Cuiabá lança clipe contra Jair Bolsonaro

Sexta, 10 de agosto de 2018

12:54 - Em debate presidencial morno, candidatos evitam confrontos

12:18 - Ausência do PT no debate reforça inelegibilidade de Lula, dizem analistas

Quinta, 09 de agosto de 2018

15:10 - PT confirma 'debate paralelo' com Haddad e Manuela pela internet

14:22 - Amoêdo evita falar em apoio a Bolsonaro em caso de segundo turno com o PT


// leia também

Sexta, 17 de agosto de 2018

20:04 - Após nova derrota, defesa de Lula pede liminar para garantir petista em debate

16:56 - Brasil é obrigado a garantir Lula na eleição, afirma defesa do ex-presidente

14:23 - Eduardo Cunha divulga carta nas redes sociais e defende candidatura de Lula

14:10 - Com o que fazem, Brasil era para ter dado errado há muito tempo, diz Cármen

13:57 - Comitê da ONU pede que Brasil garanta candidatura de Lula à Presidência

11:43 - Romero Jucá assume relatoria do PL das Distribuidoras em comissão do Senado

11:21 - Após fala de FHC, Alckmin grava vídeo e rejeita aliança com ?radicais?

Quinta, 16 de agosto de 2018

18:15 - Temer assina MP e diz que vai tirar Santas Casas da 'sala de emergência'

14:18 - Bolsonaro contesta registro de candidatura de Lula no TSE

13:10 - 'Faremos o que é certo', diz Barroso sobre caso Lula no TSE


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Sexta, 17/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 17/08/2018
3530ffce5712a5fc35d6534a46b49165 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Conhecer o patrimônio financeiro dos candidatos é importante?




Logo_classifacil









Loja Virtual