A bandidagem política continua | Gazeta Digital

Sexta, 23 de setembro de 2016, 00h00

A bandidagem política continua


Na quarta feira, 22 de setembro deste 2016, ano da misericórdia, como declarado pelo Papa Francisco, a Polícia Federal , por ordem do Juiz Sérgio, um dos heróis do povo brasileiro nesses tempos de corrupção que envergonha o país e rouba preciosos recursos públicos que tanto fazem falta para a saúde, a educação, a infraestrutura, a segurança pública, os esportes e lazer, os cuidados com o meio ambiente, para a reforma agrária, o saneamento básico, a defesa nacional, o desenvolvimento da ciência e a tecnologia e tantos outros setores do país, realizou a 34ª etapa da OPERAÇÃO ‘X‘ , que está a cargo da Força Tarefa, integrada pelo Ministério Público, a Polícia Federal e a Justiça Federal, em Curitiba.
Nesta operação foi preso o ex-ministro dos Governos Lula e Dilma, um dos expoentes do lulopetismo, Guido Mantega, aquele que ajudou Dilma a maquiar as contas públicas, a jogar o Brasil na crise econômica e na desorganização fiscal e orçamentária e que por diversas vezes tem sido acusado, por delatores quando investigados por praticas de corrupção. Os motivos da prisão do ex ministros e outros mais, referem-se a atuação do ex ministro em extorquir milhões de reais de empresas, via contratos fraudulentos, desviando recursos para o caixa do PT, para campanhas eleitorais recentes, inclusive para a eleição de Dilma e Temer em 2014.
Enquanto isso, em Brasília, deputados federais em uma manobra vergonhosa , enlameando ainda mais a imagem da Câmara Federal, que demorou quase um ano para cassar o mandato do seu ex presidente, Eduardo Cunha, acusado em vários processos de corrupção e outras denúncias, quase conseguiu aprovar mais uma dessas leis que anistia práticas de corrupção. Na verdade, a tentativa desses deputados era legalizar o caixa dois, livrando diversos deputados e por extensão senadores e dirigentes partidários e candidatos, eleitos ou derrotados, que usaram em passado recente dinheiro sujo, oriundo de corrupção em suas campanhas, incluindo Lula , Dilma e Temer, além de centenas de políticos.
Não bastasse esta manobra sórdida e maquiavélica, justamente no momento em que a Câmara Federal e depois o Senado, deverão estar examinando um projeto de Lei de Autoria do Ministério Público Federal, que recebeu o apoio de mais de dois milhões de assinaturas, contendo AS DEZ MEDIDAS PARA UM COMBATE MAIS EFETIVO ‘A CORRUPÇÃO. O poder dos corruptos e da corrupção ainda é tão grande, que não bastassem deputados e outros políticos defenderem o uso de dinheiro sujo nas campanhas, ainda por cima veio o Ministro da articulação política do governo Temer, que ainda tem o apoio declarado de inúmeros parlamentares federais - deputados e senadores - , Geddel Lima, declarar que caixa dois não é crime.
De pronto, para livrar-se de mais um incômodo, já que em poucos meses teve que demitir alguns ministros acusados de corrupção, o Presidente Temer, mesmo estando nos EUA, acabou desautorizando seu ministro dizendo que ‘pessoalmente‘ não acha que isso, ou seja, defender caixa dois em campanha seja bom, apesar de que a chapa Dilma/Temer está sendo investigada, no TSE, a pedido do PSDB e outros partidos, exatamente por usar dinheiro roubado da Petrobrás e da construção de hidrelétricas na última campanha eleitoral que elegeu a dupla PT/PMDB.
Enquanto isso, dezenas de deputados e senadores que constam da LISTA DO JANOT aguardam a tramitação de processos, a passos de tartaruga no STF, acusados de corrupção, mas que, graças a esta excrescência da imunidade/impunidade e foro privilegiado, continuam sendo poupados, enquanto políticos sem mandatos, gestores públicos, dirigentes de estatais, marqueteiros, doleiros e empresários corruptos tem sido investigados, condenados e presos por ordem do Juiz Sérgio Moro.
Oxalá no Brasil existissem milhares de juizes, desembargadores e ministros de tribunais superiores com a mesma coragem, determinação e celeridade em suas decisões, principalmente quando se trata de crimes de colarinho branco envolvendo os integrantes do andar de cima de nosso país, exatamente quem nos governa, mas que lamentavelmente em uma proporção alarmante estão mais próximos do banditismo de colarinho branco do que governantes preocupados com os destinos do Brasil e a sorte da população mais humilde.
Em decorrência, não causa estranheza o fato de assistirmos o noticiário dando conta de que milhões de pessoas não tem acesso ‘a saúde pública, cenas deprimentes de filas nos corredores dos hospitais, notícia de que em torno de três milhões de crianças e jovens não tem acesso ou abandonam a escola, que a violência aumenta a cada dia, mais de cem mil pessoas morrem a cada ano assassinadas e no trânsito, milhões são roubadas, assaltadas, estupradas, sequestradas. É lamentável e triste viver em um país como o Brasil e sermos governados por estes tipos de políticos.Que Deus tenha misericórdia do povo brasileiro e nos livre dos políticos, governantes, gestores públicos e empresários incompetentes e corruptos!

Juacy da Silva é professor aposentado da UFMT, mestre em sociologia, articulista de A Gazeta. Email professor.juacy@yahoo.com.br Blog http://www.professorjuacy.blogspot.com/ Twitter@profjuacy

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sexta, 10 de fevereiro de 2017

00:00 - O Brasil visto de fora

Sexta, 03 de fevereiro de 2017

00:00 - Desemprego, o drama de milhões

Sexta, 27 de janeiro de 2017

00:00 - Corrupção na ordem do dia

Sexta, 20 de janeiro de 2017

00:00 - Futuro incerto (1)

Sexta, 13 de janeiro de 2017

00:00 - Antessala do inferno 2

Sexta, 06 de janeiro de 2017

00:00 - Ante sala do inferno I

Sexta, 30 de dezembro de 2016

00:00 - Enfim, 2016 acabou!

Sexta, 23 de dezembro de 2016

00:00 - Tempo de compaixão e solidariedade

Sexta, 16 de dezembro de 2016

00:00 - Avaliação do governo Temer

Sexta, 09 de dezembro de 2016

00:00 - Unidos contra a corrupção


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 11/12/2017
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 11/12/2017
A93eb4c7313af4c52e31e9e52d3bdd37 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Segundo a mídia, houve uma melhora na economia do país




Logo_classifacil









Loja Virtual