Quinta, 07 de julho de 2016, 00h00

Alfredo da Mota Menezes

Consequências da RGA

Alfredo da Mota Menezes


Será que dá para falar que o governo Pedro Taques terá mais vantagens que desvantagens pela celeuma em torno da RGA? Greve desgasta, perdem-se votos entre funcionários e seus familiares, mas alguns fatos sugerem ganhos em outras áreas. Por partes.
Conversas estavam em andamento sobre um pacto entre governo, instituições e iniciativa privada para esse momento econômico complicado aqui e fora. O impasse e o alvoroço com a paralisação dos funcionários públicos acelerou aquelas conversas.
O agronegócio, como primeiro exemplo, concordou com o Fethab 2 ou dobrado, não houve nem a discussão ampla com a base em nove regiões do estado, como estava programado. Vai entrar mais dinheiro para o governo para investimentos. Os poderes e mais o TCE e MPE, seja com diminuição de duodécimo ou de não receberem pelo excesso de arrecadação, ajudariam nas contas estaduais também.
O governo conseguiu, em reuniões específicas, apoio do empresariado em defesa do equilíbrio fiscal e da contenção dos gastos públicos com salários.
O TCE fala em retomar os estudos sobre e Lei de Eficiência Pública. Aquela que previa colocar o estado dentro de um orçamento real. Se vier a LEP seria outro ganho.
A Assembleia Legislativa quer discutir com mais profundidade o orçamento estadual para o ano que vem. Fala-se em ir até dezembro, se necessário. Criar um orçamento correto, não uma ficção. Colocar o estado dentro do orçamento e não arrumá-lo a marretadas, como se costuma dizer. Nesse orçamento deve estar incluído a RGA do ano que vem também. Outro filhote do momento.
No lado políticos e podem ter outros ganhos. Não estava firme a base de apoio ao governo na Assembleia Legislativa. Com as votações em torno da RGA emergiu um grupo de deputados que, imagina-se, fica com o governo de agora para frente.
Emanuel Pinheiro, representando uma oposição na Assembleia, surgia como candidato viável para disputar a presidência da casa.Agora se acredita que o grupo deve ir unido para eleger alguém que pertença ao bloco formado. Outro dado da política é que o governador passou a ouvir mais gentes da política, com votos ou não. Começa a criar um grupo politico próprio. Coisa que não estava claro até agora. Na eleição para prefeitos e vereadores este grupo deve ser mais formatado já de olho na eleição de 2018.
Há também uma abertura maior do governo para a imprensa e o marketing. Quem sabe ainda a Caravana da Transformação surgiu como mais uma consequência do quente debate sobre a RGA.
Tudo podia estar sendo encaminhado, até sairia mais à frente, mas talvez possa ser dito que o rumo que tomou o caso da RGA tenha ajudado a acelerar tudo aquilo.Os sindicalistas e a oposição, sem querer, talvez tenham ajudado o governo em outras direções. Destrancaram portas novas e diferentes.

Alfredo da Mota Menezes: e-mail: pox@terra.com.br site: www.alfredomenezes
 



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quinta, 09 de fevereiro de 2017

00:00 - Assuntos polêmicos

Quinta, 02 de fevereiro de 2017

00:00 - Os culpados

Quinta, 26 de janeiro de 2017

18:10 - Que livro

Quinta, 19 de janeiro de 2017

00:00 - Crise e mortes anunciadas

Quinta, 12 de janeiro de 2017

00:00 - A Odebrecht e a esquerda regional

Quinta, 15 de dezembro de 2016

00:00 - Repense o assunto, senador

Quinta, 08 de dezembro de 2016

00:00 - Ferrovia pela Bolívia?

Quinta, 01 de dezembro de 2016

00:00 - A Cuba de Fidel

Quinta, 24 de novembro de 2016

00:00 - História

Quinta, 17 de novembro de 2016

00:00 - Assuntos da visita do Serra


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 25/03/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Sábado, 25/03/2017
2b99420555f840ade4ddda35308cfb34 anteriores




Rádios ao vivo
  • cbn
  • cbn
Indicadores Financeiros
Dólar Comercial 3,1075 -0,90%
Ouro - BM&F (à vista) 124,20 2,26%
+ veja mais
Mercado Agropecuário
Boi Gordo @ 126,00
Soja - saca 60 kg 54,54
+ veja mais
Mais Lidas Enquete

Dentro de alguns meses, a Prefeitura de Cuiabá começará a multar carros que trafegarem pela faixa exclusiva de ônibus. Na sua opinião:



Logo_classifacil