Do espinho à consolação | Gazeta Digital

Domingo, 04 de setembro de 2016, 00h00

Gonçalo Antunes de Barros Neto

Do espinho à consolação

Gonçalo Antunes de Barros Neto


Antes da filosofia, e mais especificamente da teologia, os deuses eram imortais, preocupando os devotos com a origem dos mesmos, a correspondência das divindades com a natureza, com o humano e com o que o circunda e permite viver. Com a teologia, passam a ser eternos, portanto, sem origem e sem fim.
De eternos, passou-se ao monoteísmo e, deste, para criador do que há, gerando a um dentre bilhões. No que se criou, atributos divinos não há, mas no que gerou, se igualou em essência e perfeição.
Qual o sentido disso tudo? Por que se está aqui? A criatura é um fim em si mesmo ou responde a um propósito? Ou tudo é ilusão (?), escapando dessa inquietação os ateus, portanto, menos predispostos a essa catarse.
Respondendo se ’a bem-aventurança do homem consiste nas riquezas?’, Tomás de Aquino adverte - ’deve-se dizer que, pelo dinheiro pode-se ter todas as coisas venais, mas não as espirituais, que não podem ser vendidas. Donde dizer o livro dos Provérbios: Que adianta aos estultos possuírem riquezas, não podendo comprar sabedoria?’ (Suma Teológica, vol. III, Questão 2, Artigo 1)-.
Se a bem-aventurança é um fim, e sabedores que não se começa pelo efeito, mas pela causa, esta é o que se pratica diariamente, com a vontade dirigida àquela. Até aqui, tudo coerente. O problema está na vontade, que é livre (livre arbítrio) para todos.
Muitos não se lembrarão da advertência do Filho e cada qual depositará seus tesouros em lugares diferentes (e não no céu), guiados pela vontade (tomada aqui como necessidade), que nem sempre é coerente com os ditames da bem-aventurança (coisas espirituais).
São João diz no capítulo quarto: ’Se alguém disser que ama a Deus, que não vê, e não ama seu irmão, que vê, é um mentiroso’. E alguém pode amar a riqueza e a seu irmão ao mesmo tempo, com a mesma intensidade? Se assim fosse, falar-se-ia em mais valia, em capital e trabalho, ou mesmo em incentivos fiscais?
Sempre se deve desconfiar das intenções daqueles que arrotam simpatias pelo próximo, desde que seu pirão seja garantido primeiro.
A divisão do pirão vem antes, como causa, na prática de um ser virtuoso, e a liberdade não lhe tomará como mentira, mas como coerência com o ser criado para amar e servir. Sábio por fazer cumprir, pela própria natureza dada, a perfeição como atributo Daquele que foi gerado, qual exemplo para quem dela, busca.
Como prelecionou D. Paulo Evaristo Arns, ’a sabedoria não nasce espontaneamente. Ela vai crescendo, como uma planta, e muitas vezes se transforma em árvore frutífera de grande utilidade para o ser humano e para os que se relacionam com ele’ (Da Esperança à Utopia). Faz parte das coisas espirituais, é bem-aventurança, o dinheiro não a pode comprar.
É por aí...

Gonçalo Antunes de Barros Neto escreve aos domingos em A Gazeta (email: antunesdebarros@hotmail.com).
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Domingo, 05 de fevereiro de 2017

00:00 - Dos grilhões, somente as margens dos rios

Domingo, 29 de janeiro de 2017

00:00 - Castigo e ressentimento

Domingo, 15 de janeiro de 2017

00:00 - Nem tudo se compra

Domingo, 08 de janeiro de 2017

00:00 - Eu, tu, somos eles

Domingo, 25 de dezembro de 2016

00:00 - Amizade eterna

Domingo, 11 de dezembro de 2016

00:00 - Decisão judicial

Domingo, 04 de dezembro de 2016

00:00 - Sabido ou sábio?

Domingo, 27 de novembro de 2016

00:00 - Estado e Constituição

Domingo, 20 de novembro de 2016

00:00 - Partidos políticos

Domingo, 23 de outubro de 2016

00:00 - Liberdade sem dor? Onde?


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 17/08/2017
 

GD Empregos

Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 17/08/2017
0bb695d7f5163536a21620472abd0d7a anteriores

WhatsApp




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Está em curso na Câmara dos Deputados a reforma eleitoral chamada distritão.




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual