Terça, 13 de dezembro de 2016, 08h44

EXCESSO

Juíza ameaça prender jornalistas em audiência


A juíza Selma Rosane Arruda ameaçou prender jornalistas que faziam a cobertura da audiência de instrução e julgamento da ação penal decorrente da Operação Rêmora na tarde desta segunda-feira (12).

De forma austera e num tom elevado de voz a magistrada determinou que fossem retiradas dos sites de notícias as fotografias feitas na sala de audiência mostrando o réu por corrupção e agora delator da Operação Rêmora, empresário Giovani Belatto Guizardi.

Ela deu 30 segundos para a retirada das fotografias sob pena de mandar prender os profissionais que ali estavam trabalhando.

Giovani é réu na ação penal por corrupção envolvendo cobrança de propina e fraudes em licitações da Seduc e já foi fotografado na sede do Gaeco, nos corredores do Fórum de Cuiabá e filmado recebendo propina, cujo vídeo e imagens são de conhecimento público.

Portanto, o fato de virar delator não ameniza sua situação. A proibição de fotos, por parte da juíza, feitas na sala de audiências não impede que os leitores, internautas e telespectadores saibam quem é Giovani Guizardi por meio de fotografias.

Em tempo: no momento em que as fotografias foram feitas na sala de audiências, Guizardi e seu advogado não fizeram qualquer objeção. A postura da magistrada gerou constrangimento e demonstrou desrespeito para com os profissionais da imprensa que exerciam suas funções.



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 16 de janeiro de 2017

08:21 - Alan Malouf negociaria delação premiada

Quarta, 04 de janeiro de 2017

11:32 - MPE pede nova prisão a empresário Alan Malouf

Sábado, 31 de dezembro de 2016

10:33 - Estado prorroga investigações por fraudes na Seduc

Sábado, 24 de dezembro de 2016

08:40 - Escândalo na Educação atrasa reformas de escolas estaduais

Quarta, 21 de dezembro de 2016

08:32 - Alan Malouf vai passar Natal na cadeia

08:30 - Corrupção atrasa reformas em escolas

Terça, 20 de dezembro de 2016

10:08 - Justiça revoga prisão de Fábio Frigeri

Segunda, 19 de dezembro de 2016

16:46 - Supremo nega HC a Permínio Pinto

Sexta, 16 de dezembro de 2016

17:18 - Prisão no SOE não significa delação premiada

17:11 - Gaeco queria Alan Malouf na Penitenciária Central


// leia também

Sexta, 20 de janeiro de 2017

08:56 - Conselheiro do TCE defende Moro no STF

Quinta, 19 de janeiro de 2017

16:06 - Bancada articulou emenda de R$ 156 milhões

15:46 - Walter Rabello ganha nome de Viaduto

15:40 - Ministro dá 'pito' em fotógrafo da Gazeta

15:36 - Nomeações de Emanuel desagradam PMDB

15:13 - Após AL, Taques sanciona 'lei do bolo de arroz'

Quarta, 18 de janeiro de 2017

17:58 - Cadeia lotada? Prendam o secretário

15:42 - CBF descarta Arena Pantanal e escolhe SP

11:57 - João Malheiros ganha força política em Cuiabá

11:26 - Medeiros participa de audiência com Temer


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 20/01/2017
 

WhatsApp


Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Sexta, 20/01/2017
4fa6f0aa8dc554a3a883d344d91b9b74 anteriores




Rádios ao vivo
  • cbn
  • cbn
Indicadores Financeiros
Dólar Comercial 3,2193 +0,25%
Ouro - BM&F (à vista) 125,00 +0,81%
+ veja mais
Mercado Agropecuário
Boi Gordo @ 131,00
Soja - saca 60 kg 66,50
+ veja mais
Mais Lidas Enquete

Uma lei municipal de 2016 determina que todos os assentos do transporte coletivo de Cuiabá são preferenciais para idosos, gestantes e deficientes. Você concorda com isso?



Logo_classifacil