Presidente da Câmara prevê demissão coletiva | Gazeta Digital

Terça, 12 de setembro de 2017, 13h12

pressão por R$ 6,7 mi

Presidente da Câmara prevê demissão coletiva



Justino Malheiros, presidente da Câmara

Chateado porque foi proibido pela Justiça de Mato Grosso e pelo Tribunal de Contas do Estado de utilizar os R$ 6,7 milhões repassados pelo prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB), o presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Justino Malheiros (PV) ameaça promover uma demissão coletiva. Alega que poderá demitir cerca de 400 servidores comissionados se as decisões que cancelaram a suplementação milionária forem mantidas.

O repasse extra foi feito 2 dias após a Câmara rejeitar pedido para instaurar uma CPI para investigar a conduta de Emanuel Pinheiro após exibição de um vídeo da delação do ex-governador Silval Barbosa onde Pinheiro aparece recebendo maços de dinheiro (propina) e guardando no paletó. Por isso o decreto foi contestado e invalidado pela Justiça e pelo TCE.

Malheiros diz que o repasse seria feito em 4 parcelas para equilibrar as finanças da Casa e R$ 5 milhões, seriam usada para quitar a folha de pagamento dos servidores. Agora, sem o repasse, ameaça demitir praticamente todos os comissionados. Se isso vier a ocorrer, deverão ficar apenas 80 servidores no Legislativo Cuiabano. Mas nos bastidores, há quem diga que tudo não passa de um jogo de cena para tentar comover a opinião pública e a Justiça.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 07 de novembro de 2017

15:21 - Comissão vai revisar 6 mil leis e excluir as inúteis

Segunda, 06 de novembro de 2017

17:45 - Renivaldo diz que assina CPI porque 'já está cansado'

Terça, 31 de outubro de 2017

15:55 - Juiz mantém cassação de 2 vereadores por fraude na cota de mulheres

Sexta, 27 de outubro de 2017

09:19 - Presidente da Câmara diz que antecessor aprovou duodécimo insuficiente

Terça, 24 de outubro de 2017

12:02 - Após demissões, Câmara de Cuiabá cria comissão para revisar salários

11:25 - Sessões em um único dia poupam tempo e evitam ladainhas, diz Renivaldo

Sábado, 21 de outubro de 2017

08:00 - Câmara de Cuiabá aprova lei para arquivar multas de trânsito

Sexta, 20 de outubro de 2017

18:23 - Câmara recontrata grávidas e mais 3 demitidos

Quinta, 19 de outubro de 2017

18:35 - Prefeito libera R$ 3,3 milhões em suplementação à Câmara

18:34 - Câmara de Cuiabá passa a realizar 2 sessões em apenas 1 dia da semana


// leia também

Sexta, 17 de novembro de 2017

18:15 - Jayme Campos anuncia saída do staff de Lucimar

11:17 - Adjunta da Casa Civil é intimada a devolver veículo

Quinta, 16 de novembro de 2017

20:08 - Mauro Mendes está com um pé dentro do DEM

19:46 - Jayme não deixará Fábio Garcia comandar o DEM

12:27 - Réu por corrupção vira delator e devolve 115 mil

10:44 - Blairo Maggi deixa staff de Temer até dezembro

Terça, 14 de novembro de 2017

20:48 - TJ nega pedido de Blairo Maggi para afastar juiz

19:55 - Ex-presidente de Câmara devolverá R$ 151,4 mil

13:14 - Ex-prefeito milionário parcela dívida no boleto

12:31 - Fábio Garcia está de olho na presidência do DEM


 ver todas as notícias
Cuiabá, Sábado, 18/11/2017
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 18/11/2017
89f01fd46cf172899e90ae8ec15cf338 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Que palavra melhor resume o ano de 2017 para os mato-grossenses?




Logo_classifacil









Loja Virtual