Deputado de 1º mandato, Wancley abandona política | Gazeta Digital

Quarta, 28 de fevereiro de 2018, 20h07

problemas de saúde

Deputado de 1º mandato, Wancley abandona política


Divulgação

Wancley Carvalho 

Deputado estadual de 1º mandato, Wancley Carvalho (PV), representante da região Oeste de MT, mais especificamente do município de Pontes e Lacerda, anunciou o fim de sua carreira política.

Na tribuna na Assembleia Legislativa ele informou, na noite desta quarta-feira (28), que não vai disputar a reeleição este ano. Porém concluirá o mandato e permanece legislando até dezembro deste ano.

A decisão, segundo o político, foi tomada por causa de problemas de saúde. Ele tem um cisto benigno no cérebro e descobriu que sofre de Transtorno de Ansiedade Generalizada. Já está fazendo tratamento.

Wancley é servidor estadual, lotado na função de investiador da Polícia Civil. Em Pontes e Lacerda foi vereador por dois mandatos (2008 e reeleito em 2012). Chegou na Assembleia com 19.639 mil votos conquistados nas eleições de 2014 e assumiu a função de deputado estadual em janeiro de 2015.

Confira abaixo a carta de despedida lida pelo deputado em plenário

Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé', assim escreve o apóstolo Paulo, dirigindo-se a Timóteo. Da mesma forma, tomo emprestado esse trecho para me dirigir a você que, direta ou indiretamente, fez parte da minha vida pública.

Quero compartilhar contigo, nessa breve carta, os motivos pelos quais resolvi me afastar da política e não ser candidato no pleito de 2018. Foram 10 anos da minha vida, dedicados à política. Dois mandatos como Vereador em Pontes e Lacerda e um como Deputado Estadual pelo nosso estado de Mato Grosso. Todos pelo Partido Verde, mandatos esses que cumpri e venho cumprindo com doação total.

Como uma vocação, me entrego aos compromissos em que assumo, talvez devido a essa grande entrega, que hoje me sinto cansado da atividade política e com o desejo de mudar. Talvez, também, em função dessa entrega ao trabalho desenvolvi alguns problemas de saúde que no momento estou tratando, mas que me impedem de continuar com tamanha dedicação a vida pública.

Já enfrentei grandes desafios ao longo desses 10 anos, campanhas que poucos acreditavam que ganharia, mas a vitória veio em todas as campanhas que disputei. Agora que estou no momento mais favorável para uma disputa eleitoral, pois tenho muito trabalho prestado, um ótimo grupo político, uma ótima equipe, decidi mudar, estou saindo no meu melhor momento. Mesmo aparecendo entre os primeiros conforme últimas pesquisas eleitorais, com chances reais de reeleição, decidi sair.

Na vida é necessário determinar prioridades, e nos próximos anos minha prioridade será minha família. Sou casado com a Consoelo, que além de amiga e companheira sempre soube compreender minhas ausências, por conta da atividade pública, ao longo desses anos. Fruto do nosso amor, em breve, nascerá nossa primeira filha, a Serena.

Faço opção pela minha família, com o desejo de cumprir minha nova vocação de ser pai e, agora, dedicar meu tempo à essas duas mulheres da minha vida que, mais do que nunca, precisarão de mim, da minha presença, da minha atenção integral. E, no ritmo que eu levo, no cumprimento do meu mandato, dificilmente conseguiria dar a atenção que elas merecem, além disso, irei cuidar de minha saúde.

A atividade política, em sua plenitude, não é fácil, assim como tantas outras coisas na vida. Mas com amor, fé em Deus, dedicação e muito trabalho, é possível vencer os variados obstáculos. Tenho orgulho de ser político, pois através da política é possível, de fato, fazer com que o cidadão tenha garantia de seus direitos e acesso às condições dignas de vida. A política é um instrumento de transformação.

Porém, sinto que é hora de parar, dei minha contribuição durante 10 anos, agora é hora de dar oportunidade para outras pessoas fazerem o trabalho. Da mesma maneira que tive o desejo, no passado, de entrar na política – e não tenho dúvidas que essa foi uma decisão acertada-, agora esse mesmo sentimento me invade, e me faz tomar a decisão de parar. Tenho em minha consciência de que fiz o meu melhor, buscando a excelência e perfeição.

Esse ano irei concluir o mandato de Deputado Estadual em seu mais alto nível de trabalho como sempre fiz. Minha profissão é Investigador da Polícia Judiciária Civil, terminando o mandato, retornarei a minha atividade que me orgulho tanto.

Quero aproveitar e agradecer a Deus pela oportunidade dessa maravilhosa experiência, agradecer minha família que me apoiou desde a minha decisão de entrar para a política, quando ainda era um garoto, e até neste momento da decisão de afastar da política.

Meu carinho e agradecimento à minha esposa, que gera em seu ventre o nosso maior presente. Estendo meus agradecimentos aos meus amigos que sempre estiveram comigo desde o início, com tantas e tantas dificuldades.

Meu muito obrigado ao Partido Verde, à imprensa, aos conhecidos, a minha equipe que, através dela, conseguimos realizar um trabalho de alto nível para a sociedade.

A vocês, eleitores, agradeço por cada voto de confiança que recebi ao longo desses anos. Para cada pessoa que votou e acreditou em mim, espero que tenha correspondido a expectativa, com o trabalho que desempenhei. Agradeço às autoridades dos três poderes; a toda sociedade e a você, que está lendo essa carta, me sinto muito feliz e realizado pelo carinho e atenção. É com muito respeito, sinceridade e orgulho que, junto com você, cumprimos Sou otimista, acredito nas pessoas, em nossos líderes. Por isso, sempre terei esperança no ser humano, e que nossa sociedade possa evoluir de maneira sustentável, com qualidade de vida a todos, de maneira fraterna e com justiça social.

Em respeito a você, e para continuar dando transparência às minhas ações, estou preparando um material para fazer minha prestação de contas à sociedade, ao longo desses anos.

Um forte abraço, do seu amigo e companheiro de todas as horas, WANCLEY CARVALHO.

“Isto é uma ordem: sê firme e corajoso. Não te atemorizes, não tenhas medo, porque o Senhor está contigo em qualquer parte para onde fores". (Josué, 1,9)

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 22 de junho de 2018

16:52 - Família de servidor dado como 'morto' se revolta e quer processar o MP

10:55 - Ministério Público investiga pagamentos a servidor morto há 28 anos

Quinta, 14 de junho de 2018

15:35 - Deputados aprovam criação do fundo fiscal para arrecadar R$ 183 milhões

12:21 - Deputados aprovam Fábio Calmon para presidência da Ager

09:10 - AL pediu investigação em estacionamento milionário

Terça, 12 de junho de 2018

17:53 - Estacionamento da AL foi superfaturado em R$ 16 mi

Quinta, 07 de junho de 2018

17:58 - Botelho admite boicote e Taques vence na canseira

16:08 - Ex-petista surpreende ao virar apoiador de Taques

14:58 - Atraso para aprovar contas de Taques foi pressão por emendas, admite Botelho

Quarta, 06 de junho de 2018

20:17 - Contas de Taques são aprovadas na AL; apenas 2 votam contra


// leia também

Sexta, 22 de junho de 2018

12:23 - CPIs visam neutralizar oposição na Câmara

Quinta, 21 de junho de 2018

20:07 - Veja quais deputados de MT apoiam CPI da Delação

19:38 - Radares deixam vereador na bronca com prefeita

18:05 - Restrição de foro traz dúvidas sobre os grampos

16:10 - PSD não foi convidado a compor chapa com Mendes

Quarta, 20 de junho de 2018

11:30 - Servidores aniversariantes de maio recebem 13°

Terça, 19 de junho de 2018

19:52 - Wellaton volta ser o alvo na Casa dos Horrores

18:21 - Municípios de MT recebem repasses do FMP com queda

17:50 - Centro esportivo terá nome de personal assassinado

15:59 - MP intima Chico Curvo a explicar compra de açúcar


 ver todas as notícias
Cuiabá, Sexta, 22/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 22/06/2018
Af26a0a03727faf425edeb0c3956f831 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O que os eleitores vão depositar nas urnas em outubro?




Logo_classifacil









Loja Virtual