Ministro desmembra processo e militares serão investigados em Cuiabá | Gazeta Digital

Terça, 05 de dezembro de 2017, 10h16

Grampolândia pantaneira

Ministro desmembra processo e militares serão investigados em Cuiabá

Celly Silva, repórter do GD


O ministro Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), desmembrou a petição que investiga o escândalo das interceptações telefônicas ilegais ocorridas no alto escalão do governo e da Polícia Militar de Mato Grosso. Dessa forma, somente o governador Pedro Taques (PSDB), que foi quem pediu a avocação das apurações pelo STJ, deve continuar sendo investigado em Brasília. Antes da remessa, o caso tramitava no Tribunal de Justiça, sob relatoria do desembargador Orlando Perri.

Leia também - STJ autoriza inquérito para investigar governador Pedro Taques 

Sérgio Amaral/STJ

Ministro Mauro Campbell

A decisão, proferida no dia 29 de novembro, foi publicada nesta terça-feira (5) e atende a um pedido do Ministério Público Federal (MPF) anexado ao habeas corpus do coronel Zaqueu Barbosa, que está preso desde o dia 23 de maio por envolvimento nos grampos clandestinos.

Ao mesmo tempo, o ministro também determinou a imediata devolução dos autos da ação penal nº 87031/2017 ao Juízo da 11ª Vara Criminal de Cuiabá, que trata de crimes militares, bem como de todos os incidentes a ela vinculados que foram listados pelo vice-procurador-geral da República Luciano Mariz Maia.

Tal lista ainda não foi obtida pelo Gazeta Digital, no entanto, por se tratar de Justiça Criminal, devem ser investigados na primeira instância, além de Zaqueu Barbosa, os coronéis Evandro Lesco (ex-secretário da Casa Militar), Airton Siqueira (ex-secretário de Justiça e Direitos Humanos), Carlos Eduardo Pinheiro da Silva (ex-corregedor da PM), Ronelson Jorge de Barros (ex-secretário-adjunto da Casa Militar), Januário Antônio Edwiges Batista (ex-comandante do 4º BPM), o cabo Gerson Luiz Ferreira Corrêa Júnior, os sargentos João Ricardo Soler e Euclides Luiz Torezan, o major Michel Ferronato.

Leia também - Desembargador manda prender 6 militare; 2 são secretários

Chefes da Sejudh, Sesp e mais 2 ex-secretários são presos por grampos

Conforme o Gazeta Digital divulgou na segunda-feira (4), Mauro Campbell não concedeu um habeas corpus impetrado por Zaqueu Barbosa, mantendo sua prisão. Na ocasião, a íntegra da decisão não havia sido disponibilizada. Com a publicação nesta terça-feira (5), o ministro explica que o não conhecimento se deu por conta do desmembramento.

“Assim, este Relator não detém mais competência para apreciar pedidos referentes ao procedimento que agora tramita na Justiça Militar da 1ª instância em Mato Grosso. Ante tudo quanto exposto, NÃO CONHEÇO do writ ora analisado”, diz trecho da decisão.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 15 de junho de 2018

13:14 - Governo destinará 20% do Fundo da Saúde aos hospitais filantrópicos

12:26 - Ciro Rodolpho deixa Controladoria e assume a Casa Civil

Quinta, 14 de junho de 2018

18:35 - Júlio Modesto pede demissão da Casa Civil

Quarta, 13 de junho de 2018

15:12 - TJ nega suspeição e deixa coronéis julgar ação dos grampos contra PMs

Terça, 12 de junho de 2018

16:10 - Duplicação de trecho urbano da Estrada da Chapada entra na reta final

Sexta, 08 de junho de 2018

13:10 - Governo de MT antecipa e paga todos os servidores nesta sexta-feira

13:05 - Mauro Savi é ouvido como testemunha em inquérito da 'grampolândia pantaneira'

Quarta, 06 de junho de 2018

17:04 - Bolívia autoriza voo comercial entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra

Segunda, 04 de junho de 2018

12:34 - Taques comete gafe pró-Leitão e bancada revida

10:10 - Crise entre Taques e bancada faz secretário de Aviação suspender visita a MT


// leia também

Segunda, 18 de junho de 2018

19:44 - Supremo mantém Paulo Taques preso 51 dias após operação

17:30 - Ex-deputado confirma ter recebido R$ 50 mil gravado em vídeo de delator

14:16 - PF sugere 144 novos inquéritos por delações de família Barbosa

11:15 - Emanuel diz à PF que aliado de Silval o gravou para fazer chantagem

08:29 - Juiz suspende escolta concedida à juíza Selma Arruda e não afasta Taques

08:01 - Empresário acusado de lavar dinheiro da Bereré pede liberdade no STJ

06:00 - Perícia da PF confirma mensagens apagadas do celular de Blairo após apreensão

Domingo, 17 de junho de 2018

11:40 - Metalúrgica de Alta Floresta é condenada por trabalho infantil

11:31 - Menor que trabalhava como mecânico de automóveis receberá R$ 10 mil em indenização

11:21 - Rede de supermercados é condenada em R$ 5 milhões por descumprir normas


 veja mais
Cuiabá, Terça, 19/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 19/06/2018
469cf77038290f16bf38d5b8552ee12d anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Reino Unido firma pacto com empresas para reduzir uso de plástico e poluição




Logo_classifacil









Loja Virtual