MPE denuncia casal e 2 pistoleiros por morte do prefeito de Colniza | Gazeta Digital

Sexta, 29 de dezembro de 2017, 13h32

MPE denuncia casal e 2 pistoleiros por morte do prefeito de Colniza

Celly Silva, repórter do GD


A Promotoria de Justiça de Colniza apresentou no último dia 27 denúncia contra o casal Antônio Pereira Rodrigues Neto e Yana Fois Coelho Alvarenga, Zenilton Xavier de Almeida e Welison Brito Silva pela morte do prefeito Esvandir Antônio Mendes, ocorrida no último dia 15. Assinam a denúncia os promotores de justiça Leandro Túrmina e Willian Oguido Ogama.

Reprodução

A vítima Esvandir Antônio Mendes

Consta na denúncia que anterior ao dia do assassinato do prefeito, Yana e Antônio pactuaram o crime e se associaram a Zenilton, Welison e o adolescente J.V.O.P., que utilizaram um rifle calibre 22 e um revólver calibre 38 da marca Taurus para matar Esvandir. Por sorte, saíram vivos da emboscada as vítimas Admilson Ferreira dos Santos, ex-secretário municipal; Walison Jones Machado e a primeira-dama Rosemeire Costa.

Leia também - Polícia conclui inquérito e indicia 5 por homicídio do prefeito de Colniza

Além do crime de homicídio, a denúncia também aponta os crimes de corrupção de menor, entrega de veículo automotor à pessoa não habilitada e receptação de arma de fogo roubada. O Ministério Público Estadual (MPE) também pede à Justiça que condene os acusados à reparação de danos morais e materiais à família do prefeito e à Prefeitura de Colniza.

Relembre o caso

No início da noite do dia 15 de dezembro, na rodovia BR-174, próximo ao perímetro urbano de Colniza, os denunciados Antônio, Zenilton e Welison efetuaram disparos de arma de fogo em direção à caminhonete Hillux SW4, que era ocupada pelas vítimas e que tinha o prefeito Esvandir ao volante. Além da morte do gestor, as demais vítimas ficaram feridas, tendo Admilson inclusive ficado internado.

Leia também - Acusados de matar prefeito são transferidos para cadeia de Juína

Consta na denúncia que Zenilton e Welison participaram do crime em troca de recompensa de R$ 5 mil para cada um, quantia que seria paga por Yana Fois e Antônio Pereira, que teriam agido mediante razões pessoais e políticas. Os promotores ainda atribuem a Yana a responsabilidade por dar cobertura aos atiradores. Segundo a denúncia, ela teria mandado o adolescente J.V.O.P. fosse buscar os executores com uma Hyundai HB20 branca, que já estava à disposição para este fim.  

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 03 de abril de 2018

09:09 - MP não vai negociar pena com falsa médica envolvida na morte de prefeito

Sexta, 30 de março de 2018

09:58 - 'Médica' suspeita por morte de prefeito pode negociar pena por exercício ilegal da profissão

Sexta, 23 de março de 2018

10:35 - CRM suspende registro médica envolvida no assassinato de prefeito

Sexta, 16 de março de 2018

16:09 - MPE vai exigir que falsa médica devolva salários recebidos de prefeitura

Terça, 13 de março de 2018

16:48 - MPE quer cela comum para falsa médica envolvida em morte de prefeito

Segunda, 12 de março de 2018

18:20 - Médica acusada de matar prefeito é denunciada por exercício ilegal da profissão

Quarta, 28 de fevereiro de 2018

09:43 - Celular usado por médica na prisão para atualizar redes sociais é apreendido

Terça, 27 de fevereiro de 2018

09:29 - Juiz recebe denúncia contra vereador por fraude em cassação de prefeito

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

16:55 - Juiz afasta presidente da Câmara de Colniza que tentou cassar prefeito

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

15:36 - Prefeito de Colniza denunciou que recebia ameaças de vereador antes de morrer


// leia também

Sexta, 20 de abril de 2018

17:17 - TJ autoriza protesto de R$ 5,5 mi contra cooperativa que foi presidida por Eraí

15:49 - Farmacêuticos estão proibidos de aplicar botox e outros procedimentos estéticos

15:35 - Justiça libera R$ 1,8 milhão aos trabalhadores de Hospital Regional de Sinop

12:13 - Empresário Zezo Malouf é alvo de penhora de R$ 3,6 milhões - veja fac-símile

11:15 - Wilson Santos é condenado em R$ 12 milhões e perda direitos políticos

11:00 - Investigações do Gaeco avançam em outros contratos no Detran

08:31 - Mauro Mendes sofre bloqueio de R$ 300 mil em ação por fraude em leilão

08:01 - Cidinho quer testemunha do Maranhão em ação por desvio de rendas públicas

07:43 - STF desmembra processo de Henry na Lava Jato por crimes de R$ 29 bilhões

Quinta, 19 de abril de 2018

16:39 - Funcionários decidem continuar trabalhando no Hospital Jardim Cuiabá


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 21/04/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 21/04/2018
2c5b9f564ba4b43891053024cd08f036 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Candidatos poderão arrecadar recursos para campanha em financiamento coletivo




Logo_classifacil









Loja Virtual