Silval não teme ser morto, mas mantém segurança reforçada e carro blindado | Gazeta Digital

Segunda, 22 de janeiro de 2018, 07h30

política de mt

Silval não teme ser morto, mas mantém segurança reforçada e carro blindado

Celly Silva, repórter do GD


Corrigida às 16h36 de 23/01/2018* - Durante suas idas à Controladoria-Geral do Estado (CGE) onde prestou uma série de depoimentos contra mais de 100 empresas e 40 servidores envolvidos em corrupção na sua gestão, o ex-governador Silval Barbosa negou ter medo de ameaças de morte, como forma de retaliação por sua postura de delator. “Isso é especulação. Não existe temor. Não me sinto ameaçado”, disse.

João Vieira

Ex-governador Silval Barbosa

Ele foi questionado sobre o fato de seu filho Rodrigo Barbosa, também réu em ações penais e delator na operação Sodoma 3, ter registrado no processo que iria blindar um carro por questões de segurança diante dos efeitos do acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Federal (MPF).

No entanto, minimizou o caso, dizendo que Rodrigo sempre utilizou carros blindados e ele próprio também, enquanto esteve no governo.

“Blindagem de carro ele sempre teve. Quando ele ia a São Paulo ele sempre teve carro blindado. Eu, quando estava no governo, sempre tive carro blindado, mas não é essa preocupação de quando tomei a decisão de colaborar, não”, afirmou.

Leia também - Após delação, família de Silval vende bens para cumprir acordo com MPF

Se de fato o ex-governador, acusado de ter causado um rombo de mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos de Mato Grosso, não está com medo da morte, pelo menos está precavido. Ele não sai de casa sem um segurança particular. O Toyota Corolla em que ele anda é blindado. Conforme flagrou o Gazeta Digital, os vidros do veículo têm a marca d’água de uma empresa especializada em blindagens especiais.

João Vieira

Detalhe do vidro do carro de Silval mostra a marca d'água de empresa de blindagem

O temor pela morte foi argumento utilizado pela defesa, patrocinada pelo advogado Délio Lins, para que o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), mantivesse sigilo nos termos e anexos da delação de Silval Barbosa e família, conforme foi noticiado pelo Gazeta Digital, em setembro do ano passado.

Leia também - Silval Barbosa termia ser assassinado na cadeia

No pedido, feito quando o ex-governador ainda estava preso no Centro de Custódia da Capital (CCC), o advogado afirmou que não existia por parte de Silval Barbosa “qualquer tipo de autorização no sentido de que terceiros saibam a respeito do mesmo, até porque o ora peticionário teme por sua vida no cárcere, caso sua intenção de colaborar venha a ser de conhecimento de determinadas pessoas”, destacou no processo à época.

Errata - *Correção relativa ao nome do filho do ex-governador. Erroneamente foi colocado o nome de Ricardo Barbosa, quando, na verdade, trata-se de Rodrigo Barbosa, o filho mais velho de Silval.

                  Veja vídeo em que Silval Barbosa nega medo de ameaças de morte:

                   

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 31 de julho de 2018

15:32 - Ex-deputado Alexandre César tem bens bloqueados

Quinta, 26 de julho de 2018

09:13 - Ex-deputado Dr. Azambuja vira réu e sofre bloqueio

Quinta, 19 de julho de 2018

13:46 - Juiz bloqueia R$ 1,2 milhão de deputado, mas nega afastamento

13:02 - Justiça não acha dinheiro na conta de deputado

Quarta, 04 de julho de 2018

13:55 - Silval está prestes a ser formar em Teologia

13:20 - Silval lembra que Pedro Taques herdou sua base de apoio na Assembleia - veja vídeos

07:55 - Silval lembra primos presos e diz que governo Taques está 'totalmente enlameado'

Terça, 03 de julho de 2018

16:30 - Silval cobra hombridade e diz que conselheiros deveriam delatar - veja vídeo

13:10 - Antonio Joaquim desafia PF a mostrar provas contra ele e chama Silval de 'bandido'

11:45 - Silval depõe na Controladoria sobre fraudes em contratos de R$ 42 milhões


// leia também

Terça, 14 de agosto de 2018

19:47 - MP denuncia tenente-coronel acusado de pressionar PMs a fazer sexo com ele

09:39 - Juiz mantém publicação de pesquisa favorável a Wilson Santos

Segunda, 13 de agosto de 2018

18:13 - Ex-vereador é condenado por tentar comprar sentença a favor de traficantes

16:50 - Arcanjo é absolvido de crimes e receberá R$ 80 mil de fiança

14:54 - Réu em processo dos grampos, Jarbas é promovido de nível na PJC

14:41 - TJ marca sessão para julgar Savi e Paulo Taques na Bereré

13:45 - Pleno do TRT vai analisar decisão que autorizou contagem de votos na Fiemt

10:10 - Gustavo Oliveira é eleito presidente da Fiemt após guerra de liminares

07:52 - Delegacia realiza operação na Sema e prende 3 servidores - veja vídeos

Domingo, 12 de agosto de 2018

17:20 - TJMT nega nova tentativa de impedir apuração de votos da Fiemt


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Quarta, 15/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 15/08/2018
Dcb362fa6df370b7d120182d5bfb19db anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual a sua postura nestes tempos de seca?




Logo_classifacil









Loja Virtual