Wilson Santos e Leonardo Oliveira têm prestação de contas reprovadas | Gazeta Digital

Terça, 06 de fevereiro de 2018, 10h23

eleições 2016

Wilson Santos e Leonardo Oliveira têm prestação de contas reprovadas

Celly Silva, repórter do GD


A juíza eleitoral Gabriela Carina Knaul de Albuquerque e Silva reprovou, no último dia 1º, as contas da campanha em que o secretário de Estado de Cidades Wilson Santos e o secretário-adjunto de Esportes do Estado Leonardo Oliveira (ambos do PSDB) concorreram aos cargos de prefeito e vice-prefeito de Cuiabá, em 2016.

Na decisão, a magistrada determinou a devolução de R$ 2,033 mil ao Tesouro Nacional, relativo à despesas realizadas com recursos do Fundo Partidário com comprovação, no prazo de 5 dias após o trânsito em julgado.

Chico Ferreira

Wilson Santos e Leonardo Oliveira

Conforme a juíza, a prestação de contas de Wilson Santos e de Leonardo Oliveira apresentou um saldo geral desfavorável. Ela explica que algumas das inconsistências receberam justificativa plausível e outras não apresentaram gravidade relevante.

Porém, mesmo julgando com proporcionalidade e razoabilidade, ainda restaram irregularidades “severas”, das quais ela destacou a “elevadíssima” dívida de campanha não respaldada por assunção de dívida formalmente válida, não comprovação de despesas pagas com recursos do Fundo Partidário, recebimento de doação de pessoa jurídica, utilização de recursos recebidos via transferência eletrônica, saques realizados na conta corrente e extrapolação na contratação de pessoal para a atividade de militância.

Os candidatos Wilson Santos e Leonardo Oliveira (ambos do PSDB) apresentaram os documentos referentes às contas de campanha aos cargos de prefeito e vice-prefeito, que concorreram na eleição de 2016. Mas o Ministério Público Eleitoral emitiu parecer pedindo a reprovação das contas.

Consta nos autos que não foram apresentados, no entanto, oito recibos eleitorais relativos às doações do Diretório Nacional e outros dois de doações de pessoas físicas. A juíza também registrou que os recursos próprios estimáveis em dinheiro não integram o patrimônio declarado pelo candidato por ocasião do registro de candidatura, em desconformidade com o regulamento, pois revelam indícios de utilização de recursos de origem não identificada.  

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 30 de outubro de 2016

17:45 - 'Processo eleitoral em MT começa do zero'

Domingo, 16 de outubro de 2016

11:58 - Candidatos a prefeito não podem ser presos a partir de hoje

Quarta, 05 de outubro de 2016

11:35 - Thelma fala em crescimento sustentável

Segunda, 03 de outubro de 2016

09:15 - 64 mil invalidam o voto na Grande Cuiabá

Domingo, 02 de outubro de 2016

17:30 - 52 são presos por crime eleitoral em MT

13:30 - 18 são presos por crime eleitoral em MT

Domingo, 25 de setembro de 2016

13:00 - Candidato a vereador, líder de invasores é suspeito de ter apoio do PCC

12:30 - Lei Cidade Limpa faz 10 anos com queda de multas

11:13 - Com aplicativos para celular, eleitores podem fazer denúncias de compra de votos

10:43 - Rede de Marina patina na estreia eleitoral


// leia também

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

17:04 - Raquel Dodge pede a junção das delações de Silval e familiares

10:40 - Juiz sai de processo contra delator que não devolveu R$ 17 milhões

09:03 - Eder apela contra condenação a 10 anos e 8 meses de prisão

08:35 - Promotora corre contra o tempo para garantir Arcanjo na cadeia

07:30 - STF quer desmembrar investigação contra deputado por fraude em licitações

07:20 - STF prepara julgamento de norma que livrou Fabris da prisão

07:20 - Juíza afirma que ex-defensor público Geral está procrastinando em processo

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

18:52 - Eder rebate acusação de fraude na venda de terreno de sua casa

18:04 - Empresa em que Botelho foi sócio servia apenas para receber propina, diz MPE

16:55 - Juiz afasta presidente da Câmara de Colniza que tentou cassar prefeito


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 23/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 23/02/2018
A2e8b51001c64082e6766c7843812b80 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Boa parte de Cuiabá está infestada pelo mosquito aedes aegypti




Logo_classifacil









Loja Virtual