Silval desiste de Maluf e Sérgio Ricardo como defesa em ação de R$ 148 mi | Gazeta Digital

Segunda, 26 de fevereiro de 2018, 08h40

AÇÃO DO VLT

Silval desiste de Maluf e Sérgio Ricardo como defesa em ação de R$ 148 mi

Arthur Santos da Silva, repórter do GD


O ex-governador de Mato Grosso, Silval da Cunha Barbosa, desistiu de contar com o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) e o Conselheiro afastado do Tribunal de Contas de Mato Grosso, Sérgio Ricardo de Almeida, numa ação proposta pelo Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual (MPE) buscando indenização por dano moral de R$ 148 milhões pelos prejuízos e transtornos causados pelas obras inacabadas do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

A ação conjunta do MPF e MPE busca a responsabilização pessoal do ex-governador, do ex-secretário extraordinário da Copa, Maurício Guimarães, e das empresas que formam o Consórcio VLT Cuiabá - CR Almeida S/A Engenharia de Obras, CAF Brasil Indústria e Comércio S/A, Santa Bárbara Construções S/A, Magna Engenharia Ltda e Astep Engenharia Ltda.

Maluf e Sérgio Ricardo Ricardo eram nomes vinculados como testemunhas de defasa na estratégia traçada pelo ex-governador antes da delação premiada. Também foram descartadas as oitivas de Marleide de Oliveira Carvalho, Orlando Silva de Jesus Junior e José Aldo Rebelo de Figueiredo.

Na ação, os ministério Público assinala três prazos irresponsavelmente anunciados para a conclusão da obra, que começou no segundo semestre de 2012 para a construção dos 22 km de trilhos, 33 estações, pátios de manobra entre as cidades de Cuiabá e Várzea Grande (MT).

Apresentado como um projeto moderno e com a promessa de redesenhar o tráfego nas principais avenidas de Cuiabá e de Várzea Grande, melhorar a qualidade e segurança no trânsito entre as duas maiores cidades mato-grossenses ao custo de R$ 1,47 bilhão, o VLT ainda está longe de entrar em funcionamento.

O valor do pedido de condenação foi calculado levando em conta seis requisitos: a gravidade da lesão, o poder econômico dos envolvidos, o eventual proveito obtido, a reprovabilidade da conduta, o prejuízo causado e a vulnerabilidade dos cidadãos, alcançando patamar de cerca de R$ 148 milhões.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 11 de junho de 2018

13:15 - Silval depõe na Justiça Federal e nega fraudes na licitação do VLT - veja vídeo

Quarta, 06 de junho de 2018

15:00 - Silval sugere que Taques seja processado por atrasos em obras - veja vídeo

Quinta, 08 de março de 2018

09:05 - Tribunal de Contas da União determina auditoria no contrato do VLT

Terça, 06 de março de 2018

11:39 - Silval Barbosa e Maurício Guimarães depõem sobre fraudes no VLT

Quinta, 01 de março de 2018

15:33 - CGE intima empresas citadas por Silval Barbosa em fraudes e propina do VLT

Sexta, 09 de fevereiro de 2018

11:30 - Em meio à briga judicial, Estado vai retomar edital para concluir o VLT

Terça, 06 de fevereiro de 2018

15:53 - Governo mantém rescisão unilateral com o Consórcio VLT

Quinta, 25 de janeiro de 2018

14:04 - Decisão do TJ não muda situação do empacado VLT

Terça, 23 de janeiro de 2018

13:06 - Desembargadora anula rescisão de contrato entre Estado e Consórcio VLT

Quarta, 10 de janeiro de 2018

15:14 - Comissão tem 60 dias para elaborar edital para retomada do VLT


// leia também

Sexta, 22 de junho de 2018

07:35 - Índias suspeitas de enterrar bebê vivo vão usar tornozeleiras

Quinta, 21 de junho de 2018

10:18 - STJ nega liberdade a empresário acusado de lavar dinheiro da Bereré

07:14 - Juiz da 7ª Vara fica com ação contra Maggi por compra de vaga no TCE

Quarta, 20 de junho de 2018

18:14 - TJ nega liberdade a acusado de desviar R$ 23 milhões de cooperativa

16:55 - Eder Moraes tacha delação de Silval como 'sorrateira' e forjada com aliado

13:39 - Juiz nega pedido para João Arcanjo visitar shopping

13:35 - Governador diz confiar no Judiciário e não comenta prisão de Paulo Taques

11:19 - TCE mantém suspensa licitação de R$ 202 milhões para construir pontes

09:17 - Ministra cita criação artificial de provas para manter Paulo Taques preso

08:07 - Juiz se mantém em ação e vê possível crime de arapongagem cometido por Selma


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 22/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 22/06/2018
Af26a0a03727faf425edeb0c3956f831 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O que os eleitores vão depositar nas urnas em outubro?




Logo_classifacil









Loja Virtual