Silval Barbosa e Maurício Guimarães depõem sobre fraudes no VLT | Gazeta Digital

Terça, 06 de março de 2018, 11h39

justiça federal

Silval Barbosa e Maurício Guimarães depõem sobre fraudes no VLT

Celly Silva, repórter do GD


O juiz Ciro José de Andrade Arapiraca, da 1ª Vara Federal de Mato Grosso, conduz na tarde desta terça-feira (6) audiência de instrução e julgamento referente à ação civil pública em que o Ministério Público Federal (MPF) pede reparação dos danos causados aos cofres públicos por conta das obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Na ocasião, serão ouvidos o ex-governador Silval Barbosa e o ex-secretário extraordinário das Obras da Copa Maurício Guimarães, ambos na condição de réu.

Marcus Vaillant

Silval Barbosa e seu ex-secretário na época das obras da Copa

O diferencial no caso de Silval é que ele também é delator premiado desde o ano passado. Suas declarações a respeito de esquemas de propinas levaram a Polícia Federal a deflagrar, em agosto do ano passado, a operação Descarrilho contra políticos e empresários de 5 estados.

Também são réus na ação as empresas responsáveis pelas obras do modal: Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande, que é composta pela CR Almeida S.A Engenharia de Obras, CAF Brasil Indústria e Comércio S.A, Santa Bárbara Construções S.A, Magna Engenharia Ltda e Astep Engenharia Ltda.

Ainda há outros depoimentos marcados para ocorrerem ao longo do mês, tanto presenciais quanto por carta precatória, no caso de quem mora fora da comarca. Para quarta-feira (7), o juiz determinou a oitiva de Cid José Andreucci, representante legal do Consórcio VLT. Ele será ouvido na seção judiciária do Paraná, em Curitiba, e suas declarações complementarão o depoimento de um representante da CR Almeida, também de Curitiba.

Também está agendada audiência no dia 23 deste mês, às 13 horas, para interrogatório do representante da empresa Santa Bárbara Construções S.A, Djaniro Silva e do ex-coordenador do Grupo de Trabalho de Mobilidde Urbana da Secopa Rafael Detoni. Ao mesmo tempo, direto da seção judiciária do Rio de Janeiro, será ouvido por videoconferência o engenheiro civil Jonathan de Almeida Nery, arrolado pelo MPF.

 

Desistências

Até o mês passado, estavam previstas as oitivas do deputado estadual Guilherme Maluf, do conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Sérgio Ricardo de Almeida, dos ex-ministros dos Esportes Aldo Rebelo (PSB) e Orlando Silva (PC do B) e da presidente da Associação dos Usuários de Transporte Coletivo do Estado de Mato Grosso (Assut). Marleide de Oliveira Carvalho.

Todos eles haviam sido arrolados pela defesa do ex-governador Silval Barbosa, que acabou desistindo de seus depoimentos, o que foi acatado pelo juiz. No caso dos ex-ministros do governo Dilma Rousseff, eles seriam ouvidos por videoconferência, direto do Rio de Janeiro, no dia 23 de março.  

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 11 de junho de 2018

13:15 - Silval depõe na Justiça Federal e nega fraudes na licitação do VLT - veja vídeo

Quarta, 06 de junho de 2018

15:00 - Silval sugere que Taques seja processado por atrasos em obras - veja vídeo

Quinta, 08 de março de 2018

09:05 - Tribunal de Contas da União determina auditoria no contrato do VLT

Quinta, 01 de março de 2018

15:33 - CGE intima empresas citadas por Silval Barbosa em fraudes e propina do VLT

Segunda, 26 de fevereiro de 2018

08:40 - Silval desiste de Maluf e Sérgio Ricardo como defesa em ação de R$ 148 mi

Sexta, 09 de fevereiro de 2018

11:30 - Em meio à briga judicial, Estado vai retomar edital para concluir o VLT

Terça, 06 de fevereiro de 2018

15:53 - Governo mantém rescisão unilateral com o Consórcio VLT

Quinta, 25 de janeiro de 2018

14:04 - Decisão do TJ não muda situação do empacado VLT

Terça, 23 de janeiro de 2018

13:06 - Desembargadora anula rescisão de contrato entre Estado e Consórcio VLT

Quarta, 10 de janeiro de 2018

15:14 - Comissão tem 60 dias para elaborar edital para retomada do VLT


// leia também

Sexta, 22 de junho de 2018

16:52 - Família de servidor dado como 'morto' se revolta e quer processar o MP

16:25 - Pressionados, procuradores ingressam com 4º pedido por liberdade de Savi

12:00 - Após anunciar desistência, conselheiro tenta liberar aposentadoria

10:55 - Ministério Público investiga pagamentos a servidor morto há 28 anos

07:35 - Índias suspeitas de enterrar bebê vivo vão usar tornozeleiras

Quinta, 21 de junho de 2018

10:18 - STJ nega liberdade a empresário acusado de lavar dinheiro da Bereré

07:14 - Juiz da 7ª Vara fica com ação contra Maggi por compra de vaga no TCE

Quarta, 20 de junho de 2018

18:14 - TJ nega liberdade a acusado de desviar R$ 23 milhões de cooperativa

16:55 - Eder Moraes tacha delação de Silval como 'sorrateira' e forjada com aliado

13:39 - Juiz nega pedido para João Arcanjo visitar shopping


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 22/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 22/06/2018
Af26a0a03727faf425edeb0c3956f831 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O que os eleitores vão depositar nas urnas em outubro?




Logo_classifacil









Loja Virtual