Savi dividia propina até com Paulo Taques, diz Riva à Polícia | Gazeta Digital

Quinta, 08 de março de 2018, 06h00

operação beberé

Savi dividia propina até com Paulo Taques, diz Riva à Polícia

Gláucio Nogueira, repórter de A Gazeta


Assessoria da AL//MT

Savi e Riva, nos tempos da Assembleia Legislativa

O ex-deputado José Riva afirmou à Polícia Civil que teria ouvido do deputado Mauro Savi (PSB) a informação que o parlamentar dividia o dinheiro da propina oriunda do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MT).

Aos delegados que atuam nas investigações da Operação Bereré, o ex-presidente da Assembleia Legislativa relatou que Savi lhe contou que o rateio incluía o atual chefe do Legislativo, Eduardo Botelho (PSB), o ex-deputado federal Pedro Henry e o advogado e ex-secretário de Estado Paulo Taques. Savi, Botelho e Taques negam o fato. A reportagem não conseguiu localizar Henry.

Riva foi ouvido no dia 22 de fevereiro pelos delegados Márcio Moreno Vera e Alexandra Fachone, que trabalham na Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz). O ex-deputado foi convidado a depor na condição de testemunha e não figura entre os investigados do esquema de cobrança de propina em um contrato firmado em 2009 pela EIG Mercados (antiga FDL) com a autarquia.

Riva afirmou que em 2010 foi procurado por Savi, que teria revelado a ele sua participação em um esquema de propinas no Detran. O parlamentar teria oferecido uma parte no “negócio” para Riva, que alegou aos delegados não ter se interessado e nem procurado novamente por Savi para avançar na concretização dos repasses.

Otmar de Oliveira

Paulo Taques foi citado por Riva

Já em 2014, ao ser novamente procurado por Savi, que teria pedido ao hoje ex-deputado dinheiro para financiar sua campanha, Riva negou a ajuda. O argumento usado foi o de que Savi “já recebia muitas propinas do Detran”.

Em resposta, Savi teria dito que “as propinas do Detran não ficavam só para ele, eis que tinha que dividi-la com Pedro Henry, Eduardo Botelho e até para Paulo Taques”.

Chico Ferreira

Atual presidente da AL, Eduardo Botelho, também teria dividido propina com Savi

A existência do suposto esquema foi revelada no dia 19 de fevereiro, com a deflagração da Operação Bereré, pela Polícia Civil e Ministério Público Estadual. Até o momento, 49 pessoas figuram na condição de investigadas e a Justiça determinou o bloqueio de R$ 27,7 milhões dos suspeitos, montante que os responsáveis pela investigação acreditam terem sido desviados.

Outro lado

Chico Ferreira

Outro beneficiário do esquema seria o ex-deputado Pedro Henry

Mauro Savi negou ser beneficiário de esquema bem como que tenha mantido tal conversa com Riva. Destacou que irá se pronunciar no âmbito do inquérito, quando ele for instaurado. Já Paulo Taques, ao negar a acusação, afirmou que, na época, sequer conhecia Savi.

“O Senhor Riva está mentindo e deve estar confuso com tantos fatos criminosos para se lembrar”, disse. Por fim, Eduardo Botelho, que também negou ser beneficiário da suposta propina, disse que Riva “falou besteira”. A reportagem não localizou Pedro Henry. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 15 de junho de 2018

16:03 - Ministra do STJ nega mais um pedido de liberdade ao deputado Mauro Savi

10:38 - Ministra do STJ mantém prisão do ex-secretário Paulo Taques

08:05 - Assembleia suprime instância para tentar soltar deputado Mauro Savi

07:41 - Irmãos Taques pedem que ministra reavalie necessidade de prisões

Quinta, 14 de junho de 2018

17:29 - Tribunal de Justiça nega recurso e mantém prisão de Mauro Savi

13:55 - TJ retoma julgamento sobre prisão do deputado Mauro Savi - acompanhe

08:09 - Deputado Mauro Savi cita colega Gilmar Fabris para sair da cadeia

06:30 - EIG demite 120 funcionários do Detran após governo atrasar salários

Quarta, 13 de junho de 2018

09:23 - Desembargadores retomam julgamento que tenta 'sustar' prisão de Savi

Terça, 12 de junho de 2018

11:00 - Nome de Mauro Savi nem é citado em reunião do DEM


// leia também

Domingo, 17 de junho de 2018

11:40 - Metalúrgica de Alta Floresta é condenada por trabalho infantil

11:31 - Menor que trabalhava como mecânico de automóveis receberá R$ 10 mil em indenização

11:21 - Rede de supermercados é condenada em R$ 5 milhões por descumprir normas

11:19 - Ex-gerente consegue rescisão indireta após excesso em cobrança de metas

10:51 - Estado não pode transferir recursos aos municípios a partir de 7 de julho

10:45 - MP recomenda que empresas informem contratação de painéis publicitários

Sexta, 15 de junho de 2018

13:30 - Quatro anos após ameaças, procuradores da Ararath ainda vivem sob escolta

11:39 - Vereador aciona Selma e Pedro Taques para revogar escolta

09:59 - João Emanuel e família atrasam processo e podem ser penalizados pela OAB

09:30 - Ex-cabo Hércules Agostinho sofre outra condenação e soma 216 anos de prisão


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 17/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 17/06/2018
06e60112abf039588e79d3613d6ca555 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Canarinho Pistola, mascote da seleção brasileira, foi vetado dos jogos da Copa




Logo_classifacil









Loja Virtual