Juíza condena membros do CV que usavam drone para levar celular a presidio | Gazeta Digital

Quinta, 08 de março de 2018, 11h00

Juíza condena membros do CV que usavam drone para levar celular a presidio

Arthur Santos da Silva, repórter do GD


Membros do Comando Vermelho em Mato Grosso (CV-MT) foram condenados por promoverem a entrada de aparelhos celulares na Penitenciária Central do Estado com a utilização de drone. A decisão foi estabelecida pela Juíza Selma Arruda, da Sétima Vara Criminal, no dia 1º de março.

Marcus Vaillant

Thiago Antonio Leite Pinheiro pegou 3 anos e 6 meses. Ricardo de Barros Del Barco Junior foi sentenciado em 4 anos e 6 meses. Jonas Gonçalves Junior foi condenado em 5 meses.

O crime ocorreu no dia 10 de fevereiro de 2017, no período da tarde. Na ocasião, os denunciados foram flagrados no interior de um veículo modelo Gol, nas redondezas da penitenciária, na posse de um drone que minutos antes foi visto saindo das dependências do estabelecimento prisional. Junto com o equipamento, foram encontrados mais cinco celulares embalados em fita adesiva.

No momento do flagrante, um dos acusados revelou que o drone já havia levado outros três celulares para o interior da PCE. Foram encontrados, em sua residência, 15 carregadores da marca LG, contudo, os aparelhos celulares já não estavam no local.

Em diligências posteriores, a polícia identificou como destinatário dos aparelhos celulares, o detento Jonas Gonçalves Júnior, que inclusive já havia sido denunciado por ser integrante do Comando Vermelho em Mato Grosso.

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quarta, 20 de junho de 2018

18:14 - TJ nega liberdade a acusado de desviar R$ 23 milhões de cooperativa

16:55 - Eder Moraes tacha delação de Silval como 'sorrateira' e forjada com aliado

13:39 - Juiz nega pedido para João Arcanjo visitar shopping

13:35 - Governador diz confiar no Judiciário e não comenta prisão de Paulo Taques

11:19 - TCE mantém suspensa licitação de R$ 202 milhões para construir pontes

09:17 - Ministra cita criação artificial de provas para manter Paulo Taques preso

08:07 - Juiz se mantém em ação e vê possível crime de arapongagem cometido por Selma

07:10 - José Riva e Humberto Bosaipo viram réus por fraude de R$ 2,2 milhões

Terça, 19 de junho de 2018

15:23 - Justiça manda supermercado indenizar mulher que teve intoxicação com torta

14:00 - Juíza dá prazo para produção de provas contra Wilson Santos


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 20/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 20/06/2018
845f3eba647f5498546cb197c3e58484 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual o futuro de Neymar nessa Copa do Mundo?




Logo_classifacil









Loja Virtual