MPE quer cela comum para falsa médica envolvida em morte de prefeito | Gazeta Digital

Terça, 13 de março de 2018, 16h48

MPE quer cela comum para falsa médica envolvida em morte de prefeito

Clênia Goreth, repórter do MPE


O Ministério Público do Estado de Mato Grosso requereu nesta terça-feira (13) que a acusada Yana Fois Alvarenga Coelho, denunciada por exercício ilegal da Medicina e por participação no homicídio do ex-prefeito de Colniza, perca o direito a prisão especial na Penitenciária Ana Maria do Couto May. O pedido é para que a detenta seja recolhida nas mesmas dependências das demais recuperandas, sem qualquer distinção, já que não possui curso superior.

Reprodução

Yana Fois

De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público na sexta-feira (9), a acusada exercia a profissão de médica sem autorização legal. Foi apurado que, entre os anos de 2006 a 2007, a denunciada usou documento público falso para obter a transferência do curso de Medicina oferecido pelo InstitutoTocantinense Presidente Antônio Carlos Ltda para a Universidade de Iguaçu (UNIG), no Estado do Rio de Janeiro.

Leia também - Médica acusada de matar prefeito é denunciada por exercício ilegal da profissão

Durante as investigações, o MPE teve acesso a ofícios expedidos pelo Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos Ltda, em julho de 2007, informando à Universidade de Iguaçu (UNIG) que os documentos utilizados pela referida acadêmica para efetivar a transferência foram adulterados grosseiramente. Além de ter sido reprovada em quase todas as disciplinas do curso, consta na denúncia que ela havia desistido da graduação antes de se transferir para o Estado do Rio de Janeiro.

Ainda, segundo o MPE, em março de 2008,o Reitor da Universidade de Iguaçu expediu Portaria, confirmando a desconstituição de colação de grau de Yana Fois Coelho, com a consequente invalidação do Diploma de médica. O fato foi, inclusive, comunicado ao Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 07 de junho de 2018

08:55 - Juiz marca audiência por morte de prefeito de Colniza e desmembra processo

Sexta, 06 de abril de 2018

11:36 - STJ mantém pedido de prisão contra empresário foragido em ação da Chacina de Colniza

Terça, 03 de abril de 2018

09:09 - MP não vai negociar pena com falsa médica envolvida na morte de prefeito

Sexta, 30 de março de 2018

09:58 - 'Médica' suspeita por morte de prefeito pode negociar pena por exercício ilegal da profissão

Sexta, 23 de março de 2018

10:35 - CRM suspende registro médica envolvida no assassinato de prefeito

Sexta, 16 de março de 2018

16:09 - MPE vai exigir que falsa médica devolva salários recebidos de prefeitura

Segunda, 12 de março de 2018

18:20 - Médica acusada de matar prefeito é denunciada por exercício ilegal da profissão

Quarta, 28 de fevereiro de 2018

09:43 - Celular usado por médica na prisão para atualizar redes sociais é apreendido

Terça, 27 de fevereiro de 2018

09:29 - Juiz recebe denúncia contra vereador por fraude em cassação de prefeito

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

16:55 - Juiz afasta presidente da Câmara de Colniza que tentou cassar prefeito


// leia também

Domingo, 24 de junho de 2018

08:00 - Silval diz que relatórios do TCE na Copa foram usados para chantagem - veja vídeo

Sábado, 23 de junho de 2018

08:20 - Ex-deputado nega propina, mas não explica dinheiro que recebeu e guardou em pasta

Sexta, 22 de junho de 2018

16:52 - Família de servidor dado como 'morto' se revolta e quer processar o MP

16:25 - Pressionados, procuradores ingressam com 4º pedido por liberdade de Savi

12:00 - Após anunciar desistência, conselheiro tenta liberar aposentadoria

10:55 - Ministério Público investiga pagamentos a servidor morto há 28 anos

07:35 - Índias suspeitas de enterrar bebê vivo vão usar tornozeleiras

Quinta, 21 de junho de 2018

10:18 - STJ nega liberdade a empresário acusado de lavar dinheiro da Bereré

07:14 - Juiz da 7ª Vara fica com ação contra Maggi por compra de vaga no TCE

Quarta, 20 de junho de 2018

18:14 - TJ nega liberdade a acusado de desviar R$ 23 milhões de cooperativa


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 24/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 24/06/2018
264aa11e3277d28a72d32c9ea77980c2 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual sua opinião sobre o comportamento dos brasileiros fora do Brasil?




Logo_classifacil









Loja Virtual