TJ adia novamente julgamento contra o juiz Flávio Miraglia | Gazeta Digital

Quinta, 09 de agosto de 2018, 16h59

pedido de vista

TJ adia novamente julgamento contra o juiz Flávio Miraglia

Celly Silva, repórter do GD


Após cerca de 7 horas proferindo seu voto-vista no processo administrativo contra o juiz Flávio Miraglia Fernandes, o desembargador Orlando de Almeida Perri votou pela absolvição do magistrado, acusado de cometer desvios funcionais e uma série de irregularidades enquanto era o responsável pela 1ª Vara Cível de Cuiabá, responsável por julgar pedidos de recuperações judiciais e falências de empresas. Com o voto de Perri, já são 7 votos pela absolvição.

Marcus Vaillant

Juiz Flávio Miraglia

Apesar disso, o julgamento, que pode levar à aposentadoria compulsória de Miraglia e já conta com 13 votos nesse sentido, foi novamente adiado para setembro, uma vez que o desembargador José Zuquim Nogueira pediu vistas dos autos.

As manifestações ocorreram na sessão do Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), nesta quinta-feira (9). Ainda faltam votar no processo os desembargadores José Zuquim, Rui Ramos e Pedro Sakamoto.

O processo contra Flávio Miraglia foi instaurado em 2016. Ele foi afastado da Vara de Recuperação Judicial e Falência e passou a atuar na 12ª Vara Criminal de Cuiabá desde então.

PAD

A abertura do PAD contra o juiz foi autorizada no dia 12 de maio do ano passado pelo Pleno do Tribunal de Justiça. À ocasião, os desembargadores, por unanimidade, decidiram pela abertura do processo administrativo.

Flávio Miraglia foi acusado de “vender sentenças judiciais” pelo produtor rural Gilberto Eglair Possamai, que tenta tomar posse de uma fazenda arrematada por ele que pertencia ao grupo econômico de José Osmar Borges. As decisões proferidas, segundo Possamai, estariam beneficiando os arrendatários e subarrendatários.

Em outro polêmico processo de falência relativo a Olvepar Indústria e Comércio, decretada em agosto de 2002, o juiz Miraglia também proferiu decisões que são alvos de questionamentos e contestações.
A empresa deixou de honrar dívidas avaliadas hoje em R$ 300 milhões e depois de mais de uma década da falência, credores ainda tentam receber pagamentos pendentes. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 10 de agosto de 2018

13:40 - Desembargadores trocam ofensas durante julgamento de PAD contra juiz - veja vídeo

Quinta, 14 de junho de 2018

16:03 - TJ volta adiar julgamento contra o juiz Flávio Miraglia

Quarta, 07 de março de 2018

09:05 - Tribunal julga sindicância contra Selma e juiz acusado de fraudar processo

Quinta, 14 de dezembro de 2017

17:35 - Oito desembargadores votam pela aposentadoria compulsória de juiz

Sexta, 27 de outubro de 2017

11:11 - Cinco desembargadores votam para condenar juiz, mas julgamento é adiado

Quinta, 13 de julho de 2017

14:48 - Juiz suspeito de vender sentenças é intimado a se defender em PAD

Segunda, 12 de setembro de 2016

16:06 - Presidente do TJ instaura PAD contra juiz Flávio Miraglia

Quinta, 12 de maio de 2016

15:37 - TJ instaura PAD, mas não afasta juiz Flávio Miraglia

Quinta, 28 de abril de 2016

14:38 - 16 magistrados votam para afastar juiz Flávio Miraglia


// leia também

Quarta, 15 de agosto de 2018

15:55 - MPF instaura inquérito para apurar atraso de repasse da saúde na gestão Taques

15:24 - Juiz impede Taques de fazer propaganda do 'Pró-família' durante campanha

13:36 - STF mantém apreensão para recuperar mensagens em celular de Maggi

13:06 - PF repassa 9 depoimentos em investigação contra Ezequiel Fonseca

10:48 - MP denuncia Dr. Bumbum e mais 3 por homicídio após morte de bancária

10:10 - José Medeiros consegue liminar no TSE e continua senador

09:05 - STF espera por parecer para decidir sobre liberdade de Paulo Taques e Savi

Terça, 14 de agosto de 2018

19:47 - MP denuncia tenente-coronel acusado de pressionar PMs a fazer sexo com ele

09:39 - Juiz mantém publicação de pesquisa favorável a Wilson Santos

Segunda, 13 de agosto de 2018

18:13 - Ex-vereador é condenado por tentar comprar sentença a favor de traficantes


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Quarta, 15/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 15/08/2018
Dcb362fa6df370b7d120182d5bfb19db anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual sua opinião sobre os debates com candidatos na TV e rádio?




Logo_classifacil









Loja Virtual