Taques garante independência da AL e quer relatório aprovado | Gazeta Digital

Quinta, 20 de abril de 2017, 19h17

' fazer seu papel'

Taques garante independência da AL e quer relatório aprovado

Karine Miranda, repórter do GD


O governador Pedro Taques (PSDB) garantiu nesta quinta-feira (20) que não houve interferência do Executivo para mudanças no relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Obras da Copa e disse que quer o documento aprovado. O relatório deve ser votado no próximo dia 25.

Segundo Taques, o relatório não prejudica a retomada e conclusão do VLT, pois o novo acordo para a continuidade das obras do modal está sendo analisado pelo Ministério Público Estadual e Federal.

O novo acordo prevê que o Estado pague mais R$ 922 milhões para a conclusão da obra do modal de transporte e ainda precisa ser homologado pela Justiça Federal.

Divulgação

Taques garante independência da AL e quer relatório aprovado 

“A CPI é muito importante. Tem que investigar mesmo. Tem que aprovar o que precisa ser aprovado lá. O nosso trabalho feito pela Controladoria, pela Procuradoria e pela Secretaria de Cidades foi entregue ao Ministério Publico Estadual e Federal e protocolado na Justiça Federal”, afirmou durante a cerimônia de posse de auditores do Estado. 

Ainda de acordo com Taques, o trabalho da CPI deveria ter sido realizado durante a gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), de modo a evitar prejuízos para o Estado.

“Cabe à Assembleia fazer o papel dela. Eu serei o último governador a querer me imiscuir no trabalho e na independência da Assembleia. Que bom que está fazendo, porque se tivesse feito no passado estaria bem melhor”, afirmou.

O relatório final da CPI das Obras da Copa apontou a existência de fraudes, descumprimento de contratos, superfaturamento, pagamentos indevidos e má qualidade dos serviços já realizados.

Além disso, o documento apontou a necessidade de devolução, por parte do Consórcio VLT, de R$ 315 milhões, por suposto superfaturamento das obras, bem como o descumprimento do cronograma proposto para a execução das obras, que já custou R$ 1 bilhão.



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 24 de abril de 2017

08:52 - Governo promove mais uma edição da Expedição Pró-Estradas

Terça, 18 de abril de 2017

10:21 - Taques evita a imprensa em posse no TRE

Sábado, 15 de abril de 2017

15:18 - Taques é flagrado em SP com uma loira - Veja foto

Sábado, 08 de abril de 2017

13:58 - Taques anuncia retomada de obras do COT da UFMT

10:35 - Governador vistoria duplicações das estradas da Chapada e da Guia

Quinta, 06 de abril de 2017

10:35 - MT recebe fórum dos governadores do Brasil Central

Quinta, 30 de março de 2017

17:48 - Taques avalia adotar regras da previdência de Temer

09:24 - Qualidade da carne de Mato Grosso será comprovada em Showcase

Terça, 28 de março de 2017

17:55 - Taques anuncia investimentos de R$ 34 milhões nos municípios

09:39 - Taques vai a Brasília discutir VLT e emendas para a saúde


// leia também

Segunda, 26 de junho de 2017

19:39 - 'Fui testemunha de um crime', diz secretário sobre PMs presos

13:28 - Com Valtenir era traição todos os dias, diz Taques

11:30 - Cúpula do PSB se reúne sem Valtenir e planeja detalhes de debandada

10:30 - Embate entre Estado e Ipas expõe problemas na gestão da saúde

09:10 - Deputado propõe a volta da Loteria MT como alternativa para a saúde

08:34 - Valtenir promete reposicionar PSB e quer novas filiações

Domingo, 25 de junho de 2017

09:30 - Fagundes aponta risco do Estado perder R$ 82 milhões da saúde

09:10 - Valtenir Pereira critica 'traições à trajetória do PSB'

08:00 - Deputado quer proibir apreensão de veículos com documentos não pagos

Sábado, 24 de junho de 2017

10:40 - Ciro Gomes articula nome para eleição em Mato Grosso


 veja mais
Cuiabá, Terça, 27/06/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 27/06/2017
Dddff6c44661c0b0079161a551188933 anteriores




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Tramita no Senado projeto de lei que concede prioridade para pessoas acima de 80 anos em relação aos demais idosos.




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual