AL vota projeto que prevê desconto no salário de deputado faltoso | Gazeta Digital

Quarta, 10 de maio de 2017, 17h19

DEPUTADOS FALTOSOS

AL vota projeto que prevê desconto no salário de deputado faltoso

Welington Sabino, repórter do GD


Chico Ferreira

Oscar Bezerra é o autor de projeto que prevê desconto no salário de deputado faltoso

Após ficar 2 anos parado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o projeto de resolução de autoria do deputado Oscar Bezerra (PSB) que prevê punição com desconto no salário dos parlamentares faltosos volta a tramitar nas comissões internas e com previsão de entrar na pauta de votação da próxima semana.

Atualmente, o salário de um deputado estadual é R$ 25,3 mil e pela proposta de Oscar, a cada falta numa sessão ordinária o parlamentar terá descontado o valor de 1/30 do subsídio, ou seja R$ 843. O deputado Gilmar Fabris (PSD), pediu vistas do projeto e terá 5 dias para devolve-lo à mesa diretora.

Ao discursar na Tribuna na sessão desta quarta-feira, o socialista chegou a sugerir que poderá, propor uma alteração no projeto para incluir uma cláusula de cassação de mandato do deputado que somar mais de 30% de faltas nas sessões. No entanto, essa possibilidade, por enquanto, ficou apenas no discurso, pois no texto do projeto de resolução número 75 não prevê essa punição.

Na próxima semana o projeto deverá receber a primeira votação, em seguida ser enviado para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) para parecer favorável ou não. Após isso, deverá passar pela segunda votação em Plenário e ser enviado ao governador Pedro Taques para sancionar ou vetar.

A proposta foi lida em maio de 2015, mas somente nesta quarta-feira entrou em discussão, ocasião em que o autor, Oscar Bezerra, defendeu a sua aprovação, “É um absurdo que todo trabalhador tenha descontado em seu salário suas faltas e os deputados não. É difícil não ter quorum suficiente para votarmos as proposições quase que toda semana. Com a medida aceita a tendência é que o trabalho Legislativo se desenvolva melhor”, justificou.

Conforme o texto, as faltas serão abonadas nos casos em que o deputado estiver em missão oficial, representando a Assembleia, caso esteja como membro da Mesa, ou desempenhando funções administrativas em nome da Casa interna ou externamente. Outras situações em que as faltas não serão computadas serão em casos de doença, quando apresentado laudo ou atestado médico e falecimento de membros da família as faltas.

Caso o projeto seja aprovado e vire lei, as informações deverão ser publicadas no site da Assembleia contendo a atualização das frequências de comparecimento de cada deputado. Deverá constar ainda as presenças, ausências e as faltas justificadas, nas sessões plenárias. Confira aqui a íntegra do projeto.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 01 de fevereiro de 2018

10:19 - Não temos nada a temer, diz Wilson sobre 'racha' na base de Taques

Quarta, 13 de dezembro de 2017

16:05 - Na AL, portaria define 30 dias de descanso

Sábado, 09 de dezembro de 2017

09:02 - Partido não pode influenciar na postura de deputado, diz Romoaldo

08:40 - Na web, população parte pra cima de Botelho

Quinta, 07 de dezembro de 2017

10:04 - Botelho afirma que salário de R$ 18 mil é pouco

Terça, 05 de dezembro de 2017

16:09 - Abalado, Fabris emenda licença com férias da AL

Quinta, 08 de junho de 2017

10:05 - Janaina mostra despreparo e arrisca carreira

Quinta, 18 de maio de 2017

15:52 - Wilson nega ter recebido verba e pede certidão da AL

12:26 - Jajah ameaça acionar Janaina por quebra de decoro

Quarta, 17 de maio de 2017

21:45 - Jajah acusa Janaina de fazer teatro de 5ª e deputada xinga tucano de 'ladrão'


// leia também

Domingo, 15 de julho de 2018

11:57 - Financiamento de campanhas será com dinheiro público

11:01 - Justiça manda governador Pedro Taques explicar gastos em reuniões com servidores

Sábado, 14 de julho de 2018

11:49 - Adilton Sachetti insiste em aliança com Mauro Mendes

Sexta, 13 de julho de 2018

17:08 - Taques terá que explicar sobre dinheiro usado para eventos com comissionados

16:10 - Gilmar Fabris diz que só não apoiará Taques se for obrigado pelo PSD

10:27 - Luciane Bezerra é multada por contratação irregular e se torna alvo do MPE

10:00 - Fabris desistirá de reeleição caso Júlio Campos se candidate

08:04 - Chapa 'extra' é alternativa para garantir Sachetti na campanha de Mendes

07:26 - Taques ironiza e diz que Mendes conseguiu aposentar dois juízes

07:20 - Segunda vaga para Senado na chapa de Taques precisará de aval de Leitão


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 15/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 15/07/2018
4c289a4d7ee1b93f3fa53b000a87f26a anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Trabalhadores seguem sendo encontrados em situação similar à escravidão




Logo_classifacil









Loja Virtual