Wilson nega ter recebido verba e pede certidão da AL | Gazeta Digital

Quinta, 18 de maio de 2017, 15h52

repasse ilegal

Wilson nega ter recebido verba e pede certidão da AL

Karine Miranda, repórter do GD


O deputado licenciado e atual secretário de Estado das Cidades, Wilson Santos (PSDB), vai solicitar à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL) que emita uma certidão demonstrando para quem foi paga a verba indenizatória de R$ 65 mil à qual o titular do mandato tem direito.

Ele quer comprovar que não recebeu os valores enquanto esteve licenciado da Assembleia, entre 21 de novembro de 2016 e 10 de abril de 2017, para assumir a Secretaria de Estado das Cidades (Secid), conforme nota enviada à imprensa nesta quinta-feira (18).

JL Siqueira/ALMT

Deputada Janaina acusou o deputado Jajah de repassar a verba de gabinete para Wilson, titular do mandato. A prática é ilegal.

A ação é uma resposta às acusações feitas pela deputada estadual Janaína Riva (PMDB), durante sessão plenária de quarta-feira (17). 

Na ocasião, ele denunciou que o suplente de Wilson que ocupa a cadeira de titular, Jajah Neves (PSDB), estaria repassando a verba de gabinete para o secretário. A prática é ilegal e ocorreria "por debaixo dos panos".

No entanto, conforme a nota, Wilson garantiu que recebeu “com absoluta tranquilidade” as acusações feitas e sugeriu que a deputada colhesse depoimento sobre o assunto de Jajah Neves e também do atual presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Antonio Joaquim, que foi seu suplente na Assembleia no ano de 1993.

Ele lembrou que o ex-deputado José Magalhães também assumiu como seu suplente em 2000 no cargo de deputado federal e poderia atestar que ele nunca exigiu tal "devolução".

Wilson reforçou ainda que sua trajetória política é um exemplo de seu perfil de trabalho e “mostra sua seriedade no trato com o dinheiro público”.

Bate-boca – As acusações entre Janaina e Jajah causaram um intenso bate-boca e a sessão teve de ser interrompida. Além de denunciar o repasse indevido da verba, a deputada chamou Jajah de “ladrão”.

Por isso, ele disse que vai acioná-la no Parlamento por quebra de decoro e que vai acioná-la judicialmente. Janaina, por sua vez, pediu desculpas pelo ocorrido.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 09 de dezembro de 2017

09:02 - Partido não pode influenciar na postura de deputado, diz Romoaldo

08:40 - Na web, população parte pra cima de Botelho

Quinta, 07 de dezembro de 2017

10:04 - Botelho afirma que salário de R$ 18 mil é pouco

Terça, 05 de dezembro de 2017

16:09 - Abalado, Fabris emenda licença com férias da AL

Quinta, 08 de junho de 2017

10:05 - Janaina mostra despreparo e arrisca carreira

Quinta, 18 de maio de 2017

12:26 - Jajah ameaça acionar Janaina por quebra de decoro

Quarta, 17 de maio de 2017

21:45 - Jajah acusa Janaina de fazer teatro de 5ª e deputada xinga tucano de 'ladrão'

Quarta, 10 de maio de 2017

17:19 - AL vota projeto que prevê desconto no salário de deputado faltoso

Segunda, 08 de maio de 2017

09:22 - Semana promete com 'pacotão' na Assembleia

Quinta, 04 de maio de 2017

18:03 - STF autoriza que governadores sejam processados sem aval da AL


// leia também

Terça, 12 de dezembro de 2017

19:32 - Vereadores de Cuiabá concedem 13º salário para si mesmos

19:02 - Deputados aprovam orçamento de R$ 20,3 bilhões para o Estado

16:50 - TCE dá 15 dias para Emanuel explicar falta de pagamento à empresa

16:01 - Comissão no Senado aprova liberação de quase R$ 500 mi do FEX para MT

14:04 - Recriação da SEC 300 é aprovada na Câmara

10:49 - Vereador quer cancelar interrogatório de prefeito na CPI do Paletó

10:29 - PSOL lança pré-candidatura de índio Kayapó a deputado estadual

10:08 - Câmara recontrata mais 2 servidores por gabinete neste fim de ano

Segunda, 11 de dezembro de 2017

18:30 - Ex-prefeito ainda espera por explicação de Emanuel Pinheiro

11:08 - Eder Moraes diz que falta gestão e competência ao governo Taques


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 13/12/2017
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 13/12/2017
4d4ff3f31814f4dd069405738f837313 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

MPE deu prazo para a Prefeitura de Cuiabá arborizar e dar acessibilidade a praças e avenidas




Logo_classifacil









Loja Virtual