Jayme defende anulação de moção de repúdio à guarda municipal | Gazeta Digital

Segunda, 03 de julho de 2017, 10h51

repúdio contra guarda

Jayme defende anulação de moção de repúdio à guarda municipal

Celly Silva, repórter do GD


O secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande Jayme Campos (DEM) acredita que a moção de repúdio aprovada por 16 vereadores do município contra a guarda municipal Steffany Anjos da Silva por ter multado o vereador Elilei Roque de Cezaro, o Neni Chimarrão (PTC), deve ser anulada por “questão de boa vontade e de entendimento”. 

Leia também - Vereadores de VG causam vergolha alheia com moção

Reprodução/Jornal Hoje

Guarda municipal Steffany Anjos afirma que vai continuar multando quem infringir a lei

No último dia 30 de junho, o parlamentar estacionou em local proibido, que está devidamente sinalizado, e trancou uma rampa de acesso a cadeirante, a poucos metros da Prefeitura de VG. Detalhe: ao lado do órgão fica a Câmara Municipal, onde o vereador tem vaga exclusiva.

O caso ganhou repercussão nacional, sendo exibido no Jornal Hoje do último sábado (1º) e também foi alvo de repúdio por parte da OAB-VG, que defendeu a guarda municipal, que afirma que os vereadores podem repudiá-la quantas vezes quiserem, mas vão ser multados sim caso derespeitem a lei.

Leia também - Agente manda recado a vereadores infratores

Chico Ferreira

Jayme Campos comentou o caso na rádio

Em entrevista à Rádio Capital FM, na manhã desta segunda-feira (3), Jayme Campos classificou o caso como um mal entendido e defende que os vereadores façam uma reflexão no sentido de rever a postura.

“Houve um mal entendido. Nesse caso, particularmente, parece que a Câmara se sentiu ofendida e fez essa manifestação em relação à guarda municipal. Esse é um assunto superado. Certamente, os próprios vereadores estarão fazendo uma reflexão e ver se realmente houve exagero ou não, cabe a eles fazer essa reflexão, até porque não foi um só, são vários vereadores que votaram na moção”.

Por outro lado, ele destacou a possibilidade de ter havido equívoco também por parte da guarda municipal, já que aquele era dia de pagamento do IPTU, o que lotou o estacionamento da Prefeitura. “De qualquer maneira, eu acho que isso é muito bom para que volte a ter um diálogo, um entendimento melhor. Houve, talvez, um exagero por parte do vereador que propôs a moção, mas também porque os vereadores ponderam que a guarda realmente estava exagerando em determinados momentos, multando, sobretudo, naquele exato momento que estavam aguardando o prazo do IPTU, no dia 30, e estava com muita dificuldade de estacionamento por parte da Prefeitura. Por isso o vereador questionou a multa”, explicou.

Ao final, Jayme deu o caso por encerrado, já que há assuntos “mais importantes” a serem tratados. “É um assunto superado, insignificante, na medida em que o município tem coisas muito mais importantes para serem tratadas”.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 19 de dezembro de 2017

18:22 - Por unanimidade, TCE aprova contas da prefeita Lucimar, de Várzea Grande

Quinta, 07 de dezembro de 2017

09:08 - Prefeita inaugura unidade de educação em VG

Segunda, 03 de julho de 2017

09:57 - Defesa de Lucimar apresenta recurso no TRE e Jayme afirma tranquilidade

Sexta, 26 de maio de 2017

19:15 - Prefeitura paga salários dos servidores no próximo dia 30

Segunda, 08 de maio de 2017

08:09 - Procissão reúne 5 mil fiéis em Várzea Grande

Sábado, 29 de abril de 2017

12:13 - Endereço e dignidade nas mãos de 1.281 contemplados em residencial de VG

Sexta, 28 de abril de 2017

17:39 - DAE cria canal de comunicação para facilitar acesso para a população

Quinta, 27 de abril de 2017

18:37 - Sorteio define onde famílias vão morar no residencial São Benedito em VG - Confira lista

Quarta, 26 de abril de 2017

15:12 - VG paga salários dos servidores nesta sexta-feira

12:17 - Várzea Grande lança campanha do IPTU 2017 com 20% de desconto


// leia também

Quinta, 18 de janeiro de 2018

12:04 - TRE prorroga revisão do eleitorado para 30 de março em Cuiabá, VG e Sinop

11:29 - Aliança não é eterna, diz Garcia sobre Taques

11:09 - Pedro Taques diz estar tranquilo sobre CPI dos Fundos para investigar governo

11:00 - Governador empossa novos titulares da Secretaria de Fazenda e PGE

07:30 - Silval Barbosa afirma não sentir culpa pelo atraso do VLT

Quarta, 17 de janeiro de 2018

19:30 - Pedro Taques avisa que Estado não vai liberar recursos para Carnaval

17:26 - Governador Taques busca liberação de R$ 100 milhões para a saúde

15:30 - Depoimentos de Silval à CGE respingam em 106 empresas e vários servidores

13:28 - Em jantar com presidentes do TJ e AL, Taques promete R$ 40 milhões

10:28 - Escolha de membros da CPI que investigará Taques fica para depois


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 18/01/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 18/01/2018
9ee939b5a8a4bad7141e63886c5d344b anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Os juízes brasileiros estão abusando das ordens de prisões preventivas?




Logo_classifacil









Loja Virtual