Oposição ameaça ir à Justiça para decidir membros da CPI do Paletó | Gazeta Digital

Terça, 14 de novembro de 2017, 16h04

Oposição ameaça ir à Justiça para decidir membros da CPI do Paletó

Janaiara Soares, repórter do GD


João Vieira

CPI do Paletó já causa discórdia entre vereadores opositores e governistas

Os vereadores da oposição na Câmara Municipal de Cuiabá ameaçam entrar na Justiça caso a Mesa Diretora coloque os parlamentares da base do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) como membros na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Paletó instaurada para investigar o gestor flagrado em vídeo recebendo maços de dinheiro e guardando no paletó na época em que exercia mandato como deputado estadual.

"Todos os vereadores tiveram mais de 60 dias para assinar a CPI. Quando a oposição conseguiu as 9 assinaturas necessárias os outros vereadores vieram assinar também. Protocolamos um documento ao presidente da Câmara, solicitando que ele observe o protocolo original da CPI que tem apenas 9 assinaturas", disse o vereador Dilemário Alencar (Pros).

Durante sessão desta terça-feira (14) a Mesa Diretora leu um parecer da Procuradoria-Geral da Casa, na qual explica que após ser lido em plenário o requerimento pode receber novas assinaturas para que a investigação não seja conduzida apenas por quem tem interesse no processo.

Os 9 parlamentares que protocolaram o pedido questionam o parecer. O motivo da discórdia se deve ao fato de que após o grupo de oposição ter conseguido a quantidade de assinaturas para criar a CPI, outros 11 vereadores governistas decidiram também assinar o documento e agora querem disputar a relatoria da investigação.

"Se for diferente, poderemos judicializar esse caso. Porque assinaram só depois? Não quero fazer juízo de valor, mas é muito estranho e não queremos que se torne uma CPI chapa branca", ressaltou Alencar. O presidente da Casa, vereador Justino Malheiros (PV) afirmou que vai responder a consulta feita pelos vereadores da oposição.

A investigação que foi proposta pelo vereador Marcelo Bussiki (PSB) precisava de 9 assinaturas para ser instaurada na Casa de Leis. Depois de 2 meses após sua propositura, o vereador Toninho de Souza (PSD) deixou a base do prefeito e juntou ao grupo favorável à CPI. Durante a semana outros 11 vereadores que fazem parte do grupo de aliança ao prefeito também assinaram o pedido.

A iniciativa para a criação de uma CPI ocorreu após um vídeo do prefeito ter sido divulgado em rede nacional. Nas imagens o peemedebista aparece recebendo maços de dinheiro do ex-chefe de gabinete Silvio Correia. Os recursos seriam de um possível mensalinho que era pago aos deputados estaduais na gestão Silval Barbosa (PMDB).

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 27 de março de 2018

15:27 - A coisa vai feder, avisa Toninho a Justino Malheiros

Segunda, 12 de março de 2018

19:03 - Esposa de Mário Nadaf tem cargo comissionado

Sábado, 10 de março de 2018

19:20 - Juiz nega liminar a Bussiki e mantém fim das oitivas na CPI do Paletó

Sexta, 09 de março de 2018

10:29 - Prefeito 'foge' de CPI e não explica dinheiro no paletó; aliados rejeitam novas oitivas

Quarta, 07 de março de 2018

18:46 - Presidente da Câmara quer encerrar a CPI do Paletó

17:39 - Homem da câmera escondida tem amnésia seletiva

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

18:56 - Silval entrega recebedores de mensalinho; ouça áudio

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

20:32 - Silval vai à Câmara para detonar Emanuel Pinheiro

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

19:12 - Dilemário quer acareação entre Silvio e Alan Zanatta na CPI do Paletó

Terça, 20 de fevereiro de 2018

19:00 - CPI interroga ex-secretário que gravou delator


// leia também

Sexta, 22 de junho de 2018

13:15 - PSB quer eleger 2 deputados e busca aliança com grupo de Pedro Taques

10:15 - Guerra de CPIs na Câmara pode atingir a campanha de Mauro Mendes

07:25 - Pedro Taques se prepara para receber verba do PSDB e iniciar campanha

Quinta, 21 de junho de 2018

17:09 - Por falta de documento, vereador devolve LDO à prefeitura de Cuiabá

16:20 - Câmara cria 2ª CPI para investigar 'caixa preta' dos hospitais filantrópicos

15:23 - Vereador de Cuiabá cria CPI para investigar obras 'fantasmas' de escolas

15:10 - Governo não desistirá de licitação de R$ 202 milhões para construir pontes

13:30 - Taques diz ser favorável à restrição de foro a governadores

13:13 - Taques diz que nunca convidou Mendes para compor chapa por causa de vaidade

12:30 - Veja como foi a entrevista do governador Pedro Taques na TV Vila Real


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 22/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 22/06/2018
Af26a0a03727faf425edeb0c3956f831 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O que os eleitores vão depositar nas urnas em outubro?




Logo_classifacil









Loja Virtual