ONG Moral questiona sessões secretas na CPI que investiga o prefeito de Cuiabá | Gazeta Digital

Segunda, 04 de dezembro de 2017, 10h10

política de MT

ONG Moral questiona sessões secretas na CPI que investiga o prefeito de Cuiabá

Janaiara Soares, repórter do GD


Marcus Vaillant

O diretor do Movimento Organizado pela Moralidade Pública e Cidadania (ONG Moral), Gilmar Brunetto, afirmou que a assessoria jurídica do grupo estuda a legalidade da realização das oitivas fechadas na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Paletó. De acordo com ele, as reuniões secretas podem gerar dúvidas quanto a seriedade da investigação.

“O nosso advogado está estudando a legalidade dessa situação para ver qual providência tomar. É um péssimo sinal fazer esse tipo de ação de modo que podemos considerar as escondidas. Aquela instituição já não tem credibilidade junto a sociedade pelo passado e agora continua dando um péssimo exemplo”, disse o diretor.

Na primeira reunião dos membros da Comissão na semana passada, ficou definido que as oitivas da investigação serão fechadas, sem a participação da população e imprensa. As sessões administrativas ocorreram todas às quartas-feiras, sendo restritas aos membros da CPI para definição de estratégias e deliberações de pautas.

Somente as reuniões ordinárias serão abertas, com presença de vereadores e público em geral às sextas-feiras. Além disso, ficou vedada a gravação de vídeo nas sessões. “É muito ruim, porque coloca a moralidade dos membros em dúvida. Porque tem que ser fechado? Não há explicação”, ressaltou Brunetto.

O grupo de nove vereadores que assinaram previamente o pedido de investigação ainda avalia se entra na Justiça para conseguir mudar a composição da CPI, que tem como relator e membro, 2 parlamentares da base do prefeito: Adevair Cabral (PSDB) e Mário Nadaf (PV).

A investigação foi proposta por Marcelo Bussiki (PSB) e visa investigar a conduta do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB), filmado na época que era deputado estadual recebendo maços de dinheiro e guardando no paletó. O ex-governador Silval Barbosa afirmou em delação premiada que o dinheiro era propina paga por ele em troca de apoio político na Assembleia Legislativa.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 13 de julho de 2018

18:40 - Procuradora reafirma cassação de vereadores

Quarta, 11 de julho de 2018

07:08 - Ex-secretária de Saúde de Cuiabá é convocada para depoimento em CPI

Terça, 10 de julho de 2018

19:33 - Casa dos Horrores registra novo bate-boca

Sexta, 06 de julho de 2018

08:10 - Plugin criado por publicitário eterniza Câmara como 'Casa dos Horrores'

Quinta, 05 de julho de 2018

11:45 - Renivaldo Nascimento confirma 'erro' e diz que já devolveu R$ 2,6 mil ao Legislativo

Quarta, 04 de julho de 2018

07:59 - Em 'errata', vereador Renivaldo confirma que foi à Rússia passear

Domingo, 01 de julho de 2018

11:10 - TJ vai decidir se vereadores podem assumir cargos de deputado e senador

Sexta, 29 de junho de 2018

08:01 - Leis dizem que justificativas só são necessárias para evitar descontos em salário

Quinta, 28 de junho de 2018

19:03 - Câmara faz por merecer o apelido que tem

18:25 - Câmara quer proibir a imprensa de citar apelido


// leia também

Domingo, 15 de julho de 2018

11:57 - Financiamento de campanhas será com dinheiro público

11:01 - Justiça manda governador Pedro Taques explicar gastos em reuniões com servidores

Sábado, 14 de julho de 2018

11:49 - Adilton Sachetti insiste em aliança com Mauro Mendes

Sexta, 13 de julho de 2018

17:08 - Taques terá que explicar sobre dinheiro usado para eventos com comissionados

16:10 - Gilmar Fabris diz que só não apoiará Taques se for obrigado pelo PSD

10:27 - Luciane Bezerra é multada por contratação irregular e se torna alvo do MPE

10:00 - Fabris desistirá de reeleição caso Júlio Campos se candidate

08:04 - Chapa 'extra' é alternativa para garantir Sachetti na campanha de Mendes

07:26 - Taques ironiza e diz que Mendes conseguiu aposentar dois juízes

07:20 - Segunda vaga para Senado na chapa de Taques precisará de aval de Leitão


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 15/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 15/07/2018
4c289a4d7ee1b93f3fa53b000a87f26a anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Trabalhadores seguem sendo encontrados em situação similar à escravidão




Logo_classifacil









Loja Virtual