Prefeito decide aguardar licitação do VLT, mas ainda fala em plantar palmeiras | Gazeta Digital

Domingo, 07 de janeiro de 2018, 08h35

IMPASSE CONTINUA

Prefeito decide aguardar licitação do VLT, mas ainda fala em plantar palmeiras

Janaiara Soares, repórter do GD


João Vieira

Emanuel Pinheiro vai aguardar a nova licitação do VLT, mas ainda não recuou da ideia de plantar palmeiras nos canteiros abertos para os trilhos

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), afirmou que vai aguardar a licitação para a retomada das obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), mas não descarta o planejamento de plantar palmeiras nos canteiros de obras do modal que passam pelas principais avenidas da Capital. O secretário estadual Cidades, Wilson Santos (PSDB), afirmou que o edital de licitação deve ser lançado até março.

“O secretário me procurou, conversou comigo sobre a retomada das obras, mas caso isso não seja feito nós vamos fazer a plantação das Palmeiras, não vai ser gasto um sentavo de dinheiro público porque tenho essas plantas no horto florestal. Vamos aguardar, mas Cuiabá não pode esperar porque esses canteiros prejudicam a mobilidade e a imagem da cidade”, disse o gestor.

No final de agosto do ano passado o governo do Estado anunciou a suspensão das negociações com o Consórcio VLT Cuiabá/Várzea Grande, responsável pela implementação do VLT. O contrato firmado foi rescindido após um longo processo administrativo. A nova licitação deve ficar aberta durante 180 dias, e depois disso, a empresa vencedora terá um prazo de 19 a 24 meses para a conclusão das obras.

Marcus Vaillant

Canteiros centrais de algumas avindas de Cuiabá continuam serm árvores e sem trilhos do VLT 

Depois da Operação Descarrilho, deflagrada em agosto pela Polícia Federal como resultado da delação do ex-governador Silval Barbosa apontando fraudes na licitação, associação criminosa, corrupção ativa e passiva, entre outros crimes que teriam ocorridos durante a escolha do modal VLT, o governador Pedro Taques determinou a suspensão do diálogo com o Consórcio VLT para a retomada das obras.

O modal previa duas linhas, totalizando uma extensão de 22 quilômetros entre Cuiabá e Várzea Grande. Apenas um trecho em Várzea Grande teve os trilhos instalados. Ao todo, R$ 1,2 bilhão foram investidos pelo Estado, sendo R$ 420 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e mais R$ 727 milhões da Caixa Econômica Federal.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 11 de junho de 2018

13:15 - Silval depõe na Justiça Federal e nega fraudes na licitação do VLT - veja vídeo

Quarta, 06 de junho de 2018

15:00 - Silval sugere que Taques seja processado por atrasos em obras - veja vídeo

Quinta, 08 de março de 2018

09:05 - Tribunal de Contas da União determina auditoria no contrato do VLT

Terça, 06 de março de 2018

11:39 - Silval Barbosa e Maurício Guimarães depõem sobre fraudes no VLT

Quinta, 01 de março de 2018

15:33 - CGE intima empresas citadas por Silval Barbosa em fraudes e propina do VLT

Segunda, 26 de fevereiro de 2018

08:40 - Silval desiste de Maluf e Sérgio Ricardo como defesa em ação de R$ 148 mi

Sexta, 09 de fevereiro de 2018

11:30 - Em meio à briga judicial, Estado vai retomar edital para concluir o VLT

Terça, 06 de fevereiro de 2018

15:53 - Governo mantém rescisão unilateral com o Consórcio VLT

Quinta, 25 de janeiro de 2018

14:04 - Decisão do TJ não muda situação do empacado VLT

Terça, 23 de janeiro de 2018

13:06 - Desembargadora anula rescisão de contrato entre Estado e Consórcio VLT


// leia também

Domingo, 17 de junho de 2018

08:58 - Pré-candidata Margareth Buzetti não se apega a cargo e quer destravar economia - vídeo

Sábado, 16 de junho de 2018

15:15 - Gustavo de Oliveira descumpre estatuto da FIEMT e pode sofrer impugnação

11:17 - Ex-reitora da UFMT admite dificuldade na disputa ao Senado

10:51 - Vereador propõe que cargo de chefia só pode ser exercido por servidor efetivo

08:00 - Emanuel avalia que pré-candidatura de Mauro Mendes não muda cenário

Sexta, 15 de junho de 2018

14:36 - Apenas duas empresas se interessam por licitação de R$ 11 bilhões

13:14 - Governo destinará 20% do Fundo da Saúde aos hospitais filantrópicos

12:26 - Ciro Rodolpho deixa Controladoria e assume a Casa Civil

11:29 - Prefeitura tem aval do Estado para alugar equipamentos hospitalares

Quinta, 14 de junho de 2018

16:10 - Vereador consegue 9 votos e cria CPI para investigar 'desmandos' na Saúde


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 17/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 17/06/2018
06e60112abf039588e79d3613d6ca555 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Canarinho Pistola, mascote da seleção brasileira, foi vetado dos jogos da Copa




Logo_classifacil









Loja Virtual