PMDB projeta crescimento em Mato Grosso neste ano eleitoral | Gazeta Digital

Sexta, 12 de janeiro de 2018, 11h15

de olho no Legislativo

PMDB projeta crescimento em Mato Grosso neste ano eleitoral

Renan Marcel, especial para A Gazeta


JL Siqueira

Silvano Amaral diz que o PMDB tem um projeto diferente para o Estado

“Todo e qualquer grupo que queira fazer um projeto diferente do que está aí para o estado de Mato Grosso precisa olhar e prestar atenção no MDB”. A declaração é do secretário-geral do partido, deputado estadual Silvano Amaral, já utilizando a nova nomenclatura do PMDB. Ele afirma que a sigla está se mobilizando para ampliar a representatividade na Assembleia Legislativa e tem planos para expandir também na Câmara Federal.

Segundo o parlamentar, a militância da legenda sugere a candidatura do deputado federal e líder-maior do partido, Carlos Bezerra, ao Senado. Ao mesmo tempo, cresce nos bastidores internos a intenção de pleitear uma vaga para o ex-prefeito de Sinop, Juarez Costa, na chapa majoritária, como candidato a vice-governador. Amaral reconhece, no entanto, que o planejamento depende das discussões partidárias, que devem se intensificar a partir de março deste ano.

“Nosso partido está vivo e forte e pretende estar bem posicionado para participar do próximo governo”. Para o parlamentar, as principais lideranças partidárias que estão traçando alternativas a candidatura do governador Pedro Taques (PSDB) a reeleição devem iniciar conversas com o objetivo de pensar em um projeto para o Estado, “sem olhar para trás, pensando no futuro”.

Marcus Vaillant

Carlos Bezerra é presidente do PMDB no Estado

“Desde que o nome escolhido tenha perfil para fazer uma boa gestão, o PMDB vai querer estar junto e os partidos também vão querer ter o PMDB junto”, avalia o deputado. Segundo ele, a associação da sigla ao governo de Silval Barbosa, marcado por escândalos de corrupção, é passado. “Sofremos um pequeno arranhão, mas em função da história do PMDB no Estado e no Brasil e também da nossa forte militância, o partido se sustenta”, garante.

Entre as metas da legenda está a ampliação do número de parlamentares estaduais: dos tres atuais (o próprio Silvano, Janaína Riva e Romoaldo Júnior) para cinco, a partir de 2019. O partido já teria uma lista de 14 nomes para a disputa. Na bancada federal, a meta é conquistar pelo menos mais uma vaga.

Já a candidatura de Bezerra ao Senado é uma cobrança da militância no interior, mas os planos pessoais do parlamentar estão focados na reeleição como deputado federal. E Juarez Costa, caso não consiga se viabilizar como vice, deverá concorrer a uma vaga da Câmara.

Atualmente, as legendas que se apresentam como opções de oposição a reeleição de Taques são o PR, com o senador Wellington Fagundes, e o PTB, com o conselheiro Antônio Joaquim. Há também forte articulação do DEM e do PP para uma possível candidatura de Mauro Mendes ao governo.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 20 de julho de 2018

11:51 - PDT deve oferecer ao PSB vaga de vice de Ciro Gomes

Quarta, 18 de julho de 2018

13:54 - Dinheiro vivo declarado na eleição será fiscalizado

Terça, 17 de julho de 2018

15:30 - Líder do PR diz que bancada está dividida entre Lula e Bolsonaro

11:22 - Marina lança site para arrecadar recursos e financiar campanha eleitoral

Segunda, 16 de julho de 2018

11:37 - MBL pede que TSE declare Lula inelegível antes de registro de candidatura

Domingo, 15 de julho de 2018

11:01 - Justiça manda governador Pedro Taques explicar gastos em reuniões com servidores

Sexta, 13 de julho de 2018

15:52 - Flávio Rocha desiste de candidatura à Presidência

14:29 - Marun diz que ano eleitoral influencia pauta do Congresso

Quinta, 12 de julho de 2018

13:38 - Collor volta a falar que é pré-candidato e que Lula é vítima de injustiça

Quarta, 11 de julho de 2018

14:37 - PRB mantém candidatura de Flávio Rocha e se diz 'usado' pelo 'Centrão'


// leia também

Sexta, 20 de julho de 2018

15:46 - Prazo para convenções partidárias vai até 5 de agosto; confira o calendário

10:40 - Apoio do PP a Alckmin não deve interferir em Mato Grosso, garante Ezequiel Fonseca

08:06 - Composição entre MDB e DEM não agrada as bases

08:00 - Eu não faço isso, diz governador sobre negociação entre DEM e MDB

07:51 - PSL de Selma é liberado para coligar com PSDB de Taques

Quinta, 19 de julho de 2018

11:18 - OAB, Mendes, Fávaro e MDB negam negociação por indicação e falam em ilação

08:15 - Pedro Taques compara corrupção no governo Silval e na sua gestão

07:12 - Apoio do MDB a Mauro Mendes envolve TCE, TJ e secretarias

Quarta, 18 de julho de 2018

15:41 - PSL veta PSDB e mais 8 siglas dificultando candidaturas de Selma e Galli - veja documento

13:55 - Disputado por todos, Adilton Sachetti diz que anunciará aliança na 2ª


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 21/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 21/07/2018
8fe238dc3a8b0020105115f07e41b41d anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Países onde mais mulheres estão no governo têm menos corrupção, diz estudo




Logo_classifacil









Loja Virtual