Dilmar Dal' Bosco deve deixar a liderança do Governo na AL | Gazeta Digital

Segunda, 15 de janeiro de 2018, 09h21

mudanças

Dilmar Dal' Bosco deve deixar a liderança do Governo na AL

Karine Miranda, repórter do GD


O líder do Governo na Assembleia Legislativa, Dilmar Dal Bosco (DEM), afirmou que vai conversar com o governador Pedro Taques (PSDB) sobre deixar a liderança somente após o recesso. Ele teme que o "acúmulo de funções" atrapalhe seu desempenho na liderança.

JL Siqueira/ALMT

Dilmar Dal' Bosco deve deixar a liderança do Governo na AL

Segundo o deputado, ele já comunicou o governador sobre a possibilidade de deixar a função, mas nada foi decidido. Por isso, uma nova reunião estava prevista para ocorrer nesta segunda-feira (15).

"Íamos conversar antes, mas acho melhor ficar para depois do recesso, em virtude das sessões extraordinárias. Se Taques achar que eu tenho condições de continuar, aí vamos ver", disse.

O deputado avalia deixar a liderança, pois vai em busca da reeleição à Assembleia Legislativa - e a dedicação na campanha pode prejudicar o desempenho como líder do Governo. “Este ano é eleitoral e eu sou do interior e ainda presidente do partido. Então, tenho receio de acumular muita coisa e ser falho na liderança", afirmou.

Dilmar assumiu a função de líder do Governo em agosto de 2016, quando o atual secretário de Cidades, Wilson Santos (PSDB), disputou a eleição para a Prefeitura de Cuiabá.

Segundo sua própria avaliação, Dilmar diz que realizou um bom trabalho à frente da liderança, com a aprovação de importantes projetos como a PEC do Teto de Gastos e o projeto que estabeleceu o pagamento do RGA para os servidores em 2018.

"Quando peguei a liderança, tínhamos vários problemas, como greve, RGA, o que não deve ocorrer este ano. E o Governo tem previsão de colocar o pagamento em dia até março. Então, até lá isso se resolve", disse.

Dilmar diz ainda que não pensou o nome de nenhuma pessoa para substituí-lo - e que tal decisão é exclusivamente do governador. "Não vou indicar ninguém, mas entendo que tem que ser alguém que poderá estar mais próximo do governador este ano. Mas fica a critério dele. Ainda vamos conversar", encerrou. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Segunda, 16 de julho de 2018

10:03 - Preso há dois meses, Mauro Savi recebe salários como deputado

09:21 - Maia promete votação do projeto que altera a Lei Kandir

07:04 - Antero assume a 10ª disputa para eleger Mendes e Jayme - entrevista

Domingo, 15 de julho de 2018

11:57 - Financiamento de campanhas será com dinheiro público

11:01 - Justiça manda governador Pedro Taques explicar gastos em reuniões com servidores

Sábado, 14 de julho de 2018

11:49 - Adilton Sachetti insiste em aliança com Mauro Mendes

Sexta, 13 de julho de 2018

17:08 - Taques terá que explicar sobre dinheiro usado para eventos com comissionados

16:10 - Gilmar Fabris diz que só não apoiará Taques se for obrigado pelo PSD

10:27 - Luciane Bezerra é multada por contratação irregular e se torna alvo do MPE

10:00 - Fabris desistirá de reeleição caso Júlio Campos se candidate


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 16/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 16/07/2018
9f9f40805dad392c56e3de9c5f02d729 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Por que Luciano Huck, Datena e Roberto Justus desistiram da política?




Logo_classifacil









Loja Virtual