Controladoria manda governo instalar ponto biométrico para servidores | Gazeta Digital

Segunda, 05 de fevereiro de 2018, 18h58

maior controle

Controladoria manda governo instalar ponto biométrico para servidores

Ligiani Silveira, repórter CGE/MT


A fim de resguardar a regularidade nas atividades internas e no atendimento ao público, a Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) expediu orientação técnica aos órgãos do Governo de Mato Grosso sobre os procedimentos adequados para o controle de assiduidade dos servidores estaduais.

Divulgação

Um deles é que o registro de frequência deve ser efetivado por sistema eletrônico e biométrico (Web Ponto) fornecido pela Secretaria de Estado de Gestão (Seges). Os órgãos que ainda não aderiram à ferramenta oficial devem procurar a Seges o quanto antes para as devidas tratativas.

Na orientação, a CGE destaca que o servidor tem o dever de justificar tempestivamente à chefia imediata eventuais atrasos, ausências ou saídas antecipadas, bem como não se ausentar do local de trabalho após o registro de ponto, exceto se autorizado pelo superior imediato, sob pena de desconto de 1/3 (um terço) do salário.

A orientação traz também as regras quanto à possibilidade de flexibilização da jornada de trabalho, compensação de horas por eventuais atrasos ou faltas, situações possíveis de ausência no serviço sem desconto de remuneração (como doação de sangue, alistamento eleitoral, casamento, falecimento de cônjuge etc), entre outras peculiaridades.

A orientação técnica é resultado de capacitações realizadas pela CGE nos anos de 2016 e 2017 aos servidores lotados nos setores de gestão de pessoal e nas Unidades Setoriais de Controle Interno (Unisecis) para aprimorar o conhecimento acerca da legislação, da doutrina e da jurisprudência relacionada à gestão de capital humano nas instituições públicas estaduais.

Nas capacitações, ficou evidenciada a necessidade de elaboração de orientação relativa ao tema controle de frequência para zelar pela regularidade na prestação dos serviços públicos. Confira aqui a íntegra da Orientação Técnica 01/2018-CGE.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 12 de fevereiro de 2018

09:23 - Acúmulo ilegal de cargos públicos pode gerar demissão de servidor

Quarta, 17 de janeiro de 2018

14:01 - Estado tem quase 900 processos em andamento contra servidores, diz CGE

Sexta, 30 de dezembro de 2016

08:37 - Empresa rechaça acusação de fraude em contrato


// leia também

Domingo, 25 de fevereiro de 2018

15:30 - Kataguiri do MBL fecha com dono da Riachuelo durante evento na capital

Sábado, 24 de fevereiro de 2018

13:01 - Blairo Maggi anuncia futuro político na segunda-feira

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

17:36 - Prefeitura de VG acata decisão do TCE e lançará nova licitação

16:11 - Riva e Daltinho são citados e serão convocados a depor na CPI do Paletó

12:42 - MBL organiza congresso estadual em MT com palestras e debates

12:10 - TCE barra licitação de escola em VG no valor de R$ 8,3 milhões

10:35 - Silval entrega deputados estaduais que o extorquiram na Copa; confira os nomes

09:32 - Dinheiro recebido por Emanuel era de extorsão para não atrapalhar obras, diz Silval

08:21 - Esquema de propina no Detran envolve 68 servidores da Assembleia

Quinta, 22 de fevereiro de 2018

15:10 - Senador Wellington Fagundes depõe à PF em inquérito contra Temer


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 25/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 25/02/2018
39b9c063e83a7a7ffb2f5dc9ad998ca8 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Segundo pesquisa, 67% apoiam intervenção na área de segurança pública em suas cidades




Logo_classifacil









Loja Virtual