Controladoria manda governo instalar ponto biométrico para servidores | Gazeta Digital

Segunda, 05 de fevereiro de 2018, 18h58

maior controle

Controladoria manda governo instalar ponto biométrico para servidores

Ligiani Silveira, repórter CGE/MT


A fim de resguardar a regularidade nas atividades internas e no atendimento ao público, a Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) expediu orientação técnica aos órgãos do Governo de Mato Grosso sobre os procedimentos adequados para o controle de assiduidade dos servidores estaduais.

Divulgação

Um deles é que o registro de frequência deve ser efetivado por sistema eletrônico e biométrico (Web Ponto) fornecido pela Secretaria de Estado de Gestão (Seges). Os órgãos que ainda não aderiram à ferramenta oficial devem procurar a Seges o quanto antes para as devidas tratativas.

Na orientação, a CGE destaca que o servidor tem o dever de justificar tempestivamente à chefia imediata eventuais atrasos, ausências ou saídas antecipadas, bem como não se ausentar do local de trabalho após o registro de ponto, exceto se autorizado pelo superior imediato, sob pena de desconto de 1/3 (um terço) do salário.

A orientação traz também as regras quanto à possibilidade de flexibilização da jornada de trabalho, compensação de horas por eventuais atrasos ou faltas, situações possíveis de ausência no serviço sem desconto de remuneração (como doação de sangue, alistamento eleitoral, casamento, falecimento de cônjuge etc), entre outras peculiaridades.

A orientação técnica é resultado de capacitações realizadas pela CGE nos anos de 2016 e 2017 aos servidores lotados nos setores de gestão de pessoal e nas Unidades Setoriais de Controle Interno (Unisecis) para aprimorar o conhecimento acerca da legislação, da doutrina e da jurisprudência relacionada à gestão de capital humano nas instituições públicas estaduais.

Nas capacitações, ficou evidenciada a necessidade de elaboração de orientação relativa ao tema controle de frequência para zelar pela regularidade na prestação dos serviços públicos. Confira aqui a íntegra da Orientação Técnica 01/2018-CGE.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 17 de junho de 2018

10:51 - Estado não pode transferir recursos aos municípios a partir de 7 de julho

Segunda, 04 de junho de 2018

11:03 - CGE consolida pareceres técnicos para orientar atuação dos agentes públicos

Quarta, 30 de maio de 2018

10:57 - Controladoria ouve Silval e Nadaf novamente em duas investigações

Segunda, 21 de maio de 2018

11:52 - Controladoria faz auditoria em gestão financeira e contábil do Estado

Segunda, 12 de fevereiro de 2018

09:23 - Acúmulo ilegal de cargos públicos pode gerar demissão de servidor

Quarta, 17 de janeiro de 2018

14:01 - Estado tem quase 900 processos em andamento contra servidores, diz CGE

Sexta, 30 de dezembro de 2016

08:37 - Empresa rechaça acusação de fraude em contrato


// leia também

Domingo, 19 de agosto de 2018

11:08 - Mendes promete que vai pagar salários dos servidores públicos todo dia 30

09:14 - Carlos Bezerra é o mais velho da disputa em MT

08:00 - Pedro Taques volta prometer em seu plano de governo que concluirá o VLT

07:56 - Mendes é o 2º candidato ao cargo de governador mais rico do país

Sábado, 18 de agosto de 2018

11:09 - Fávaro rebate crítica e aponta incoerência de Rui Prado ao defender Taques

10:55 - Taques admite não ter cumprido promessas feitas em 2014 e culpa Silval

Sexta, 17 de agosto de 2018

18:31 - Percival Muniz declara apoio a Jayme Campos para o Senado

16:15 - Fagundes promete não ficar 'preso' no Palácio se for eleito governador

15:20 - Rui Prado rebate Fávaro e lembra que papel de vice é de ajudar o governo

13:03 - Tenente-coronel manda recado a Mauro Mendes por criticar escala de policiais - veja vídeo


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Segunda, 20/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 20/08/2018
96849b9a8773fb1eb28c450d5250fcb2 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Políticos e partidos rivais se uniram em coligações. O que você acha disso?




Logo_classifacil









Loja Virtual