Mauro Mendes lamenta, mas diz que não tinha obrigação de ser candidato novamente | Gazeta Digital

Quinta, 08 de fevereiro de 2018, 09h17

reeleição em 2016

Mauro Mendes lamenta, mas diz que não tinha obrigação de ser candidato novamente

Celly Silva, repórter do GD


Atualizada às 11h20 - O ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (PSB) lamentou o fato de não poder ter se candidatado à reeleição na campanha de 2016, mas ponderou que não tinha essa obrigação. “Eu não tinha nenhuma obrigação de ser candidato novamente e as pessoas também não tinham obrigação nenhuma de votar em mim novamente”, disse na manhã desta quinta-feira (8), em entrevista concedida ao programa tribuna, na Rádio Vila Real FM. Para ouvir a entrevista clique aqui.

João Vieira

Ex-prefeito Mauro Mendes

"Não pude por problemas pessoais, por problemas familiares, tive que voltar pros meus negócios", explicou. Ele afirmou ainda que além de não participar do pleito, não viu em nenhum candidato os requisitos que o fizessem demonstrar apoio. "Fiz a opção de não apoiar nenhum deles. Eu faço política por convicção. Fiquei na posição de neutralidade, deixando que as pessoas analisassem". 

Sucessor

O ex-prefeito foi questionado sobre a situação de seu sucessor, o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB), citado em delação premiada do ex-governador Silval Barbosa, que apresentou um vídeo que mostra Emanuel recebendo maços de dinheiro, que seria propina em troca de apoio ao então governador.

“As cenas são muito fortes, as cenas falam por si só. Eu já vi ele sendo questionado pelos meios de comunicação, dando a ele oportunidade de explicar se era aquilo mesmo que o Silval disse, e ele disse que explicaria depois. Se não fosse verdade, ele teria que vir rapidamente. Eu vou dar um exemplo meu: lá em 2014, eu fui vítima de uma investigação do Ministério Público, que entrou na minha casa na operação Ararath. No dia seguinte, eu já estava xingando o ministro Tofolli, de tão irritado que eu estava porque eu tinha absoluta convicção de que eu não tinha feito nada daquela especulação que pairava sobre mim. Mas só 3 anos depois o juiz federal arquivou esse processo contra mim. Então, se o Emanuel realmente é inocente, ele teria que vir no dia seguinte explicar que não é isso”, avaliou Mendes.

DEM

A respeito de seu futuro político, Mauro Mendes afirmou que tem muita chance de se filiar ao Democratas (DEM), mas que também tem conversado com lidenraças políticas do Partido Progressista (PP). "A possibilidade maior é no DEM porque é lá que eu tive mais conversas. Estive lá em Brasília com o Rodrigo Maia, o Agripino [presidente nacional do partido], conversei aqui com o Júlio Campos. Eu gostei bastante das conversas que eu tive com essas lideranças políticas. Então a possibilidade de ir para o DEM é maior". 

Respondendo ao questionamento de um ouvinte, que pediu para Mendes ser candidato, o político afimrou que primeiro precisa decidir sobre qual partido irá se filiar e ainda conversar com sua família. O ex-prefeito ainda chamou de "conversinha fiada" o que chamam de "traição" ao governador Pedro Taques (PSDB) em relação aos aliados da campanha de 2014 e que provalemente não estarão mais na mesma chapa em 2018. 

“Essa conversinha fiada que eles falam de traição, isso é conversa pra boi dormir! O cidadão que votou em 2014 no Pedro Taques, nos deputados federais e estaduais, votou pro mandato de 4 anos! E quem apoiou também, apoiou para o mandato de 4 anos! Todos nós, quem apoiou e quem votou tem o direito de chegar agora em 2018, fazer uma análise do mandato do Pedro taques, dos deputados, dos senadores, daqueles que vão se recandidatando pra continuar no cargo, saber se fez um bom trabalho. Se achar que sim, pode votar no cara. Se achar que sim, pode continuar apoiando o cara. Se achar que não, tem todo o direito de mudar. E eu estou nesse grande número de pessoas que têm o direito de analisar. E vou analisar primeiro o que eu vou fazer da minha vida e depois eu quem eu vou votar e quem eu vou apoiar”, explicou.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

10:00 - Mendes diz que 'sumiu' para cuidar da empresa em recuperação e da família

Quinta, 08 de fevereiro de 2018

12:16 - Ex-prefeito Mauro Mendes detona gestão de Pedro Taques

Sexta, 24 de novembro de 2017

16:45 - Prefeitura de Jaciara vence ação de cobrança contra empresa de Mauro Mendes

Terça, 21 de novembro de 2017

19:35 - Justiça manda periciar laudo sobre compra de mineradora por Mauro Mendes

Sexta, 13 de outubro de 2017

10:48 - Mauro Mendes é intimado a se explicar por crítica contra juiz

Segunda, 13 de fevereiro de 2017

16:08 - PP e PR querem Mauro Mendes na oposição

Terça, 17 de janeiro de 2017

08:50 - Mendes nega sociedade com Silval

Segunda, 16 de janeiro de 2017

17:38 - Mauro e Silval aparecem como sócios de mineração

17:14 - Juiz absolve 2 por furto de ouro de Mauro e Silval

15:13 - Taques vai superar crise, diz Mendes


// leia também

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

18:21 - Advogado de Emanuel alega omissão e contradição em depoimento de delator

15:46 - PTB faz apelo para Antonio Joaquim manter filiação e candidatura em MT

09:32 - Comparsa de Silval afirma que dinheiro recebido por Emanuel era propina - veja vídeo

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

14:09 - Fábio Garcia é cotado para assumir ministério, mas ainda não há convite

10:57 - Valtenir e Medeiros disputam coordenação da bancada federal de MT

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

21:48 - Bezerra passa mal com insuficiência respiratória

14:48 - Valtenir prepara ação de cobrança contra dissidentes do PSB

Terça, 13 de fevereiro de 2018

09:00 - Emanuel Pinheiro negocia para levar 'Cuiabá 300 anos' para Sapucaí

Segunda, 12 de fevereiro de 2018

15:15 - Mauro Mendes diz que decidirá até maio se será candidato ao governo

09:38 - Criação do bloco independente será oficializada na Assembleia


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 17/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 17/02/2018
F51b4c0e6fa3e96660fec8d8ce079937 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Mais da metade dos eleitores ainda não fez a biometria




Logo_classifacil









Loja Virtual