Adilton Sachetti vai para o PRB e pretende disputar vaga no Senado | Gazeta Digital

Quarta, 07 de março de 2018, 10h19

novo rumo

Adilton Sachetti vai para o PRB e pretende disputar vaga no Senado

Pablo Rodrigo, repórter do GD


Divulgação

Da esquerda pra direita, César Halum (PRB-TO), A Sachetti e Marcos Pereira (Pres. Nacional do PRB)

O deputado federal Adilton Sachetti (sem partido) confirmou que se filiará ao PRB para construir uma candidatura majoritária nas eleições de 2018. De acordo com o parlamentar, a decisão foi definida após reunião com a cúpula do partido no Estado e nacionalmente.

"Está fechado. Vou me filiar no PRB para construir uma candidatura majoritária pelo partido. Mas neste primeiro momento, vamos fortalecer a legenda e se preparar para discutir um projeto majoritário", disse Sachetti.

Com a intenção de disputar o Senado Federal - após o ministro Blairo Maggi (PP) ter comunicado que não disputará o pleito de outubro, Sachetti decidiu colocar o seu nome à disposição para concorrer uma das duas vagas. Chegou a negociar a ida para o DEM e depois o PP. Porém, as duas legendas já estavam com seus projetos em andamento.

"Logo que deixei o PSB decidi ir para o DEM. Mas o DEM já tem muitos candidatos a majoritária, como o Jayme Campos e agora o Mauro Mendes. Então não teria espaço para a minha candidatura majoritária. E o PP já tem alguns compromissos firmados. Então decidi vir para o PRB onde se abre mais um leque para possíveis alianças", explicou.

Questionado sobre qual caminho o PRB seguirá, Sachetti disse que ainda é muito cedo para definir. "O PRB vai discutir isso mais pra frente. Mas não tenho problema em dialogar com o governo e nem com a oposição. Na política tudo se resolve no diálogo. Mas isso deverá ocorrer entre maio e junho. Agora é ajudar a fortalecer o partido para as eleições".

Sachetti deixou o PSB no ano passado após acordo com a executiva nacional. Antes, o partido destituiu todos os membros do diretório estadual, após ele e o deputado federal Fábio Garcia irem contra a orientação partidária acerca da reforma trabalhista.

Ambos votaram a favor

Com a ida de Sachetti para o PRB, o chefe da Casa Civil, deputado licenciado Max Russi, decidiu recuar de ingressar na legenda. Já a ex-senadora Serys Slhessarenko (PRB) deverá disputar uma vaga na Câmara Federal em outubro.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 17 de junho de 2018

10:45 - MP recomenda que empresas informem contratação de painéis publicitários

09:05 - Plataformas online monitoram atividade de políticos

Sábado, 16 de junho de 2018

11:17 - Ex-reitora da UFMT admite dificuldade na disputa ao Senado

Sexta, 15 de junho de 2018

17:29 - Aécio decidirá 'no tempo oportuno' se é candidato ou não, diz Anastasia

13:55 - 'Datena tem espírito público, gosto do jeitão dele', diz Alckmin

Sábado, 09 de junho de 2018

09:06 - Maia já articula reeleição à presidência da Câmara

08:55 - Magno Malta diz a Bolsonaro que não será vice

Quinta, 07 de junho de 2018

14:07 - Quando atingir 2 dígitos, ele liga para mim, diz Bolsonaro sobre Alckmin

09:55 - Selma Arruda pode disputar Senado em 'chapa branca', diz Galli

Quarta, 06 de junho de 2018

16:30 - Flávio Rocha lança movimento na Câmara e defende 'privatização radical'


// leia também

Domingo, 17 de junho de 2018

08:58 - Pré-candidata Margareth Buzetti não se apega a cargo e quer destravar economia - vídeo

Sábado, 16 de junho de 2018

15:15 - Gustavo de Oliveira descumpre estatuto da FIEMT e pode sofrer impugnação

10:51 - Vereador propõe que cargo de chefia só pode ser exercido por servidor efetivo

08:00 - Emanuel avalia que pré-candidatura de Mauro Mendes não muda cenário

Sexta, 15 de junho de 2018

14:36 - Apenas duas empresas se interessam por licitação de R$ 11 bilhões

13:14 - Governo destinará 20% do Fundo da Saúde aos hospitais filantrópicos

12:26 - Ciro Rodolpho deixa Controladoria e assume a Casa Civil

11:29 - Prefeitura tem aval do Estado para alugar equipamentos hospitalares

Quinta, 14 de junho de 2018

16:10 - Vereador consegue 9 votos e cria CPI para investigar 'desmandos' na Saúde

15:35 - Deputados aprovam criação do fundo fiscal para arrecadar R$ 183 milhões


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 17/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 17/06/2018
06e60112abf039588e79d3613d6ca555 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Canarinho Pistola, mascote da seleção brasileira, foi vetado dos jogos da Copa




Logo_classifacil









Loja Virtual