Mendes adia lançamento de candidatura e quer apoio de mais partidos | Gazeta Digital

Quarta, 11 de julho de 2018, 13h30

POLÍTICA DE MT

Mendes adia lançamento de candidatura e quer apoio de mais partidos

Pablo Rodrigo, repórter do GD


João Vieira

Pré-candidato ao governo de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM) confirmou o adiamento do lançamento oficial de sua candidatura que estava previsto para esta semana. Um dos motivos, segundo o ex-prefeito da capital, seria as últimas articulações de bastidores, na busca de mais apoios de importantes partidos do Estado.

"Nós tinhamos a intenção de fazer essa semana. Mas por conta desses diálogos de bastidores e também por conta dessa lesão, não faremos. Mas não estamos com pressa não", disse Mendes ao programa Resumo do Dia na noite desta terça-feira (10).

"O importante é dar passos firmes, seguros, estamos dialogando muito. E o que vale é o dia das convenções. Para termos uma base boa para os 45 dias de campanha", completou.

Mauro Mendes também afirmou que o foco do DEM é garantir um bom tempo de rádio e televisão, além de ter em seu palanque partidos estruturados. "Desde que nós entramos no campo das articulações políticas e partidárias, estamos buscando alianças para que tenhamos tempo de televisão, uma boa base de partidos e candidatos para fazer com que sua campanha chegue aos 141 municípios", explicou.

O ex-prefeito quer evitar o que aconteceu em 2010, quando disputou o governo do Estado com uma aliança de poucos partidos e acabou derrotado ainda no 1º turno das eleições. "Em 2010 nós tínhamos um grupo pequeno de partidos e chegamos só em 64 municípios. Então neste momento estamos trabalhando para ter tempo de televisão e capilaridade política pra chegar nos 141 municípios como candidato a governador de Mato grosso", disse.

Em relação aos nomes para compor a chapa majoritária, Mendes eleogiou uma possível dobradinha com o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT). “Na verdade temos bons nomes, pela contribuição que já deram, pela capacidade que tem, e um desses nomes, é sim do Otaviano Pivetta que já foi três vezes prefeito de Lucas do Rio Verde, foi deputado estadual, tem uma grande contribuição, e experiência vivida no campo real da administração pública", disse.

Já em relação a outra vaga ao senado, Mendes disse que a vaga deverá ficar com o PSD. “Existe uma condição do PSD que pode facilitar essa escolha”, disse. Porém, Mendes já convidou oficialmente o ex-vice governador Carlos Fávaro (PSD) para ocupar a última vaga ao senado em sua chapa, já que a outra é do ex-governador Jayme Campos (DEM). 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 17 de julho de 2018

16:20 - Taques diz que ex-aliados já o conheciam e terão que explicar rompimento

13:55 - Zé do Pátio assume coordenação da campanha de Pedro Taques

10:00 - MDB fecha com Mauro e 'culpa' Wellington Fagundes por mudança de palanque

09:16 - Ninguém consegue enganar tanta gente por muito tempo, diz Pivetta sobre governador

07:40 - Lucimar critica Pedro Taques e cita promessas não cumpridas

07:31 - Assembleia quer mais dinheiro e deixa LDO para depois do recesso

Segunda, 16 de julho de 2018

19:26 - Juiz manda Taques retirar publicidade em seu Instagram em 3 dias

13:30 - Tem que fechar a Assembleia, dispara Botelho sobre vedações eleitorais

10:32 - Silval escolhe Pedro Taques como alvo principal

07:04 - Antero assume a 10ª disputa para eleger Mauro Mendes e Jayme Campos


// leia também

Terça, 17 de julho de 2018

07:15 - Ninguém bate em cachorro morto, rebate Taques contra denúncias

Segunda, 16 de julho de 2018

17:27 - Prefeito assume Saúde para dar 'choque de gestão' e nomeia adjunto

13:12 - Dnit entrega anteprojeto de obra do Rodoanel e assegura R$ 500 milhões

12:41 - Emanuel Pinheiro anuncia Júnior Leite na Secretaria de Comunicação

10:03 - Preso há dois meses, Mauro Savi recebe salários como deputado

09:21 - Maia promete votação do projeto que altera a Lei Kandir

Domingo, 15 de julho de 2018

11:57 - Financiamento de campanhas será com dinheiro público

11:01 - Justiça manda governador Pedro Taques explicar gastos em reuniões com servidores

Sábado, 14 de julho de 2018

11:49 - Adilton Sachetti insiste em aliança com Mauro Mendes

Sexta, 13 de julho de 2018

17:08 - Taques terá que explicar sobre dinheiro usado para eventos com comissionados


 veja mais
Cuiabá, Terça, 17/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 17/07/2018
B3fcf61667c84b61119bf5837cdaaf38 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

A apreensão de material do jogo do bicho e a liberdade de Arcanjo têm alguma ligação?




Logo_classifacil









Loja Virtual